Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-01-16T10:39:03-03:00
Estadão Conteúdo
hora do balanço

Recuperação do crédito recua 2,7% em 2019, revela Boa Vista

Número é obtido a partir da quantidade de exclusões dos registros de inadimplentes da base da companhia

16 de janeiro de 2020
10:39
cartao-de-credito
Cartão de crédito - Imagem: Shutterstock

O indicador de recuperação de crédito da Boa Vista fechou o ano de 2019 em queda de 2,7% na comparação com 2018, informou nesta quinta-feira, 16, a empresa. O número é obtido a partir da quantidade de exclusões dos registros de inadimplentes da base da companhia.

Na comparação anual, apenas a região Norte teve recuperação do crédito, de 2,2%. Na outra ponta está a região Sul, com queda de 7,5% no indicador, seguida de Centro-Oeste (-3,0%), Nordeste (-2,2%) e Sudeste (-1,9%).

Em dezembro, por outro lado, a recuperação de crédito atingiu 4,8% na margem, na série com ajuste sazonal. Nesta base, todas as regiões do País mostraram avanço no indicador. Sul e Centro-Oeste dividiram o primeiro lugar, com alta de 6,2%, seguidos de Sudeste (5,6%), Norte (2,7%) e Nordeste (1,1%).

A Boa Vista enxerga nos dados um indicativo de dificuldade dos consumidores de reequilibrarem as finanças de forma mais consistente. "Entre os principais fatores por trás desta dificuldade, é possível apontar os elevados níveis de desocupação e subutilização da mão de obra e o fraco crescimento da renda", diz a empresa em nota.

Por outro lado, a comparação mensal mostra que o resgate de recursos do FGTS pode ter servido para quitar dívidas, já que os últimos quatro meses de 2019 mostraram alta do indicador na margem. "Favorece também o aumento da recuperação e a redução das taxas de juros", completa a Boa Vista.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Pílulas do Mercado

‘Máquina de fazer dinheiro’, Petrobras (PETR4) pode subir 40% na Bolsa e tem potencial de pagar até 25% em dividendos por ano; vale a pena investir?

Petrobras (PETR4) pagou 20% de dividendos aos acionistas em 2021 – e tem potencial para mais em 2022; confira o preço-alvo e os números que motivam o ânimo do mercado

NATAL ADIANTADO

Braskem (BRKM5) antecipará R$ 6 bilhões em dividendos — e você ainda pode garantir a bolada

Mas é preciso correr, pois a data de corte para ter direito ao provento será na próxima quarta-feira (8); veja o valor por ação

Aceita bitcoin?

Nova wallet latino-americana: Mercado Pago passa a aceitar compra, venda e manutenção de bitcoin (BTC) e ethereum (ETH) no app

Os usuários ainda não poderão realizar compras no aplicativo do Mercado Pago com a carteira digital (wallet), apenas manter suas criptomoedas

Exile on Wall Street

Nos investimentos e na vida, tome cuidado com os atalhos que você quer pegar

Eu estou mergulhado no mercado financeiro há quase 20 anos e não tenho intenção nenhuma de enriquecer rápido. Nas escolhas em que outros desejam velocidade a Empiricus escolhe profundidade

Mercados Hoje

Ibovespa ignora PIB negativo e variante ômicron do coronavírus e sobe mais de 2%; dólar recua

Mesmo com o PIB vindo abaixo do esperado, os investidores buscam recuperar as perdas dos últimos dias

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies