Menu
2020-04-27T16:00:50-03:00
Estadão Conteúdo
Guedes fica

Guedes tem credibilidade e mudança agora pode ser interpretada de forma negativa, diz Maia

Mesmo em conflito com o ministro da Economia, Paulo Guedes, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu a permanência do economista no governo de Jair Bolsonaro

27 de abril de 2020
16:00
RodrigoMaiaPlenario
Imagem: J.Batista/Câmara dos Deputados

Mesmo em conflito com o ministro da Economia, Paulo Guedes, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu a permanência do economista no governo de Jair Bolsonaro. "No meio de uma pandemia, troca de ministros sempre gera insegurança. Você tem dois ministros que têm ainda credibilidade na sociedade e um terceiro, Paulo Guedes, que também credibilidade na sociedade. Tive alguns conflitos com ele nas últimas semanas, mas isso não me coloca aqui apenas para criticá-lo, ele tem credibilidade", disse Maia ao ser questionado sobre uma possível saída de Guedes.

Para Maia, uma mudança agora pode ser interpretada de forma negativa pela sociedade. "Acho que ele (Guedes) tem tentado colaborar da forma que ele acredita, por isso que muitas vezes a gente diverge, mas diverge do ponto de vista das ideias, não do pessoal. O que a gente espera é que, com menos turbulência, todos juntos possam construir um caminho para que o Brasil possa superar essa crise, com um dano menor."

Maia e Guedes divergiram sobre como socorrer os Estados durante a pandemia. A Câmara aprovou um projeto que prevê a compensação da queda de arrecadação do Imposto sobre circulação de mercadorias e prestação de serviços (ICMS) pela União. Já o governo quer oferecer um valor fixo atrelado a contrapartidas, como o congelamento do salário de servidores.

O projeto está sendo discutido agora pelo Senado. "Acho que é legítimo que o Senado trabalhe e possa manter ou não, retificar o texto da Câmara, mas nós temos muita convicção", disse Maia sobre o socorro aos Estados.

Ele disse que sua convicção aumentou muito em relação à necessidade de garantir um seguro sobre a queda de arrecadação de impostos. "Não podemos esquecer que outros impostos, como o caso do IPVA, IPTU, também terão quedas de arrecadação grandes", disse.

"Vamos esperar o texto apresentado pelo presidente do Senado e vamos dialogar", afirmou.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

água no chopp

Ambev registra aumento de vendas no 4º tri, mas alerta que cerveja vai encarecer em 2021

Lucro da fabricante de bebidas sobe 63,3% no período, com a ajuda de créditos tributários de R$ 4,3 bilhões

NÚMEROS DA PANDEMIA

Brasil registra 1.428 novas mortes por covid-19

Em 24 horas foram confirmados 66.588 novos casos de covid-19, segundo dados do Ministério da Saúde

Décimo Andar

Existe valor nas lajes corporativas? Sim, e eu apresento um fundo imobiliário para você investir

A partir de hoje, publicarei um conteúdo mensal com objetivo de entregar as melhores ideias de investimento atreladas ao mercado imobiliário, sendo a indústria de FIIs o principal veículo

Fechou bem o ano

Petrobras tem lucro de quase R$ 60 bi no 4º trimestre e anuncia R$ 10 bi em dividendos

Alta extraordinária de 635% no lucro teve influência de itens não recorrentes de peso, mas mesmo o lucro recorrente totalizou R$ 28 bilhões, alta de 120% na comparação anual; em 2020, estatal lucrou R$ 7,1 bilhões, queda de 82% em relação a 2019

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Quanto vale a Eletrobras privatizada

Ontem à noite, o governo federal entregou ao Congresso a Medida Provisória que possibilita a privatização da Eletrobras e de quase todas as suas subsidiárias. O procedimento será feito por meio de uma capitalização que vai diluir a participação da União, que apenas manterá uma ação com poderes especiais de veto, a chamada golden share. […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies