Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-03-20T18:19:02-03:00
Estadão Conteúdo
Meta fiscal

Matemática caminha para cálculo próximo a R$ 200 bilhões de rombo, diz Waldery

Equipe econômica, porém, ainda não tem uma posição sobre a situação do rombo em 2021. Atualmente, a estimativa é de déficit de R$ 68,5 bilhões

20 de março de 2020
18:19
Waldery Rodrigues
Waldery Rodrigues - Imagem: Flickr Palácio do Planalto

O governo pode fechar o ano com um rombo próximo dos R$ 200 bilhões, conforme antecipou o Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado), devido à adoção de medidas para frear os impactos econômicos do novo coronavírus, admitiu hoje o secretário especial de Fazenda, Waldery Rodrigues.

A equipe econômica, porém, ainda não tem uma posição sobre a situação da meta fiscal para 2021. Atualmente, a estimativa é de déficit de R$ 68,5 bilhões. "No dia 15 de abril teremos que ter uma posição sobre a meta pros próximos anos", afirmou o secretário de Orçamento Federal, George Soares.

Waldery destacou, porém, que espera que os efeitos da crise fiquem restritos a 2020.

O secretário reconheceu que a arrecadação terá forte frustração com a mais recente revisão nos parâmetros macroeconômicos. A expectativa de crescimento caiu de 2,1% para 0,02%, enquanto o valor médio do barril de petróleo, de US$ 52,70 para US$ 41,87. A consequência é menos receitas com tributos e royalties de petróleo.

"Esse número, de R$ 190 bilhões a R$ 200 bilhões, tende a convergir. Mas não estabeleceremos aqui, e o faremos no devido momento, qual é o status fiscal", disse o secretário. "É um número preocupante, que exige a atenção. Mas precisamos não deixar de atender à população, às empresas, à população mais vulnerável", afirmou Waldery.

O secretário afirmou ainda que, com a dispensa de cumprimento da meta fiscal de 2020 dada pelo decreto de calamidade pública reconhecido pelo Congresso Nacional, o governo não precisa divulgar um relatório extemporâneo do Orçamento para ajustar suas receitas e despesas às novas projeções. A próxima divulgação ordinária é dia 22 de maio.

"A qualquer podemos, mesmo sem necessidade de relatório, divulgar status fiscal", disse Waldery.

Ele afirmou, porém, que ainda não sabe com qual periodicidade esse status fiscal será divulgado.

"Precisamos continuar com zelo fiscal", frisou o secretário. "Trabalhamos para reforçar aquela que é a nossa principal variável fiscal, que é o resultado nominal", disse.

Teto de gasto e regra de ouro

O secretário especial da Fazenda do Ministério da Economia afirmou que, mesmo com a decretação de estado de calamidade pública, a regra de ouro será mantida na íntegra. A norma determina que o governo não poderá se endividar em patamar superior às despesas de investimentos.

"A regra de ouro e o teto de gastos estão mantidos na íntegra. Essas regras têm válvula de escape", afirmou Waldery. "Nossa expectativa é que esse cenário (de crise econômica) estará contido em 2020."

O secretário disse ainda que há uma "possibilidade robusta" de acordo com o Congresso Nacional em torno do Benefício de Prestação Continuado (BPC).

Os parlamentares derrubaram o veto do presidente Jair Bolsonaro à ampliação da concessão do benefício, mas o Tribunal de Contas da União (TCU) suspendeu a aplicação da medida.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Mais uma empreitada

Do espaço para as fazendas: Elon Musk consegue licença para oferecer internet via satélite no Reino Unido

A Starlink, segundo informações do jornal Telegraph, quer chegar a regiões onde a cobertura por fibra e 5G não alcançam, e tem planos mais ambiciosos

Leão faminto

Carga pesada: Impostômetro atinge a marca de R$ 1,5 trilhão

Monitoramento da Associação Comercial de São Paulo mostra que, no ano passado, marca foi atingida somente no dia 28 de setembro

Muita calma nessa hora

Tem Vale Gás? Petrobras diz que não há definição sobre participação em programas sociais

Manifestação vem depois que o presidente Jair Bolsonaro disse em entrevista que a estatal tem R$ 3 bilhões em reservas para custear ajuda

Clube do Livro

Batalhas sem arma: Em “Cripto Wars”, Jim Rickards explica guerras cambiais e agora, com criptomoedas

Autor, conhecido também por suas previsões certeiras sobre o bitcoin, fala de como a tecnologia mudou as estratégias financeiras dos países

RUMO AO MILHÃO

O primeiro e mais importante investimento para quem atingir o primeiro milhão (ou ir além)

Por mais que você busque o conforto e a segurança de uma promessa de retorno garantido, digo, com convicção, que o único investimento com retorno garantido em longo prazo é aquele feito em educação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies