Menu
2020-08-30T10:56:58-03:00
Estadão Conteúdo
Retorno precipitado?

Covid-19: Com aumento de casos, França desiste de reabertura total de escolas

Marcada para terça-feira, reabertura passará por análise diária, baseada na situação de saúde de cada território francês

30 de agosto de 2020
12:30 - atualizado às 10:56
shutterstock_1495413731
Ruas vazias de Los Angeles durante pandemia de covid-19 - Imagem: Shutterstock

Nem todas as escolas francesas poderão retomar as atividades na terça-feira, segundo reconheceu neste domingo o ministro da Educação do país, em meio a um crescimento persistente nas infecções por coronavírus que ameaça a iniciativa do governo de levar 12,9 milhões de crianças em idade escolar de volta às salas de aula.

"Está sendo decidido em uma análise diária, baseada na situação de saúde de cada território", disse o ministro da Educação Jean-Michel Blanquer neste domingo, 30, na rádio France-Info. Algumas salas de aula permanecerão fechadas, segundo ele, mas "o mínimo possível."

Um coletivo de médicos publicou um apelo no sábado dizendo que as medidas do governo contra o vírus nas escolas não são rigorosas o bastante. O grupo insistiu em requerimentos de uso de máscara por crianças dos seis anos em diante e por uma mistura de aulas presenciais e on-line.

O governo quer reabrir todas as escolas começando terça-feira, para reduzir os déficits de aprendizado, que foram aprofundados pelo lockdown. Outro objetivo é fazer com que os pais possam voltar ao trabalho, para retomar a economia.

A França reportou 5.453 novos casos de coronavírus no sábado, comparados com algumas centenas por dia em maio e junho. O serviço de saúde nacional diz que o crescimento é exponencial, e países vizinhos impuseram quarentenas ou passaram a testar pessoas que chegam vindas de partes da França.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Mercado agora

Ibovespa fecha em queda com descrença sobre possível recuo de ‘pedalada’

No exterior, expectativa em torno do primeiro debate entre os principais candidatos à presidência dos EUA inibiu apetite por risco

Fiador sem crédito

Investidores veem omissão de Guedes no Renda Cidadã e mostram cansaço com “Posto Ipiranga”

Agentes do mercado financeiro questionam voto de confiança no ministro da Economia como fiador da disciplina fiscal

recadinho

Relevância do cumprimento do teto no pós-crise será ainda maior, diz Tesouro

Tesouro Nacional reforçou o alerta de que é preciso acelerar as reformas para manter a confiança dos investidores e os juros baixos

impacto fiscal

Rombo nas contas do governo soma R$ 647,8 bilhões até agosto

O resultado, que reúne as contas do Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central, sucede o déficit de R$ 87,835 bilhões de julho

GIGANTE DEBILITADO

Membro do Fed projeta contração de 3% do PIB dos EUA em 2020

Presidente da distrital de Dallas também estima crescimento de 3,5% da economia em 2021

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements