Menu
2020-03-04T19:06:03-03:00
Estadão Conteúdo
mas sem seguir o fed

BC da China vai manter combate a coronavírus com atuais medidas

Iniciativas incluem estímulo para os bancos oferecerem crédito mais barato a empresas em dificuldade por causa da epidemia

4 de março de 2020
10:04 - atualizado às 19:06
china juros
Imagem: Shutterstock

O Banco do Povo da China (PBoC, o banco central chinês) disse que vai manter o combate aos efeitos econômicos do coronavírus com as medidas atuais, que incluem uma iniciativa para encorajar o setor bancário a oferecer crédito mais barato a empresas que enfrentem dificuldades em função da epidemia.

Em teleconferência com reguladores bancários e autoridades do Ministério de Finanças, representantes do PBoC reiteraram que não vão prover estímulos de curto prazo por meio do setor imobiliário, apesar do impacto do coronavírus na economia, segundo comunicado divulgado pelo BC chinês nesta quarta-feira.

O presidente do PBoC, Yi Gang, participou da teleconferência, que foi conduzida ontem por Pan Gongsheng, um dos vices da instituição.

"Devemos garantir a continuidade, consistência e estabilidade das políticas financeiras do setor imobiliário", diz o comunicado.

O comunicado do PBoC veio um dia depois de o Federal Reserve (Fed, o BC dos EUA) cortar seus juros básicos em 0,50 porcentual, numa decisão extraordinária que não ocorria desde a crise financeira mundial de 2008. Investidores agora preveem que o Fed voltará a reduzir juros na reunião regular deste mês, nos dias 17 e 18.

Segundo a BOCI Securities, o PBoC não vai necessariamente seguir o Fed no sentido de reduzir juros. Utilizando o mecanismo conhecido como fator "anticíclico" ao determinar a taxa diária de câmbio que protege a moeda chinesa - o yuan -, o PBoC não precisa se preocupar muito com os spreads entre as taxas de juros da China e dos EUA, diz a corretora.

Nas últimas semanas, o governo chinês reduziu impostos para pequenas empresas e orientou bancos a liberar mais empréstimos baratos e a alongar prazos para o pagamento de dívidas. O PBoC, por sua vez, reduziu juros e injetou o equivalente a bilhões de dólares no sistema financeiro. Fonte: Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

estreia boa

Assaí sobe mais de 400% e Pão de Açúcar cai mais de 68%. Tá certo isso?

Como listagem ocorreu após cisão das operações do atacarejo, e não IPO, ações estão passando por reajuste para refletir nova realidade

Agora vai?

Bolsonaro diz que ‘está quase tudo certo’ para nova rodada do auxílio emergencial

Segundo Bolsonaro, o novo valor do auxílio, acordado em R$ 250 por quatro meses, está “acima da média do Bolsa Família, que é de R$ 190”.

Exile on Wall Street

Águas de março para salvar o verão: cinco ações bem quentes

O boletim do primeiro bimestre de 2021 traz notas vermelhas.  A alta dos juros de mercado trouxe aumento da atratividade relativa da renda fixa e preocupações com o valuation de nomes de crescimento.   Internamente, a falta de clareza sobre nossa trajetória fiscal e o temor de adoção de maior intervencionismo estatal na economia impuseram perdas […]

Vai um desconto?

Três meses após IPO, Meliuz faz sua primeira aquisição com empresa de cupons de desconto

A Picodi.com agora faz parte do sistema da Meliuz e foi adquirida por R$ 120 milhões

Gás natural

Braskem fecha acordo com mexicana Pemex e retoma totalmente transporte de gás

A empresa estava operando parcialmente desde janeiro e, com a decisão, deve voltar normalmente às atividades

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies