Menu
2020-03-11T14:52:54-03:00
para enfrentar o coronavírus

Reino Unido anuncia estímulo fiscal de 30 bilhões de libras

Expectativa é de injeção de capital de 2 bilhões de libras para 700 mil pequenas empresas

11 de março de 2020
14:52
reino unido libra
Imagem: Shutterstock

O Reino Unido vai adotar medidas de estímulo fiscal no total de 30 bilhões de libras para combater os efeitos da epidemia do novo coronavírus, como parte de seu projeto orçamentário, anunciou nesta quarta-feira, 11, o ministro de Finanças do país, Rishi Sunak.

Os incentivos fiscais, que representam um dos pacotes mais abrangentes "de qualquer parte", preveem uma injeção de capital de 2 bilhões de libras para 700 mil pequenas empresas, isenção de impostos para negócios nas áreas de recreação, lazer e varejista e a eliminação de determinadas taxas para lojas, cinemas e restaurantes.

Ecoando o que havia dito mais cedo o presidente do Banco da Inglaterra (BoE, pela sigla em inglês), Mark Carney, Sunak previu que o impacto do coronavírus na economia britânica será significativo, mas temporário. "Nossa capacidade produtiva vai encolher por um período", disse o ministro.

Mais cedo, o BoE anunciou um corte extraordinário de 0,50 ponto porcentual em sua taxa básica, para 0,25%.

O plano também prevê a cobertura de custos com afastamento por doença de empresas com menos de 250 funcionários e injetará 500 milhões de libras no sistema previdenciário.

Sunak disse que a resposta do governo britânico ao coronavírus será "temporária, oportuna e coordenada". Embora o Reino Unido conte com uma economia robusta e finanças saudáveis, o governo fará o que for necessário para sustentá-la, acrescentou.

Sunak afirmou também que o governo britânico vai gastar 600 bilhões de libras nos próximos cinco anos e que os investimentos públicos atingirão o nível mais alto desde 1955. Fonte: Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Queda do petróleo

Distribuidoras de gás natural pedem à Petrobras antecipação na redução do preço

Associação Brasileira de Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás) solicitou à Petrobras uma antecipação para 1 de abril na redução do preço do gás natural que vai ocorrer em maio deste ano, da ordem de 10%

Vendendo aéreas

Warren Buffett vende US$ 390 milhões em ações de companhias aéreas americanas

Buffett reduziu de seu portfólio o número de papéis da Delta Air Lines em 13 milhões, e da Southwest Airlines, em 2,3 milhões

Seu Dinheiro na sua noite

Produtos em falta: máscaras, álcool em gel e reais

A pandemia do coronavírus provoca desabastecimento de produtos como máscaras cirúrgicas e álcool em gel. Mas no mercado financeiro, a corrida para a proteção em dólar pode colocar outro item em falta: o real. Isso mesmo. E não estou falando só da falta de reais na carteira. Nos preços atuais, vai faltar moeda brasileira para […]

Dados atualizados

Mortes por coronavírus somam 359 e infectados chegam a 9 mil no Brasil

Desde ontem, foram registrados 1.146 pacientes infectados

Sem isso

Não é momento para explorar politicamente quaisquer problemas, diz Guedes

Ministro da Economia Paulo Guedes que não é hora de busca por protagonismo nem oportunismo político. Ele defende a cooperação entre poderes

Petróleo

Vamos resolver guerra de preços e recuperar negócios do setor de energia, diz Trump

Trump voltou a dizer que o presidente da Rússia e o príncipe saudita, querem que “algo aconteça rápido” na guerra de preços

Cautela elevada

Ibovespa abaixo de 70 mil pontos e dólar nas máximas: o retrato de mais uma semana tensa nos mercados

O Ibovespa fechou a semana com perdas acumuladas de mais de 5%, em meio ao pessimismo dos investidores em relação à economia global. O dólar foi a R$ 5,32

Pronto para votar

Há acordo para concluir PEC do orçamento de guerra, diz Maia

Maia afirmou, ao chegar à Casa, que acredita ser possível concluir a votação dos dois turnos nesta sexta-feira

Ouça o que bombou na semana

Podcast Touros e Ursos: passado o furacão, é hora de conhecer os estragos

O podcast desta semana fala da primeira leva de dados econômicos a englobar os impactos do coronavírus, além do balanço dos investimentos em março

Pior ainda

‘Estamos em recessão, bem pior do que a crise financeira de 2008’, diz diretora do FMI

Diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva afirmou que a recessão global decorrente do coronavírus já é uma realidade e que será “bem pior” que a crise financeira de 2008/2009

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements