Menu
2020-06-03T10:27:54-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
"Eu voltei..."

Governo brasileiro vai voltar a captar recursos no mercado internacional

O Tesouro Nacional concedeu mandato para a emissão de dois novos papéis. O primeiro com vencimento em cinco anos, o Global 2025, e o outro de dez anos (Global 2030)

3 de junho de 2020
10:27
MercadosBCs

“Eu voltei... agora pra ficar?” O governo brasileiro vai aproveitar o verdadeiro tsunami de liquidez que se formou nos mercados internacionais para captar recursos com a emissão de títulos de dívida (bônus) em dólares.

O Tesouro Nacional concedeu mandato para a emissão de dois novos papéis. O primeiro com vencimento em cinco anos, o Global 2025, e o outro de dez anos (Global 2030).

“O objetivo da operação é dar continuidade à estratégia do Tesouro Nacional de promover a liquidez da curva de juros soberana em dólar no mercado externo”, informou o Tesouro, em nota.

A emissão de títulos soberanos também é importante porque costuma abrir caminho para que as empresas brasileiras sigam a mesma trilha. A última captação de recursos do governo em dólares lá fora havia sido no fim do ano passado.

A operação será liderada pelos bancos Bank of America, Deutsche Bank, Itau BBA e JP Morgan. Os títulos serão emitidos no mercado global e o resultado da operação, incluindo o volume as taxas de juros que o governo vai pagar, será divulgado ao final do dia de hoje.

A notícia sobre a captação do Tesouro ajuda a afundar ainda mais as cotações do dólar na manhã desta quarta-feira. Por volta das 10h20, a moeda norte-americana era cotada a R$ 5,0696 (-2,65%).

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

40,5% de queda em relação a 2019

Venda de veículos novos cresce 113,6% em junho ante maio, diz Fenabrave

O volume registrado em junho, se comparado a igual mês do ano passado, apresenta queda de 40,5%

para enfrentar a crise

Embraer quer implementar PDV para funcionários em licença remunerada

Desde março, a fabricante de aeronaves já adotou trabalho remoto integral (home office), concessão de férias coletivas, suspensão de contratos de trabalho e redução de jornada, por conta da crise causada pela pandemia

questões do emprego

Governo estuda novo marco do trabalho com menores custos de contratação

O secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, disse que o governo está trabalhando em um novo marco do trabalho, com redução de custos para contratação

meta da infraestrutura

Governo quer fazer três concessões e 11 arrendamentos portuários até fim do ano

Entre as concessões planejadas, está a Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), cujo edital deve ser publicado até o fim do 3º trimestre, segundo a pasta

contas públicas

Ministério da Economia passa a estimar déficit do setor público de R$ 828,6 bilhões

Em maio, a estimativa era de resultado negativo de R$ 708,7 bilhões

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements