Menu
2020-05-04T20:19:00-03:00
Estadão Conteúdo
"Conjunto bacana"

Passando a PEC da Guerra, teremos medidas para desburocratizar crédito, diz secretário

4 de maio de 2020
20:18 - atualizado às 20:19
crédito débito
Imagem: Shutterstock

O secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida, afirmou nesta segunda, 4, que o governo conseguirá tocar um "conjunto bacana" de medidas para desburocratização do crédito assim que o Congresso aprovar a chamada PEC da Guerra.

Em live organizada pela Eleven Financial Research, ele reconheceu que o governo não tem conseguido, como gostaria, fazer o crédito chegar aos brasileiros e, portanto, seria importante avançar com as medidas de desburocratização.

Ele lamentou, por exemplo, a exigência que os bancos públicos fazem para que as empresas estejam em dia com o cadastro do Rais (Relatório Anual de Informações Sociais), para poder conceder crédito. O secretário disse que a análise de risco dos bancos será mantida, mas com desburocratizações que podem facilitar a chegada do dinheiro.

"Quem deve dinheiro para a Previdência não pode pegar dinheiro emprestado no banco público. Estamos tirando isso na PEC, porque é um requisito constitucional e tivemos que esperar uma PEC para poder colocar", afirmou o secretário.

Sachsida aproveitou ainda para agradecer ao Congresso pela lei aprovada que permite o repasse de recursos da Caixa Econômica para micro e pequenas empresas. "Eu acredito que até o fim dessa semana ou da semana que vem, o dinheiro vai estar chegando a essas empresas", disse.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

MAIS POLÊMICA

B3 critica multa no acordo da Stone pela Linx

Penalidade também valeria caso os acionistas da Linx não aprovem saída da empresa do Novo Mercado, como quer a Stone

Exile on Wall Street

Por que decidimos lançar um MBA?

O problema é geral. Não há cursos de MBA de qualidade dados por praticantes

BALANÇO

Dólar ajuda e atrapalha Klabin no terceiro trimestre

Moeda americana eleva vendas no período, mas pesa em suas despesas financeiras e no endividamento

Mercados hoje

Ibovespa busca recuperação enquanto cautela impera nos mercados internacionais

Aumento do número de casos da covid-19 na Europa e impasse em torno de um novo pacote de estímulos fiscais nos Estados Unidos são os principais fatores que inibem o apetite ao risco

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta segunda-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies