Menu
2020-02-13T08:21:51-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Fala, ministro

‘Doméstica ia para Disney com dólar barato. Uma festa danada’, diz Guedes após novo recorde da moeda

Guedes também disse que governo prepara reforma administrativa, apesar de indicações de que o Planalto praticamente desistiu de remeter PEC ao Congresso

12 de fevereiro de 2020
20:56 - atualizado às 8:21
O ministro da Economia, Paulo Guedes privatizações
Imagem: José Cruz/Agência Brasil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta quarta-feira (12) que uma taxa de câmbio mais alta é "boa para todo mundo" e que os brasileiros devem viajar mais dentro do País.

"Todo mundo indo pra Disneylândia. Empregada doméstica indo para a Disneylândia. Uma festa danada", disse em palestra no evento realizado em Brasília no final da tarde de ontem. "Peraí. Vai passear ali em Foz de Iguaçu, vai passear ali no Nordeste, cheio de praia bonita".

O ministro ainda afirmou que é melhor ter juros a 4% e câmbio a R$ 4,00, do que câmbio a R$ 1,80 e juros de 14%. Nesta quarta-feira, a moeda americana terminou o dia a R$ 4,350, um novo recorde nominal — foi quinta sessão consecutiva em que o dólar renovou as máximas de encerramento.

E a reforma administrativa?

Guedes também voltou a dizer que o governo prepara reforma administrativa, apesar das indicações de que o Planalto praticamente desistiu de enviar proposta ao Congresso. "Estamos propondo reforma administrativa que não atinge nenhum direito adquirido", afirmou Guedes, se defendendo de críticas após ter classificado servidores de "parasitas".

O ministro afirmou que o governo projeta um "Estado futuro com meritocracia". "Com 20 a 30 carreiras em vez de 300", disse. Guedes lembrou que a ideia é implantar um período de experiência no setor público antes que o cidadão atinja a estabilidade no emprego.

O Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, noticiou ontem, 11, no entanto, que a reforma não tem mais prazo para chegar aos parlamentares. O recuo foi decidido pelo Planalto após consultas a lideranças parlamentares, que apontaram falta de "clima político" para o envio de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC).

No entanto, Guedes sinalizou que não desistirá das reformas defendidas por ele e sua equipe econômica. "Temos um rumo definido e não vamos recuar, podemos bater no muro uma ou duas vezes, mas damos a volta. Temos um presidente determinado e um Congresso reformista", disse.

Ao destacar os custos com a folha de salário no serviço público, o ministro ainda lembrou da necessidade de se aprovar a PEC da emergência fiscal para que os governos consigam acessar gatilhos de contenção de gastos mais rapidamente durante períodos de crise.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Exile on Wall Street

O que esperar dos IPOs na bolsa brasileira? Basta ver os jornais dos EUA

Era o final dos anos 1980, mas ele pode ver o jornal de 22 de outubro de 2015. Na capa do periódico, seu filho estava sendo preso por roubo. Não havia alternativa senão entrar mais uma vez no DeLorean e viajar para o futuro, de modo a evitar a prisão de Martin McFly Júnior. O […]

Mercado de quatro patas

Poder felino: Petz compra Cansei de Ser Gato e avança na produção de conteúdo digital

A Petz entrou no segmento de conteúdo digital ao adquirir a Cansei de Ser Gato, marca voltada aos felinos e que tem forte presença nas redes

Atenção acionista

Rede D’or anuncia pagamento de R$ 156,2 milhões de juros sobre capital próprio

O pagamento do valor anunciado será destinado aos acionistas que detiverem as ações da Rede D’or no próximo dia 24 de junho

Fome para crescer

Em mais uma aquisição, Magazine Luiza se fortalece em food services com a Plus Delivery

Segundo a varejista, plataforma de entrega de comida tem cerca de 1.500 restaurantes parceiros e atende mais de 250 mil clientes por mês

mercados hoje

Bolsa firma queda e perde os 128 mil pontos, à espera de fala de Powell; dólar avança

Mesmo com uma queda acentuada do petróleo nesta manhã, o setor vê a commodity nos maiores níveis desde o início da pandemia, com a retomada das atividades

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies