Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-05-07T13:44:04-03:00
Estadão Conteúdo
ECONOMIA VS PANDEMIA

Crise é surpresa total, como meteoro chegando à Terra, diz Setubal, do Itaú

Setubal acredita que não será possível vencer os impactos da pandemia até que a vacina esteja disponível para bilhões de pessoas no mundo.

7 de maio de 2020
13:42 - atualizado às 13:44
Logo do banco Itaú
Itaú - Imagem: Shutterstock

O copresidente do Conselho de Administração do Itaú Unibanco, Roberto Setubal, comparou a crise gerada pela pandemia do novo coronavírus como um "meteoro". "A crise foi uma surpresa total como um meteoro chegando à Terra e não tem paralelo com nada que eu vivi", disse ele, durante live do banco.

Setubal destacou ainda que a origem da crise também é completamente diferente, uma vez que não começou no sistema financeiro. "Normalmente, as crises começaram no sistema financeiro de alguma forma. Aqui não, é outra questão, da saúde", afirmou, acrescentando que a crise atual é "muito preocupante".

Para ele, não há clareza quanto ao término da crise, que pode se arrastar por dois anos, considerando o prazo de retomada.

Setubal acredita que não será possível vencer os impactos da pandemia até que a vacina esteja disponível para bilhões de pessoas no mundo.

Mais frágil do que na crise de 2008

O copresidente do Conselho de Administração do Itaú Unibanco afirmou que o a situação da economia brasileira hoje é muito mais frágil do que na crise de 2008. O fator positivo é o patamar baixos dos juros, que, na quarta-feira, 6, sofreram novo corte, uma vez que facilita a rolagem das dívidas no cenário atual.

"O Brasil tinha uma situação macroeconômica em geral muito melhor. Hoje, temos mais dívida pública, mais alavancagem da economia, estamos muito mais frágeis", resumiu Setubal.

Ele destacou ainda que a crise atual é diferente de 2008, quando a origem da turbulência foi no sistema financeiro com o caso americano. De la para cá, o sistema, conforme Setubal, reforçou sua solidez e hoje está mais bem preparado para enfrentar a crise.

Para o executivo, o Brasil tem de observar o que está acontecendo na China e Europa, que estão alguns meses à frente do País em relação à saída da pandemia e como a recuperação está correndo. "Temos vantagem de observar um pouco outros países que estão a nossa frente em relação ao ciclo do novo coronavírus. Vejo nossa economia em recuperação e nada de diferente dos demais países", avaliou.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Mais do mesmo

Sem surpresas, Fed mantem taxa de juros e discurso inalterados, mas declarações de Powell animam o Ibovespa

Os investidores estavam em busca mudanças no discurso sobre os estímulos à economia norte-americana

varejo alimentar

Assaí e Carrefour têm forte crescimento em vendas, mas ações caem 2%

Baixa acontece em um momento em que o Assaí acumula ganhos de 22% na B3 desde o processo de cisão com o GPA; Carrefour teve queda no lucro e margens pressionadas

De volta ao normal?

Doria planeja acabar restrições de horários e ocupação em 17 de agosto; veja regras da nova fase de transição

As medidas de restrição deverão ser afrouxadas já a partir do próximo domingo (1) em todo o Estado

Casa própria em alta

Caixa bate recorde histórico com crédito imobiliário no primeiro semestre do ano

De acordo com o banco, foram R$ 65,4 bilhões em concessões, um crescimento de 36% na comparação com o mesmo período de 2020

Programa social

Reajuste do novo Bolsa Família pode ultrapassar os 50%, diz ministro da Cidadania

A ideia do governo é lançar, em novembro, um programa de transferência de renda que reúna ações e programas já existentes

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies