⚽️ Jogos das quartas-de-final começam a se desenhar; confira os dias da próxima fase

Cotações por TradingView
2020-04-06T16:58:56-03:00
Estadão Conteúdo
Não tem pra todo mundo

‘Não há como ajudar todos os setores’, diz presidente do Santander

Presidente do Santander Brasil, Sergio Rial afirmou que deve-se evitar que mais setores venham buscar dinheiro no governo por conta da crise

6 de abril de 2020
16:58
Sergio Rial, presidente do Santander
Sergio Rial, presidente do Santander - Imagem: Murillo Constantino/Quartetto

O presidente do Santander Brasil, Sergio Rial, afirmou que deve-se evitar que mais setores venham buscar dinheiro no governo por conta da crise. "Cada um tem de conversar com seus acionistas. Tem muitas multinacionais que preferem correr para o governo. Nós não temos como ajudar a todos os setores do Brasil como Estado porque nós brasileiros e brasileiras vamos pagar por isso. Essa conta tem de ser paga", ressaltou ele, durante "live" realizada nesta segunda-feira, 6, na internet.

De acordo com Rial, os cerca de R$ 1 trilhão que já foram disponibilizados para combater os efeitos da crise do coronavírus no Brasil vai exigir que a nação reflita no que será possível deixar de fazer para que essa conta seja paga. "Talvez, coisas como vamos ter de fazer ou não uma nova reforma da Previdência? A reforma administrativa se torna mais importante. Já estamos vendo empresas reduzindo salário", listou.

Segundo ele, a flexibilização do emprego com responsabilidade é extremamente importante neste momento. "Quanto mais pessoas mantenhamos empregadas, melhor é, inclusive para a própria economia informal, que também vive muito em função dos empregados formais. É super importante manter esse economia mais prolongada e evitar o desemprego imediatista porque isso terá impacto" avaliou.

O presidente do Santander afirmou ainda que, em vez de achar que só um grupo pagará a conta da crise, é preciso ter noção que será toda a sociedade. "Quanto menos colocarmos o que não faz sentido e não é necessário no curto prazo, melhor para nós brasileiros, que vamos gastar menos. A conta a ser paga será menor", destacou. "Tudo que estamos fazendo agora tem um custo. Precisamos fazer a otimização do que estamos gastando do contribuinte brasileiro", acrescentou.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

SEU DINHEIRO NA COPA

Jogos das quartas-de-final começam a se desenhar; confira as datas da próxima fase da Copa do Mundo

4 de dezembro de 2022 - 17:53

Holanda e Argentina foram os primeiros times classificados para a próxima fase do Mundial do Catar; Brasil tenta vaga na segunda-feira (05) contra a Coreia do Sul

FINAL DE SEMANA EM CRIPTO

Na corda bamba: bitcoin (BTC) luta pelo patamar de US$ 17 mil com volatilidade à vista

4 de dezembro de 2022 - 16:08

Sem grandes indicadores para a semana que está começando, os investidores em criptomoedas devem permanecer atentos aos próximos passos da política monetária do Federal Reserve

A CARTEIRA DOS GRANDES

A nova aposta de Bill Ackman: megainvestidor tem grande posição vendida contra uma moeda global; saiba qual

4 de dezembro de 2022 - 14:01

O aumento agressivo da taxa de juro pelo Federal Reserve, o banco central norte-americano, neste ano pressiona paridade e força reposicionamento de Ackman

OPEP+

Putin influenciou? A decisão dos produtores de petróleo após o teto de preços da Europa e a ameaça da Rússia

4 de dezembro de 2022 - 11:49

Presidente russo disse que vai cortar o fornecimento da commodity para os países europeus que adotarem o limite de US$ 60 para o barril russo — a ameaça bateu também na porta da Opep e de seus aliados

ACUMULOU

Mega-Sena: ninguém acerta e prêmio sobe para R$ 115 milhões; saiba como ter mais chances de acertar as seis dezenas

4 de dezembro de 2022 - 9:23

Segundo a Caixa, o próximo sorteio acontece na quarta-feira, dia 7 de dezembro, e quem vencer pode levar uma bolada para casa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies