Menu
2020-05-04T20:19:00-03:00
Estadão Conteúdo
"Conjunto bacana"

Passando a PEC da Guerra, teremos medidas para desburocratizar crédito, diz secretário

4 de maio de 2020
20:18 - atualizado às 20:19
crédito débito
Imagem: Shutterstock

O secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida, afirmou nesta segunda, 4, que o governo conseguirá tocar um "conjunto bacana" de medidas para desburocratização do crédito assim que o Congresso aprovar a chamada PEC da Guerra.

Em live organizada pela Eleven Financial Research, ele reconheceu que o governo não tem conseguido, como gostaria, fazer o crédito chegar aos brasileiros e, portanto, seria importante avançar com as medidas de desburocratização.

Ele lamentou, por exemplo, a exigência que os bancos públicos fazem para que as empresas estejam em dia com o cadastro do Rais (Relatório Anual de Informações Sociais), para poder conceder crédito. O secretário disse que a análise de risco dos bancos será mantida, mas com desburocratizações que podem facilitar a chegada do dinheiro.

"Quem deve dinheiro para a Previdência não pode pegar dinheiro emprestado no banco público. Estamos tirando isso na PEC, porque é um requisito constitucional e tivemos que esperar uma PEC para poder colocar", afirmou o secretário.

Sachsida aproveitou ainda para agradecer ao Congresso pela lei aprovada que permite o repasse de recursos da Caixa Econômica para micro e pequenas empresas. "Eu acredito que até o fim dessa semana ou da semana que vem, o dinheiro vai estar chegando a essas empresas", disse.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

ESTRADA DO FUTURO

A mentira envolvendo o Clubhouse e o Tinder que rendeu 400% de valorização

Os mercados estão longe de serem perfeitos, e hoje vou te contar uma história real que envolve duas das empresas mais quentes no setor de mídias sociais: o “Clubhouse” e o “Tinder”.

reta final de negociações

Senado americano aprova “pacote Biden” de US$ 1,9 trilhão

Agora, o pacote voltará para a Câmara dos Representantes, que analisará as alterações feitas no texto pelos senadores. Se for aprovado, o projeto será enviado à Casa Branca para a sanção do presidente

entrevista

‘Episódio Petrobras deu um susto grande nos investidores’, diz economista do Itaú

O economista-chefe do Itaú Unibanco, Mario Mesquita, diz também estar preocupado com as incertezas políticas, que ameaçam o crescimento do PIB

Dificuldades À vista?

Deputados falam em reduzir medidas de ajuste fiscal do texto da PEC do auxílio

Embora defenda celeridade na análise da proposta, Albuquerque admite que o texto pode ser enxugado

escolha da CEO

Investir no Brasil: se correr o bicho pega, se ficar o bicho come

Confira uma seleção de matérias feita pela CEO do Seu Dinheiro, Marina Gazzoni

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies