Menu
2020-03-04T19:06:03-03:00
Estadão Conteúdo
mas sem seguir o fed

BC da China vai manter combate a coronavírus com atuais medidas

Iniciativas incluem estímulo para os bancos oferecerem crédito mais barato a empresas em dificuldade por causa da epidemia

4 de março de 2020
10:04 - atualizado às 19:06
china juros
Imagem: Shutterstock

O Banco do Povo da China (PBoC, o banco central chinês) disse que vai manter o combate aos efeitos econômicos do coronavírus com as medidas atuais, que incluem uma iniciativa para encorajar o setor bancário a oferecer crédito mais barato a empresas que enfrentem dificuldades em função da epidemia.

Em teleconferência com reguladores bancários e autoridades do Ministério de Finanças, representantes do PBoC reiteraram que não vão prover estímulos de curto prazo por meio do setor imobiliário, apesar do impacto do coronavírus na economia, segundo comunicado divulgado pelo BC chinês nesta quarta-feira.

O presidente do PBoC, Yi Gang, participou da teleconferência, que foi conduzida ontem por Pan Gongsheng, um dos vices da instituição.

"Devemos garantir a continuidade, consistência e estabilidade das políticas financeiras do setor imobiliário", diz o comunicado.

O comunicado do PBoC veio um dia depois de o Federal Reserve (Fed, o BC dos EUA) cortar seus juros básicos em 0,50 porcentual, numa decisão extraordinária que não ocorria desde a crise financeira mundial de 2008. Investidores agora preveem que o Fed voltará a reduzir juros na reunião regular deste mês, nos dias 17 e 18.

Segundo a BOCI Securities, o PBoC não vai necessariamente seguir o Fed no sentido de reduzir juros. Utilizando o mecanismo conhecido como fator "anticíclico" ao determinar a taxa diária de câmbio que protege a moeda chinesa - o yuan -, o PBoC não precisa se preocupar muito com os spreads entre as taxas de juros da China e dos EUA, diz a corretora.

Nas últimas semanas, o governo chinês reduziu impostos para pequenas empresas e orientou bancos a liberar mais empréstimos baratos e a alongar prazos para o pagamento de dívidas. O PBoC, por sua vez, reduziu juros e injetou o equivalente a bilhões de dólares no sistema financeiro. Fonte: Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

desafio dos 21 dias

Lição #14: De olho na sua reserva de emergência

Na lição #14 do Desafio dos 21 dias do Felipe, ele chamou a atenção dos investidores para a reserva de emergência, aquele dinheirinho destinado para o seu ‘colchão’ de liquidez… Na sua visão, antes mesmo de começar a aplicar dinheiro, é preciso pensar bem onde alocar a sua reserva. E, depois do que aconteceu em […]

Produto Interno Bruto

PIB pode cair em torno de 4% em 2020, diz Guedes

Ministro afirma que o o Brasil gastou 10% do Produto Interno Bruto na ‘operação de resgate na pandemia’; projeções de mercado estão em recuo de 5,5% a 5,0%

DEVAGAR COM O ANDOR

‘Há grande trabalho a fazer antes de decisão sobre moedas digitais’, diz presidente do Fed

Powell diz que é preciso ter certeza que divisas digitais podem melhorar a efetividade e segurança do sistema de pagamentos

Facilitação do comércio

Bolsonaro cita pacote de acordos comerciais e anticorrupção com os EUA

Presidente afirma que o Brasil vai continuar sua ‘ambiciosa agenda de reformas’, após a aprovação da reforma da previdência

DE SAÍDA?

C&A sobe mais de 8% após notícia sobre controlador querendo vender sua fatia na empresa

Família controladora já se desfez de participações no México e na China para se concentrar na Europa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements