Menu
2020-08-01T15:51:32-03:00
em busca da solução

Fiocruz vai produzir 100 milhões de doses de vacina contra covid-19

Medicamento está sendo desenvolvido pela AstraZeneca em conjunto com a Universidade de Oxford e já está em fase de testes clínicos no Brasil

1 de agosto de 2020
15:51
vacina covid-19
Imagem: Shutterstock

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), do Ministério da Saúde, e a farmacêutica britânica AstraZeneca assinaram ontem (31) um termo que dará base para o acordo de transferência de tecnologia entre os laboratórios e a produção de 100 milhões de doses da vacina contra a covid-19, caso seja comprovada a sua eficácia e segurança. O medicamento está sendo desenvolvido pela empresa do Reino Unido em conjunto com a Universidade de Oxford e já está em fase de testes clínicos no Brasil e em outros países.

O acordo entre Fiocruz e AstraZeneca é resultado da cooperação entre os governos brasileiro e britânico, anunciado em 27 de junho pelo Ministério da Saúde. A assinatura do acordo de encomenda tecnológica está prevista para a segunda semana de agosto e deve garantir o acesso a 30 milhões de doses da vacina entre dezembro e janeiro de 2021 e 70 milhões ao longo dos dois primeiros trimestres do próximo ano.

Em nota, o Ministério da Saúde informou que prevê um repasse de R$ 522,1 milhões na estrutura de Bio-Manguinhos, unidade da Fiocruz produtora de imunobiológicos, para ampliar a capacidade nacional de produção de vacinas. Outros R$ 1,3 bilhão são despesas referentes a pagamentos previstos no contrato de encomenda tecnológica. Os valores contemplam a finalização da vacina.

O memorando de entendimento assinado nesta sexta-feira (31) define os parâmetros econômicos e tecnológicos para a produção da vacina da covid-19 e, de acordo com o ministério, garante a incorporação da tecnologia em Bio-Manguinhos para que o Brasil tenha condições de produzir a vacina de forma independente.

A Fiocruz recebeu informações técnicas fornecidas pela AstraZeneca necessárias para a definição dos principais equipamentos para o início da produção industrial. A instituição brasileira também colocará à disposição sua capacidade técnica para a aceleração do escalonamento industrial da vacina junto a outros parceiros.

De acordo com o Ministério da Saúde, ao mesmo tempo a Fiocruz constituiu um comitê de acompanhamento técnico-científico das iniciativas associadas às vacinas para a covid-19, com a participação de especialistas da Fiocruz e de instituições como as universidades de São Paulo (USP) e as federais do Rio de Janeiro (UFRJ) e de Goiás (UFG).

A vacina produzida por Bio-Manguinhos será distribuída pelo Programa Nacional de Imunização, que atende o Sistema Único de Saúde (SUS). O acordo com a AstraZeneca permitirá, além da incorporação tecnológica desta vacina, o domínio de uma plataforma para desenvolvimento de vacinas para prevenção de outras enfermidades, como a malária.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

efeito coronavírus

PIB do Reino Unido tem queda recorde de 20,4% no 2º trimestre

Resultado ficou acima da expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam queda de 21,4% do PIB no período

efeitos da pandemia

Produção industrial da zona do euro sobe 9,1% em junho

O resultado, no entanto, ficou abaixo da expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam aumento de 9,5% no período

Esquenta do Mercado

Investidor local deve pesar baixas na equipe de Guedes e defesa do teto de gastos

Os investidores mundo afora monitoram a possibilidade de acordo para um pacote de estímulo econômico nos Estados Unidos, ora com mais, ora com menos pessimismo, os dados de avanço da covid-19, que traz preocupação novamente a países como Espanha e o desenvolvimento de vacinas. Com isso, os índices na Ásia fecharam sem direção nesta quarta-feira, […]

atualização oficial

Covid-19: Brasil registra mais 1.274 mortes e 52.160 casos

Nas últimas 24 horas, passou a fazer parte dessa estatística 52.160 novos casos confirmados e 1.274 mortes

de olho nos balanços

Raia Drogasil e BR Distribuidora: os balanços que mexem com o mercado nesta quarta-feira

Mercado financeiro tem mais um dia movimentado por conta dos balanços das empresas relativos ao segundo trimestre

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements