🔴 AÇÃO QUE JÁ DISPAROU 1.200% E AINDA ESTÁ BARATA – VEJA QUAL

Renato Carvalho
Desempenho de alto nível

Na briga com os gigantes? Caixa mais que dobra lucro e tem melhor segundo trimestre da história – Veja os números

Banco consegue ultrapassar marca importante nos seis primeiros meses de 2021, quando realizou IPO da Caixa Seguridade e saída do Banco Pan

Renato Carvalho
19 de agosto de 2021
7:55 - atualizado às 7:56
Fachada da Caixa Econômica Federal
Imagem: Shutterstock

A Caixa Econômica Federal sempre teve uma situação peculiar entre os grandes bancos que atuam no Brasil. Afinal, as obrigações sociais e a atuação em linhas de crédito com margens menores sempre seguraram a lucratividade.

Mas ao menos no segundo trimestre e no primeiro semestre de 2021, o cenário foi diferente. Os números apresentados na manhã desta quinta-feira pela Caixa estão próximos dos vistos no Itaú Unibanco e no Bradesco, por exemplo.

O banco teve lucro líquido de R$ 6,3 bilhões entre abril e junho, um crescimento de quase 150% em relação ao segundo trimestre de 2020.

No acumulado do primeiro semestre do ano, a Caixa conseguiu ultrapassar a marca de R$ 10 bilhões em lucro, quase o dobro do ano passado. Nos dois períodos, são os melhores resultados de toda a história da instituição financeira.

É importante lembrar dois eventos importantes ocorridos neste ano, e que ajudaram a impulsionar os números. A própria Caixa lembra o IPO da Caixa Seguridade, que movimentou R$ 5 bilhões, e os R$ 2 bilhões resultantes da venda da participação no Banco Pan para o BTG Pactual.

O retorno sobre patrimônio líquido (ROE, na sigla em inglês) subiu 2,68 pontos em um ano, chegando a 19% no segundo trimestre.

Crédito “bombando”

Feitas estas ressalvas sobre o lucro, os números operacionais da Caixa também mostram uma tendência de crescimento importante.

No geral, a carteira de crédito da Caixa teve uma evolução de 13% em um ano, batendo a marca de R$ 800 bilhões.

O produto mais famoso do banco é o crédito imobiliário, e nesse segmento, o volume de contratações de financiamentos com recursos com a poupança dobrou neste ano, chegando a mais de R$ 37 bilhões.

No segmento de agronegócios, segmento em que o Banco do Brasil tem atuação mais forte, as contratações subiram quase 80%, chegando próximas de R$ 6 bilhões no primeiro semestre.

Para as micro e pequenas empresas, o saldo de crédito liberado pela Caixa cresceu mais de 90% em 12 meses, para R$ 48 bilhões.

Mesmo assim, o banco ainda tem espaço para mais. O Índice de Basileia, que mede o nível de capital dos bancos e a capacidade para emprestar dinheiro, fechou junho em mais de 20%, ante exigência mínima de 11%.

Veja no vídeo uma ação para ficar de olho e que pode render bons retornos para sua carteira:

Outros serviços

Mesmo depois do IPO, a Caixa Seguridade continua controlada pelo banco, e conseguiu no primeiro semestre 5 parcerias estratégias, que somam quase R$ 10 bilhões.

No período, a Caixa entrou também no ramo de maquininhas de cartão, e aumentou sua participação na bandeira Elo, que agora é superior a 41%.

No mercado de investimentos, os recursos sob gestão chegaram a R$ 694 bilhões ao final de junho, tornando a Caixa a 4ª maior asset do país.

Compartilhe

MAQUININHA DE LUCRO

PagSeguro (PAGS34) dispara após balanço e puxa ações da Cielo (CIEL3); veja os números do resultado do 2T22

25 de agosto de 2022 - 17:28

A lucro da PagSeguro aumentou 35% na comparação com o mesmo período do ano passado e atingiu R$ 367 milhões

FIM DE TEMPORADA

Nos balanços do segundo trimestre, uma tendência para a bolsa: as receitas cresceram, mas os custos, também

19 de agosto de 2022 - 16:18

Safra de resultados financeiros sofreu efeitos do aumento da Selic, mas sensação é de que o pior já passou

Investidores gostaram

Nubank (NU; NUBR33) chega a subir 20% após balanço, mas visão dos analistas é mista e inadimplência preocupa

16 de agosto de 2022 - 12:03

Investidores gostaram de resultados operacionais, mas analistas seguem atentos ao crescimento da inadimplência; Itaú BBA acha que banco digital pode ter subestimado o risco do crédito pessoal

BALANÇO

Inter (INBR31) reverte prejuízo em lucro de R$ 15,5 milhões no segundo trimestre; confira os números

15 de agosto de 2022 - 21:01

No semestre encerrado em 30 de junho de 2022, o Inter superou a marca de 20 milhões de clientes, o que equivale a 22% de crescimento no período

BALANÇO DA HOLDING

Lucro líquido da Itaúsa (ITSA4) recua 12,5% no segundo trimestre, mas holding anuncia JCP adicional; confira os destaques do balanço

15 de agosto de 2022 - 19:52

Holding lucrou R$ 3 bilhões no segundo trimestre e vai distribuir juros sobre capital próprio no fim de agosto

Resultados

Nubank (NUBR33) tem prejuízo acima do esperado no 2º tri, e inadimplência continuou a se deteriorar; veja os destaques do balanço

15 de agosto de 2022 - 18:42

Prejuízo líquido chegou a quase US$ 30 milhões, ante uma expectativa de US$ 10 milhões; inadimplência veio dentro do esperado, segundo o banco

Bife suculento

Marfrig (MRFG3) anuncia R$ 500 milhões em dividendos e programa de recompra de 31 milhões de ações; veja quem tem direito aos proventos e os destaques do balanço

12 de agosto de 2022 - 13:15

Mercado reage positivamente aos números da companhia nesta sexta (12); dividendos serão pagos em setembro

Balanço

Oi (OIBR3) sai de lucro para prejuízo no 2T22, mas dívida líquida desaba

12 de agosto de 2022 - 6:45

Oi reportou prejuízo líquido de R$ 320,8 milhões entre abril de junho, vinda de um lucro de R$ 1,09 bilhão no mesmo período do ano anterior

Balanço do 2º tri

Cenário difícil para os ativos de risco pesa sobre o balanço da B3 no 2º trimestre; confira os principais números da operadora da bolsa

11 de agosto de 2022 - 19:56

Companhia viu queda nos volumes negociados e também nas principais linhas do balanço, tanto na comparação anual quanto em relação ao trimestre anterior

BALANÇO

Apelo de Luiza Trajano não foi à toa: Magazine Luiza tem prejuízo de R$ 135 milhões no 2T22 — veja o que afetou o Magalu

11 de agosto de 2022 - 19:26

O Magalu conseguiu reduzir as perdas na comparação com o primeiro trimestre de 2022, mas em relação ao mesmo período de 2021, acabou deixando o lucro para trás

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar