Menu
2020-05-01T12:04:35-03:00
Estadão Conteúdo
fator de tensão nos mercados

Após ameaça de Trump, conselheiro diz que acordo com China segue em frente

Larry Kudlow reconheceu, contudo, que a decisão sobre medidas protecionistas são da alçada do presidente dos EUA

1 de maio de 2020
12:04
trump eua
Imagem: Shutterstock

Um dia depois de o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, dizer que pode impor tarifas contra a China por causa do coronavírus, o conselheiro econômico da Casa Branca, Larry Kudlow, afirmou à CNBC que a fase 1 do acordo comercial com o país asiático está "seguindo em frente". Ele reconheceu, contudo, que a decisão sobre medidas protecionistas são da alçada de Trump.

Na edição de hoje, o The Washington Post relatou que autoridades em Washington começam a avaliar medidas para punir Pequim, pois acreditam que a China não atuou de forma adequada para conter a disseminação da covid-19.

Em uma aparente resposta à reportagem, Kudlow questionou na entrevista à CNBC a pressa em impor tarifas contra a China.

"A China tem problemas (com a questão do coronavírus), mas o presidente quer negociar com eles", afirmou.

O conselheiro econômico disse ainda que o G7, grupo do qual os EUA fazem parte, está preocupado também com a transparência de dados chineses sobre o combate à pandemia.

Ao comentar sobre a situação da atividade nos EUA, Kudlow reiterou que o retorno da economia americana será "forte", mas que, antes disso, o segundo trimestre será mais duro que o primeiro.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

em recuperação judicial

Oi prorroga acordo de exclusividade com fundo do BTG para negociar rede de fibra

Acerto, estendido para 5 de abril, prevê que oferta do fundo servirá como referência para o leilão dos ativos

Os Segredos da Bolsa

OMS faz alerta sobre pandemia no Brasil e avanço desenfreado do vírus deve pesar esta semana

Enquanto as bolsas no exterior reagem À aprovação do pacote fiscal, o Brasil toma puxão de orelha para levar pandemia a sério

NÚMEROS DA PANDEMIA

Covid-19: Mortes ultrapassam 265 mil e casos chegam a 11 milhões

Em 24 horas, país registra 1.086 óbitos e 80.508 novos casos de covid-19, segundo dados do Ministério da Saúde

entrevista exclusiva

Suzano se prepara para 2021 ainda melhor, com ESG no centro da estratégia

Condições do mercado de celulose permitem que empresa realize novos reajustes de preços ao longo do ano, diz diretor financeiro

IR 2021

Como declarar aposentadorias e pensões da Previdência Social no imposto de renda

Aposentados e pensionistas da Previdência Social têm direito à isenção de imposto de renda sobre uma parte de seus rendimentos. Veja os detalhes de como declará-los no IR 2021

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies