Menu
2020-06-03T17:35:41-03:00
Empresários de comércio e serviços

76% de 400 micro e pequenos empresários esperam queda de faturamento

A pesquisa ouviu empresários dos setores de comércio e serviços. Parcela de 26% dos entrevistados espera recuo de 31% a 50%, enquanto 22% têm expectativa de queda até 30%

3 de junho de 2020
17:35
ações gráficos empresários bolsa
Imagem: Shutterstock

Diante dos efeitos da pandemia de coronavírus sobre a atividade econômica, 76% de cerca de 400 micro e pequenos empresários consultados pela Boa Vista esperam redução do faturamento nos próximos 90 dias, sendo que 52% veem contração de mais de 50%, informa a instituição, em nota.

A pesquisa ouviu empresários dos setores de comércio e serviços. Parcela de 26% dos entrevistados espera recuo de 31% a 50%, enquanto 22% têm expectativa de queda até 30%.

A pesquisa também constatou que 75% dos micro e pequenos empresários se dizem muito preocupados com os impactos da pandemia da covid-19 em seus negócios, sendo que a principal preocupação é em relação às despesas com aluguel, energia e manutenção, ou seja, os gastos necessários para manter a empresa funcionando.

Diante disso, 68% dos empresários consultados afirmaram que têm feito o balanço financeiro do negócio diariamente. Para 61% dos entrevistados, a atitude mais importante neste momento é evitar despesas que não sejam extremamente necessárias. Além disso, 22% já estão renegociando suas dívidas com instituições financeiras.

"No atual momento econômico, as empresas precisam garantir que os pagamentos continuem acontecendo, para manter seu fluxo de caixa e evitar ter de recorrer a bancos para obter capital de giro. Ter um processo de cobrança estruturado e eficiente é fundamental", analisa Lola de Oliveira, diretora de Marketing da Boa Vista.

Segundo o levantamento, a representatividade das vendas online continua baixa. A Boa Vista afirma que as empresas têm aumentado a atuação no e-commerce, mas 47% já usavam essa ferramenta. Além disso, 31% dos consultados apontam dificuldade na prospecção qualificada de clientes.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

os dados da caderneta

Com pandemia, poupança tem captação líquida de R$ 20,5 bilhões em junho

A poupança captou R$ 84,434 bilhões no acumulado do ano. Foi o 4º mês seguido de depósitos na caderneta

Sem empolgação

Aura Minerals estreia na B3 em queda firme e com baixo volume de negociação

Os Brazilian Depositary Receipts (BDRs) da canadense Aura Minerals começaram a ser negociados hoje na B3 — mas os investidores não se mostram muito entusiasmados com o papel

efeito coronavírus?

China confirma suspensão de exportação de carne suína de unidades da BRF e da JBS

Órgão não especifica o motivo do veto, mas as plantas suspensas têm em comum o fato de já terem registrado casos do novo coronavírus entre seus funcionários

dinheiro em gestora

BNDES investe R$ 300 milhões em fundo de participações focado em médias empresas

Alaof V Brasil foi um dos quatro fundos de “private equity” selecionados por meio de chamada multissetorial realizada pelo banco em dezembro de 2018

Oferta na Nasdaq

Cogna pode “destravar valor” com com IPO da Vasta e ação sobe forte

Metade do dinheiro captado no IPO vai para o caixa da Cogna, que detém 100% da Vasta e é credora de R$ 1,6 bilhão em debêntures emitidas pela empresa de sistemas de ensino para educação básica

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements