Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-03-23T13:45:11-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Recessão

IIF prevê contração de 1,5% no PIB global em 2020, na terceira revisão só neste mês

Instituto de Finanças Internacionais (IIF, na sigla em inglês) cortou de alta de 0,4% para contração de 1,5% a sua previsão para PIB global em 2020

23 de março de 2020
13:45
Plataforma de petróleo em alto mar
Imagem: Shutterstock

O Instituto de Finanças Internacionais (IIF, na sigla em inglês) cortou de alta de 0,4% para contração de 1,5% a sua previsão para Produto Interno Bruto (PIB) global em 2020. Foi a terceira vez, apenas neste mês, que a instituição revisou sua projeção para economia global.

"A pandemia de covid-19, a guerra de preços na Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e o crescente estresse no crédito em mercados emergentes e desenvolvidos continuam a redefinir o quadro de maneiras fundamentais", destaca o IIF, em relatório.

O instituto passou a prever recessão nos Estados Unidos, cujo PIB deve cair 2,8% neste ano, frente à estimativa anterior de declínio de 0,8%, divulgada na semana passada. Na zona do euro, a organização vê um cenário ainda pior, com recuo de 4,7%, tão acentuado quanto durante a crise de 2008. Antes, a projeção era de que a economia do bloco cederia 2,8%.

"O que parece claro, neste momento, é que a zona do euro está sendo atingida com maior força, visto que já entrou em 2020 com crescimento fraco", ressalta o documento.

Na Ásia, o IIF reduziu a previsão para o avanço do PIB da China em 2020 (de 3,5% para 2,8%), da Índia (de 6,7% para 2,9%) e da Indonésia (de 5,1% para 2,7%).

Já na América Latina, a instituição enxerga um quadro de maiores riscos na Argentina, onde a economia deve registrar contração de 3,1%, ante previsão anterior de queda de 1,6%. Já no México, o IIF projeta recuo de 2,8% e, no Brasil, de 1,8%.

"Até agora não está claro quanto tempo de fato as paralisações em muitos países devem durar para conter o vírus. E, dada a gravidade do choque, também não está claro se o consumo e o investimento vão se recuperar rapidamente quando as quarentenas terminarem", salienta o instituto.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

IVAN SANT'ANNA

Ganância, dinheiro e poder – ou por que hoje só invisto em petróleo na hora de encher o tanque do carro

Deixei de operar petróleo e jamais comprarei novamente papéis da Petrobras ou qualquer outra ação sobre a qual o governo tenha influência

O FISCAL ENLOUQUECEU

Com furo no teto, XP e BTG já esperam que a Selic suba 1,5 ponto percentual na próxima semana

A corretora também reviu suas projeções para o câmbio, inflação e PIB deste e do próximo ano

E-commerce de pneus

Cantu Store não se assusta com a farra fiscal e registra pedido de IPO na CVM

A companhia paranaense conta com 26 filiais em 17 unidades federativas e quatro centros de distribuição, além de duas marcas próprias

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Guedes diz que fica, o puxadinho do teto de gastos e outros destaques do dia

Pelo menos um dos temores do mercado teve um desfecho nesta sexta-feira (22) — Paulo Guedes segue sendo o ministro da Economia, e o país não vai passar o fim de semana na incerteza. Após as baixas recentes na equipe econômica, mas o capitão do navio continua firme. Diante de tantas incertezas e a confirmação […]

SUPEROU AS EXPECTATIVAS

Hypera (HYPE3) inicia temporada de balanços com alta de 50% na receita líquida — veja os destaques da farmacêutica no terceiro trimestre

Apoiadas pelo portfólio cada vez maior de medicamentos e pelas vendas aquecidas, outras linhas do balanço também deixaram para trás as projeções

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies