Menu
2020-05-20T18:22:41-03:00
Estadão Conteúdo
Economia e pandemia

Fed diz estar comprometido a usar todas as ferramentas para apoiar a economia

Na mais recente reunião de política monetária, em abril, o Fed se comprometeu a usar todas as ferramentas disponíveis para continuar apoiando a economia

20 de maio de 2020
16:20 - atualizado às 18:22
Jerome Powell, presidente do Fed
Imagem: Federal Reserve

Na mais recente reunião de política monetária, em abril, o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) se comprometeu a usar todas as ferramentas disponíveis para continuar apoiando a economia durante a pandemia de coronavírus, de acordo com a ata referente ao encontro, divulgada nesta quarta-feira, 20.

Segundo o documento, os dirigentes defenderam que as taxas de juros devem permanecer nos níveis atuais (entre 0% e 0,25%) até que haja confiança de que a crise foi superada. "Manter os juros baixos continuará a prestar apoio à economia e promover as metas máximas de emprego e estabilidade de preços do Comitê", ressaltou.

Na avaliação do grupo, os programas de compras de ativos devem seguir em vigor, a fim de assegurar o fluxo de crédito para empresas e famílias e, dessa forma, permitir a efetiva transmissão da política monetária. "Os participantes observaram que era importante continuar monitorando de perto as condições do mercado e que o Comitê está preparado para ajustar seus planos conforme apropriado para apoiar bom funcionamento dos mercados", salienta.

Apoio fiscal

Os dirigentes da instituição avaliaram que mais apoio fiscal pode ser necessário, se a fraqueza econômica causada pela pandemia de coronavírus perdurar.

No documento, divulgado nesta quarta-feira, a equipe da autoridade monetária avaliou que o desempenho da economia vai depender da evolução da pandemia, mas que a volatilidade nos mercados acionários diminuiu.

A equipe também afirmou que a demanda global por dólares estava forte, o que pressionou os mercados no curto prazo. Já a incerteza com a covid-19 foi classificada como "extremamente elevada".

O cenário pessimista, segundo a equipe do Fed, contempla uma segunda onda de infecções por coronavírus. "Esse cenário não é menos plausível que o cenário-base", disseram.

Já as condições no mercado monetário e nos mercados de bônus e empréstimos melhoraram, segundo avaliação da equipe.

Queda na atividade

A ata da reunião do Federal Reserve destacou também que a atividade das empresas e o investimento destas "recuaram dramaticamente", diante do choque causado pela pandemia de coronavírus. Houve forte queda na produção industrial em março e os dirigentes esperavam recuo ainda maior em abril, mostra o documento.

Os programas anunciados e executados pelo Fed ajudaram a manter o fluxo de crédito para as empresas e também para pessoas físicas e governos estaduais e locais, aponta a ata, além de apoiar o funcionamento mais suave dos mercados financeiros.

Muitas empresas tiveram de fechar suas portas por causa da pandemia e das medidas para conterá disseminação da covid-19, diz a ata. Naquelas que ficaram ao menos em parte abertas, houve também um choque importante com a emergência de saúde, seja na queda na demanda ou em problemas na cadeia de produção.

Os dirigentes citam também que é "apropriado" continuar com as compras de bônus, a fim de apoiar o crédito para as empresas e também as famílias. Ao mesmo tempo, mostram o temor de que, com o choque, muitas pequenas empresas não aguentem, especialmente se o impacto for duradouro.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

DRAGÃO COM FOME

Comida pressiona inflação até o fim do ano, dizem analistas

Dólar em alta, oferta escassa por causa da entressafra e o auxílio emergencial estão provocando o aumento dos preços

CCR: Alerj recomenda retomar concessão de rodovia, mas governo é contra

Assembleia quer retomada da rodovia para reduzir tarifas, consideradas altas devido a irregularidades no contrato de concessão

TRETA

Maia e Alcolumbre criticam Salles após atrito com Ramos

Presidente da Câmara diz que ministro do Meio Ambiente resolveu destruir o próprio governo

SE PROTEJA

Títulos de renda fixa atrelados ao IPCA viram opção

Alta da inflação em outubro faz investidores e gestores avaliarem novas formas de proteção de patrimônio

SELEÇÃO DE NOTÍCIAS

BDR, bitcoin, shopping: o melhor do Seu Dinheiro na semana

O fim de semana chegou com uma notícia bastante esperada pelos investidores: a volta do Ibovespa ao patamar de 100 mil pontos. O principal índice da B3 foi impulsionado esta semana por dois acontecimentos. O primeiro deles foi o alívio das preocupações em torno do risco fiscal brasileiro, com políticos e governo demonstrando compromisso com a manutenção do teto de gastos. Outro tema foi a esperança de aprovação de um pacote de estímulos […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies