Menu
2020-07-03T15:34:51-03:00
Estadão Conteúdo
número positivo

Produção da indústria eletroeletrônica cresce 15,6% em maio

A produção da indústria elétrica e eletrônica em maio cresceu mais que o dobro do volume produzido pela indústria como um todo

3 de julho de 2020
15:34
serviços celular
Imagem: Shutterstock

A produção da indústria elétrica e eletrônica em maio cresceu mais que o dobro do volume produzido pela indústria como um todo. Cresceu expressivos 15,6% em relação a abril enquanto a indústria em geral avançou 7% na mesma base de comparação, segundo a Pesquisa Mensal da Indústria (PIM) divulgada na quinta-feira, 2, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com a Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), este desempenho positivo do setor ocorre após três quedas consecutivas.

Segundo o presidente-executivo da associação, Humberto Barbato, desde fevereiro, a produção de bens eletrônicos já estava sendo prejudicada pelos problemas no recebimento de materiais, componentes e insumos da China. "As medidas de isolamento social devido à chegada da covid-19 no Brasil, por sua vez, impactaram a produção industrial a partir da última semana do mês de março, afetando o mês inteiro de abril", conta o executivo.

Segundo Barbato, o desempenho da produção em maio ocorreu em função do retorno da atividade de algumas unidades industriais. No entanto, ficou muito abaixo do verificado em relação a maio do ano passado, com um declínio de 33,9%, com fortes quedas de 36,5% na área elétrica e de 31.1% no segmento eletrônico.

Ainda de acordo com o presidente da Abinee, embora o resultado esteja aquém do de 2019, nesse cenário de pandemia, o olhar deve se voltar à evolução mês a mês. "Inevitavelmente, a retomada será gradual e esperamos que esse aumento da produção em maio seja o primeiro passo", ressalta.

No acumulado de janeiro a maio de 2020, a produção industrial do setor eletroeletrônico recuou 16,4% em relação ao mesmo período do ano passado. Esse resultado decorreu tanto da queda de 16,8% da área eletrônica, quanto da retração de 16,0% da área elétrica.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Dança das cadeiras

Bradesco anuncia mudanças na executiva e cita desafios concorrenciais e da covid

A vice-presidência com foco nos clientes vai abrigar o cargo de Chief Customer Officer (CCO).

PODCAST TELA AZUL

Tela Azul #21: Um fundo de investimentos focado em games!

Na edição desta semana do Tela Azul, recebemos o Rodrigo Knudsen, gestor do fundo Vitreo Tech Games.

estreia boa

Assaí sobe mais de 400% e Pão de Açúcar cai mais de 68%. Tá certo isso?

Como listagem ocorreu após cisão das operações do atacarejo, e não IPO, ações estão passando por reajuste para refletir nova realidade

Agora vai?

Bolsonaro diz que ‘está quase tudo certo’ para nova rodada do auxílio emergencial

Segundo Bolsonaro, o novo valor do auxílio, acordado em R$ 250 por quatro meses, está “acima da média do Bolsa Família, que é de R$ 190”.

Exile on Wall Street

Águas de março para salvar o verão: cinco ações bem quentes

O boletim do primeiro bimestre de 2021 traz notas vermelhas.  A alta dos juros de mercado trouxe aumento da atratividade relativa da renda fixa e preocupações com o valuation de nomes de crescimento.   Internamente, a falta de clareza sobre nossa trajetória fiscal e o temor de adoção de maior intervencionismo estatal na economia impuseram perdas […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies