Menu
2020-08-04T15:40:28-03:00
Estadão Conteúdo
sem acordo

Porta-voz da Casa Branca relata dificuldades em negociação de pacote fiscal

“Já oferecemos quatro propostas e os democratas, nenhuma contraproposta”, disse porta-voz hoje

4 de agosto de 2020
15:40
Donald Trump casa branca
Presidente dos EUA, Donald Trump - Imagem: Official White House Photo by Shealah Craighead

A porta-voz da Casa Branca, Kayleigh McEnany, deixou claro que o governo dos Estados Unidos enfrenta dificuldades nas negociações com a oposição para aprovar um novo pacote fiscal no país, que renovaria o pagamento de benefícios a trabalhadores demitidos durante a crise do novo coronavírus. "Já oferecemos quatro propostas e os democratas, nenhuma contraproposta", declarou, em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira, 4.

McEnany revelou que o secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin, está reunido neste momento com líderes da oposição para tentar avançar nas tratativas.

Republicanos e democratas negociam um novo benefício a desempregados, depois do vencimento, na última sexta-feira, 31 de julho, do plano emergencial de enfrentamento à crise que repassava US$ 600 por semana a cada trabalhador demitido. Enquanto o governo defende a redução do programa para US$ 200 por semana, de olho no crescimento da dívida pública no país, a oposição não abre mão do valor original.

Questionada sobre o interesse do presidente Donald Trump em cortes de impostos para estimular a economia, McEnany respondeu que o tema é de interesse do governo, mas que o foco neste momento é a extensão do auxílio a desempregados. Sobre o processo eleitoral americano, McEnany limitou-se a dizer que há "vários indícios" de fraudes, sem dar exemplos concretos.

Na semana passada, Donald Trump chegou a sugerir, no Twitter, a possibilidade de adiar as eleições presidenciais de novembro, alegando possibilidade de fraudes nas votações por correio em meio à pandemia do novo coronavírus.

EUA-China

A porta-voz também comentou sobre as tensões sino-americanas envolvendo a rede social TikTok. Por mais de uma vez, Kayleigh McEnany afirmou que não adiantaria medidas que cabem ao presidente, mas reforçou que a Casa Branca está, de fato, disposta a proibir o aplicativo no país, caso nenhuma empresa americana a adquira, condição exposta na segunda-feira por Donald Trump.

Ela também lembrou que a China ainda não cumpriu na totalidade as cotas de importação acordadas com os EUA em janeiro. "Encorajamos China a cumprir suas obrigações dispostas no acordo comercial com os EUA", disparou, neste contexto de escalada de tensões entre as duas maiores economias do mundo.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

negócio em foco

BofA vê negócio entre Linx e Totvs com sinergias de R$ 3,8 bi

Acionistas da Linx receberiam diretamente 40% do valor das sinergias da fusão com Totvs, diz banco

seu dinheiro na sua noite

Vitória do Ibovespa (no segundo tempo)

“O time no segundo tempo ganhou de 2 a 1.” Foi assim que Fernando Diniz, o técnico do São Paulo, reagiu depois da derrota por 4 a 2 para a LDU no meio da semana e que praticamente eliminou a equipe da Libertadores. Diniz preferiu ignorar os 3 a 0 que o time levou na […]

Que modorra!

Bolsa passa por correção, mas zera perdas na reta final do pregão; dólar retoma alta

Principal índice de ações da B3 passou por correção e ignorou durante a maior parte do dia o impulso do setor de tecnologia à bolsa de Nova York

setor público

Reforma administrativa economiza R$ 400 bi até 2034, aponta estudo

Mesmo restringido a reforma apenas a novos servidores, o setor público poderia economizar pelo menos R$ 24,1 bilhões em 2024 com a aprovação das mudanças no seu RH, liberando o governo para investir mais em saúde, educação e segurança pública, segundo centro de estudos

retomada em pauta

Recuperação está longe de concluída, diz presidente do Fed do Kansas

Esther George fez a declaração durante discurso sobre os bancos comunitários, no qual enfatizou o papel destes para dar estabilidade na crise e apoiar a recuperação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements