Menu
2020-05-15T12:24:36-03:00
EFEITO QUARENTENA

29% dos consumidores fazem mais compras online durante a pandemia, diz Boa Vista

A pesquisa ainda revela que 78% dos consumidores tiveram impacto na renda mensal por conta do isolamento social adotado durante a pandemia.

15 de maio de 2020
12:24
ecommerce
Imagem: Shutterstock

Pesquisa feita pela Boa Vista com 600 entrevistados de todo o Brasil aponta para um maior uso das plataformas digitais de vendas durante a pandemia do novo coronavírus. Segundo o levantamento, 29% dos consumidores consultados passaram a fazer mais compras online após o vírus ter se alastrado no Brasil, obrigando autoridades da saúde a recomendarem medidas de restrição à circulação de pessoas.

De acordo com a Boa Vista, o estudo possui grau de confiança de 95% e margem de erro de 4 pontos porcentuais.

Quanto ao meio de pagamento utilizado nas compras digitais, 71% dos entrevistados afirmaram usar cartão de crédito, índice muito superior às outras opções apontadas pelos consumidores, como débito em conta (13%), boleto (12%) e transferência bancária (4%).

Estoque

A sondagem também mostra que apenas 14% dos consumidores passaram a estocar produtos de supermercado, como alimentos e itens de higiene e limpeza, após o início da pandemia.

Impacto na renda

A pesquisa ainda revela que 78% dos consumidores tiveram impacto na renda mensal por conta do isolamento social adotado durante a pandemia. A Boa Vista também revelou que 41% dos entrevistados no levantamento fazem algum trabalho extra para complementar a renda familiar no período.

Mesmo com este cenário de dificuldades financeiras, 75% consideram adequadas as medidas restritivas impostas por Estados e municípios em combate à circulação do vírus.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Assistência para saúde e emprego

Bank of America anuncia ajuda de US$ 1 bilhão contra desigualdade racial e econômica nos EUA

Programas financiados estão voltados a propiciar assistência a comunidades não-brancas que experienciam maior impacto da crise de saúde, em meio a manifestações ao redor do país após a morte de George Floyd, negro asfixiado por um policial em Minneapolis

multicanalidade

Em busca de geração de caixa, Via Varejo aposta em drive thru

Clientes das Casas Bahia e Pontofrio fazem o pedido online e escolhem uma das lojas disponíveis para retirar o pedido sem sair do carro

o pior já passou?

Depois do fundo do poço, venda de veículos novos sobe 11,6% em maio

Na comparação com maio do ano passado as vendas ainda despencam, com retração de 74,6%

em meio à pandemia

Governo busca destravar crédito a pequenas e médias empresas

Além de ampliar o escopo do financiamento de salários, cuja oferta de recursos ficou bem abaixo do esperado, avança na regulamentação da linha que terá garantia do fundo de aval do BNDES

EM MEIO À PANDEMIA

Bolsonaro paga recorde de emendas parlamentares

O montante efetivamente pago também foi o maior para um único mês ao longo dos últimos anos, R$ 4 bilhões.

EFEITO CORONAVÍRUS

Alta do dólar pressiona dívida e derruba lucro das empresas em 70% no trimestre

A disparada do dólar, que ganhou força a partir do fim do carnaval, foi suficiente para azedar o resultado das operações.

ENERGIA

Aneel autoriza postergação de entrega de obras de transmissão por 4 meses

O órgão regulador também suspendeu processos de autorização de obras não urgentes.

exile on wall strett

A festa junina que podemos ter

O que você observa do mercado hoje? Querendo ou não, gostando ou não, é um mercado leve, comprador, sem vendedor marginal, migrando para ativos de risco.

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta terça-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Alívio intenso

Ibovespa sobe aos 90 mil pontos e dólar cai a R$ 5,23 com menor aversão ao risco

O Ibovespa continua recuperando o terreno perdido, impulsionado pelo clima de menor aversão ao risco no mundo. No câmbio, o dólar à vista cai forte e chega às mínimas desde 17 de abril

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements