O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-02-09T21:33:51-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
EM ALTA

Ações do Banco Pan (BPAN4) sobem forte e chegam aos R$ 10 após divulgação dos resultados de 2021; entenda

O banco conseguiu aumentar significativamente sua carteira de clientes e expandir sua carteira de crédito, o que contribuiu para uma alta de 18% no lucro líquido frente o ano de 2020

8 de fevereiro de 2022
16:27 - atualizado às 21:33
Banco Pan (BPAN4) | recompra de ações
O Banco Pan viu a carteira de crédito expandida encerrar 2021 com saldo de R$ 34,8 bilhões, um aumento de 21% - - Imagem: Shutterstock

O Banco Pan (BPAN4) divulgou hoje (08) seus resultados e empolgou o mercado com os números apresentados. Os papéis fecharam o dia em alta de 7,87%, sendo negociados a R$ 10,00.

O banco registrou no quarto trimestre um lucro líquido de R$ 190 milhões, alta de 11% em relação ao mesmo período em 2020 (R$ 171 milhões) e 0,5% abaixo do terceiro trimestre (R$ 190 milhões).

Em 2021, o banco registrou lucro líquido de R$ 775 milhões, aumento de 18% em relação ao ano anterior. O ROE (retorno sobre o patrimônio) ficou em 13,9%.

O Banco Pan anunciou que terminou o ano de 2021 com 17,1 milhões de clientes, o que representa uma média de 46 mil novos clientes por dia e um crescimento total de 124% ante 2020, quando o total de clientes era de 7,6 milhões.

Os investimentos feitos na aquisição de clientes levaram a um aumento da despesa total da ordem de R$ 1 bilhão.

Segundo o Pan, a margem financeira teve uma alta de 24% no ano, chegando a R$ 6,6 bilhões, o que contribuiu para o resultado financeiro do quarto trimestre.

Além disso, o aumento da receita e a redução das despesas com prestação de serviços também ajudaram a empresa a mostrar uma melhora no resultado.

O retorno anualizado sobre o patrimônio foi de 13,3% no quarto trimestre, acima dos 13% do mesmo intervalo de 2020 e abaixo dos 13,6% do terceiro trimestre.

Já as despesas administrativas e de pessoal avançaram para R$ 563 milhões, de R$ 452 milhões no quarto trimestre de 2020 e frente aos R$ 525 milhões do terceiro trimestre. 

Crédito

A carteira de crédito expandida encerrou 2021 com saldo de R$ 34,8 bilhões, o que representa um aumento de 21% em relação ao final de 2020 e uma alta de 5% se comparado ao terceiro trimestre.

No quarto trimestre, a média mensal de originação de crédito do Pan foi de R$ 2,3 bilhões, 15% abaixo dos R$ 2,713 bilhões do mesmo trimestre de 2020 e 2% inferior aos R$ 2,356 bilhões do terceiro trimestre.

O mix da carteira de crédito do Banco Pan no segmento varejo também se alterou consideravelmente. Em 2020, empréstimos consignados e associados ao FGTS representavam 52% da carteira, e em 2021 passaram para 44%. 

A participação do crédito concedido para a aquisição de veículos permaneceu mais ou menos estável, enquanto os empréstimos pessoais e cartões ganharam importância: subiram de 6% em 2020 para 12% em 2021.

Mesmo assim, o banco argumenta que os riscos de crédito permaneceram controlados. O indicador de créditos vencidos acima de 90 dias sobre a carteira foi de 6,3% frente a 5,8% no terceiro trimestre de 2021, evoluindo conforme a mudança de mix do portfólio.

Já o indicador de créditos vencidos entre 15 e 90 dias sobre a carteira total ficou em 7,8%, no quarto trimestre, acima dos 7,5% do terceiro trimestre, e 1,5% maior do que no mesmo período de 2020.

As despesas com provisão de crédito somaram R$ 408 milhões, subindo em relação aos R$ 247 milhões do quarto trimestre de 2020 e frente aos R$ 378 milhões do terceiro trimestre.

As despesas com originação de crédito e aquisição de clientes ficaram em R$ 435 milhões, frente aos R$ 539 milhões do quarto trimestre de 2020 e dos R$ 506 milhões do terceiro trimestre. 

*Com informações do Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Inflação derruba bolsas, Hapvida vai às compras e a varejista que ameaça o Magalu; confira os destaques do dia

Depois de um dia de animação, preocupações com o movimento dos preços e a atividade econômica pelo mundo estragaram o humor dos investidores

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana come margem de grandes empresas e derruba bolsas globais; Ibovespa cai mais de 2% e dólar cola em R$ 5

Com inflação pressionando e China voltando a fechar cidades, o Ibovespa caiu menos que as bolsas em Wall Street, mas ainda assim amargou fortes perdas

BR Properties (BRPR3) vende 80% do portfólio para fundo canadense, em transação de quase R$ 6 bilhões

Além de representar um movimento importante no atual cenário macroeconômico brasileiro, a transação marca a saída de boa parte do capital do fundo soberano de Abu Dhabi (ADIA) da empresa

CAMINHO ABERTO

TCU aprova privatização da Eletrobras (ELET3); fique por dentro da decisão do tribunal

Uma das prioridades do governo federal, privatização da Eletrobras ainda enfrenta outros obstáculos

CHARLIE BROWN DEU A LETRA

Na mão grande: Putin confisca e subsidiária do Google (GOGL34) na Rússia beira a falência; entenda a história

Governo russo confia na censura e na propaganda para moldar a opinião pública — táticas que lançaram as empresas de tecnologia em uma luta complicada. Ao mesmo tempo, o Kremlin tem procurado impedir que as big techs deixem o país

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies