Menu
2020-04-28T12:26:06-03:00
reflexos da crise

Moody’s projeta contração de 5,8% para conjunto de economias do G-20 neste ano

Vice-presidente da Moody’s, Madhavi Bokil afirma que a contração na atividade econômica no segundo trimestre será “severa” e que a recuperação no segundo semestre de 2020 “será gradual”

28 de abril de 2020
12:20 - atualizado às 12:26
G-20
Bandeiras dos países do G-20 - Imagem: shutterstock

A Moody's divulgou comunicado nesta segunda-feira, 28, no qual prevê que as economias do G-20 como um conjunto sofrerão contração de 5,8% neste ano, diante da pandemia de coronavírus. A agência diz que deve haver recuperação gradual do Produto Interno Bruto (PIB) real em 2021 na maior parte das economias avançadas, mas elas devem ainda ficar abaixo dos níveis anteriores à doença e seus efeitos na atividade.

"Excluindo-se a China, a Moody's projeta que os países emergentes terão contração de 3,5%, quando antes da pandemia prevíamos avanço de 3,2%", afirma a Moody's também. "A economia chinesa deve crescer 1,0% em 2020", complementa.

Vice-presidente da Moody's, Madhavi Bokil afirma que a contração na atividade econômica no segundo trimestre será "severa" e que a recuperação no segundo semestre de 2020 "será gradual". Além disso, essa recuperação deve ser desigual entre os setores, já que o medo de contrair a doença deve alterar o comportamento dos consumidores mesmo após a retirada de restrições à atividade.

Bokil aponta que o consumo em atividades que exigem alto grau de contato humano, como comer em restaurantes, ir ao cinema ou fazer voos, não devem ser normalizado totalmente até que as taxas de contaminação pela covid-19 estejam em níveis muito baixos - ou que exista uma vacina ou um tratamento eficaz disponível.

A Moody's comenta ainda que a demanda por petróleo deve melhorar ao longo do próximo ano, junto com a retomada gradual da atividade. O avanço na demanda, contudo, e limitações na estocagem sugerem que o recuo nos estoques será lento, para a agência. Como resultado, os preços devem seguir baixos. A Moody's projeta que o Brent fique em média em US$ 35 o barril e o WTI, a US$ 30 o barril neste ano. Em 2021, devem avançar para US$ 45 e US$ 40, respectivamente.

A agência aponta também que, caso as restrições à atividade durem mais tempo ou sejam repetidas, isso deve prejudicar duramente a economia real, "com o potencial de disparar uma crise financeira". Nesse cenário, o choque econômico teria uma escalada em uma "profunda crise financeira", pior que a de 2008-2009, alerta a agência, comentando ainda que o aumento da desigualdade poderia impulsionar o descontentamento social e distúrbios políticos.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

o pior já passou?

Depois do fundo do poço, venda de veículos novos sobe 11,6% em maio

Na comparação com maio do ano passado as vendas ainda despencam, com retração de 74,6%

em meio à pandemia

Governo busca destravar crédito a pequenas e médias empresas

Além de ampliar o escopo do financiamento de salários, cuja oferta de recursos ficou bem abaixo do esperado, avança na regulamentação da linha que terá garantia do fundo de aval do BNDES

EM MEIO À PANDEMIA

Bolsonaro paga recorde de emendas parlamentares

O montante efetivamente pago também foi o maior para um único mês ao longo dos últimos anos, R$ 4 bilhões.

EFEITO CORONAVÍRUS

Alta do dólar pressiona dívida e derruba lucro das empresas em 70% no trimestre

A disparada do dólar, que ganhou força a partir do fim do carnaval, foi suficiente para azedar o resultado das operações.

ENERGIA

Aneel autoriza postergação de entrega de obras de transmissão por 4 meses

O órgão regulador também suspendeu processos de autorização de obras não urgentes.

exile on wall strett

A festa junina que podemos ter

O que você observa do mercado hoje? Querendo ou não, gostando ou não, é um mercado leve, comprador, sem vendedor marginal, migrando para ativos de risco.

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta terça-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Alívio intenso

Ibovespa sobe aos 90 mil pontos e dólar cai a R$ 5,23 com menor aversão ao risco

O Ibovespa continua recuperando o terreno perdido, impulsionado pelo clima de menor aversão ao risco no mundo. No câmbio, o dólar à vista cai forte e chega às mínimas desde 17 de abril

no twitter

Grupo divulga dados pessoais que seriam de Bolsonaro, família e aliados

Um perfil publicou imagens que alega retratarem a lista de bens declarados pelo presidente, com valor idêntico à declaração apresentada ao TSE

INVESTIGAÇÃO POLÍTICA

‘Presidente esqueceu de combinar comigo’, diz Aras sobre suposto arquivamento

Cabe a Aras decidir se denuncia ou não Bolsonaro, o que poderia resultar no afastamento do presidente do cargo.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements