Menu
2020-03-25T13:57:02-03:00
Felipe Saturnino
Felipe Saturnino
Corte no PIB

Moody’s projeta queda de 1,6% do PIB do Brasil em 2020

A Moody’s cortou a projeção de crescimento do PIB do Brasil de alta de 1,8% para contração de 1,6% em 2020, segundo relatório. No primeiro trimestre, economia brasileira deve se contrair 3,5%

25 de março de 2020
13:56 - atualizado às 13:57
Agência de classificação de risco Moody's
Imagem: Shutterstock

A Moody's cortou a projeção para PIB do Brasil de crescimento de 1,8% para contração de 1,6% em 2020, segundo relatório. No primeiro semestre, a economia brasileira deve se contrair 3,5%.

Para 2021, a expectativa da Moody's é de crescimento de 2,7% da atividade econômica brasileira.

De acordo com a agência, o governo federal e o Banco Central têm anunciado medidas para mitigar o impacto econômico e apoiar as empresas e segmentos vulneráveis ​​da sociedade.

O problema nessa conta são o déficit fiscal e a dívida relativamente alta, diz a Moody's — uma vez que estes fatores restringem a capacidade do governo de fornecer uma resposta fiscal mais robusta.

"Nós, portanto, esperamos um efeito significativamente negativo sobre o emprego e o crescimento", diz a agência de risco.

O corte nas estimativas da agência vem na esteira da redução da projeção para o crescimento de todas as economias do G-20. A Moody's agora espera que o PIB do grupo se contraia 0,5%, em vez da previsão anterior, de alta de 2,6%. A expectativa do ano que vem é de um repique da ordem de 3,2%.

"As economias do G-20 sofrerão um choque sem precedentes no primeiro semestre deste ano e terão contrações em 2020 como um todo, antes da retomada em 2021", afirmou a agência.

A agência também espera que o PIB da China cresça apenas 3,3% neste ano, com recuperação de 6% em 2021. Para os Estados Unidos, a projeção é de contração de 2% neste ano e avanço de 2,3% ano que vem.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

COLUNA DO PAI RICO PAI POBRE

Alfabetização financeira para crianças: quando é a hora de falar sobre dinheiro?

As idades entre nove e quinze anos são cruciais no desenvolvimento de uma criança. Muito do que vivem como adultos vem das fórmulas vencedores que aprendem quando crianças.

Novo nome no MEC

Bolsonaro anuncia pastor Milton Ribeiro como novo ministro da Educação

Decreto presidencial nomeou professor para o cargo nesta sexta-feira

Investimento para o cliente

Corretora Warren recebe aporte de R$ 120 milhões para investimento em plataformas digitais

Fintech visa multiplicar por cinco patrimônio sob gestão até o fim de 2021 e aumentar alcance da marca: ‘Nossa meta é seguir investindo em tecnologia’

Chegou lá

E o Ibovespa, quem diria, voltou aos 100 mil pontos. O que isso significa?

Depois de mais de quatro meses, o Ibovespa finalmente reconquistou o patamar dos três dígitos. Algumas boas notícias da economia doméstica ajudam a explicar o otimismo na semana, mas há mais fatores que influenciaram esse movimento

Crise se afastando?

Barômetros globais sinalizam retomada gradual da economia mundial, diz FGV

Melhoras ainda estão condicionadas a um ‘grau elevado’ de incerteza diante da pandemia, pondera pesquisador

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements