Menu
2020-03-21T14:13:46-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
ATUALIZAÇÕES DO CORONAVÍRUS

Doria decreta quarentena no Estado de São Paulo por 15 dias, a partir de terça-feira

Segundo o governador, serviços como de alimentação, limpeza, segurança, saúde pública e abastecimento continuarão em pleno funcionamento

21 de março de 2020
13:31 - atualizado às 14:13
coronavirus
Imagem: Shutterstock

Diante do agravamento da situação no Estado de São Paulo, o governador João Doria decretou quarentena a todos os 645 municípios paulistas por 15 dias, a partir da próxima terça-feira (24). A medida, portanto, valerá até 7 de abril.

Em coletiva de imprensa, o governador disse que todo o comércio e serviços não essenciais deverá ser fechado por todo o território estadual. Doria falou que os municípios vão emitir comunicados a empresários e dirigentes nos próximos dias para informar a todos sobre as novas medidas.

Já os serviços como de alimentação, limpeza, segurança pública, saúde (hospitais, clínicas de saúde e odontológica, além de farmácias) e abastecimento (supermercados, transportadoras, postos de combustíveis, oficinas, ônibus e trens) continuarão em pleno funcionamento. Bancos e lotéricas também permanecerão abertas, mas com resguardo.

Restaurantes e padarias, por sua vez, poderão permanecer abertos, mas apenas como opção de delivery.

Números atualizados

De acordo com os números informados pelo secretário estadual de Saúde, José Henrique Germann Ferreira, hoje há 396 casos e 15 óbitos registrados em todo o Estado de São Paulo. Além disso, há 9000 casos suspeitos.

As informações seguem os dados disponibilizados até às 18h de ontem (20), que é o horário de corte do Ministério da Saúde.

* Matéria em atualização

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

seu dinheiro na sua noite

Fidelidade em baixa com a pandemia

Não, não estou falando da fidelidade entre casais. Até porque, por mais que a convivência excessiva em família na quarentena tenha abalado alguns casamentos, o momento não anda muito propício às puladas de cerca. Estou falando do setor de fidelidade, que abarca as empresas de programas de pontos e milhagem, sobretudo aqueles ligados às companhias […]

Empresa ligada à Vale

Justiça aprova pedido de Recuperação Judicial da Samarco

RJ não terá impacto nas atividades operacionais da mineradora, nem nas ações de reparação e compensação pela tragédia de Mariana

FECHAMENTO

Ibovespa ignora tensão em Brasília e NY no vermelho e avança 1%; dólar também sobe

Enquanto as blue chips garantiram o bom desempenho do Ibovespa, o dólar avançou 0,84%, pressionado pelo noticiário em Brasília

Exaltou integração

Presidente do Banco Central não enxerga competição entre bancos e fintechs

Segundo Campos Neto, a integração entre as mídias sociais e o sistema financeiro é maior inovação que existe no momento

Menos pontos e milhas

Setor de empresas de fidelidade encolhe quase 30% em 2020

O segmento de fidelidade movimentou R$ 5,3 bilhões em 2020, segundo a Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização (ABEMF)

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies