Menu
2020-09-15T14:20:04-03:00
Estadão Conteúdo
novo mundo

Para Fitch, pode haver aumento de gastos no Brasil sem gerar inflação

Diretor-gerente da agência, James McCormack, lembra que o Brasil não registrava níveis robustos de atividade mesmo antes da emergência do novo coronavírus

15 de setembro de 2020
14:19 - atualizado às 14:20
arroz moeda
Imagem: Shutterstock

O diretor-gerente da Fitch Ratings, James McCormack, entende que pode haver aumento de gastos no Brasil sem gerar inflação. "Há espaço para mais estímulos econômicos no País, sem consequências negativas, considerando o tamanho do hiato do produto", afirmou nesta terça-feira, 15, durante webinar sobre mercados emergentes promovido pela Bloomberg.

McCormack lembra que o Brasil não registrava níveis robustos de atividade mesmo antes da emergência do novo coronavírus. "Vamos ser honestos, o Brasil não necessariamente entrou nesta crise em uma posição de força. Olhe o crescimento de lá nos últimos quatro ou cinco anos. É desanimador", acrescentou.

Em 2019, o Produto Interno Bruto (PIB) do País cresceu 1,1%.

Em maio, a Fitch reafirmou o rating do Brasil em BB-, mas cortou a perspectiva de estável para negativa. "A revisão reflete a deterioração das perspectivas econômicas e fiscais do Brasil, e os riscos negativos para ambas devido às renovadas incertezas políticas", afirmou à época a agência de classificação de risco.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

PANDEMIA NO PAÍS

Covid-19: Brasil tem 142 mil óbitos e 4,74 milhões de casos acumulados

Do total de contaminados, 86% se recuperaram da doença

seu dinheiro na sua noite

Cheiro de pedalada e de drible no teto de gastos

Caro leitor, O governo bem que tentou se safar manejando o cobertor curto, mas pelo menos para o mercado financeiro, não colou. O anúncio do programa social Renda Cidadã nesta segunda-feira lançou um combo de preocupações nos investidores e atirou o Ibovespa na lama, totalmente na contramão do resto do mundo. O dólar, por sua vez, voltou […]

dinheiro à vista

CCR paga R$ 373,2 milhões em dividendos em 30 de outubro

Empresa pagará o correspondente a R$ 0,18477410142 por ação ordinária

Na contramão

Bolsa cai e dólar dispara depois de governo revelar como pretende financiar Renda Cidadã

Ibovespa abriu em alta, mas virou em meio à frustração dos investidores com o financiamento do programa que sucederá o Bolsa Família

em anúncio do renda cidadã

Guedes: Política dá o timing e desoneração está sendo estudada

No anúncio do novo programa social do presidente Jair Bolsonaro, o Renda Cidadã, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que a proposta do governo foi feita com a busca da “verdade orçamentária”

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements