Menu
2020-12-29T20:22:33-03:00
Agência Brasil
NÚMEROS DA PANDEMIA

Covid-19: Brasil registra 1,1 mil mortes e 58,7 mil casos em 24 horas

Última vez que número de óbitos diários ficou acima de 1 mil foi em 17 de dezembro; com isto, total de mortos alcançou 192.681

29 de dezembro de 2020
20:22
coronavírus
Rio de Janeiro, 11 de novembro de 2020. ONG Rio de Paz promove um manifesto na praia de Copacabana em memória às vitimas da covid-19 no país. - Imagem: Shutterstock

Autoridades de saúde registraram, nas últimas 24 horas, 1.111 novas mortes e 58.718 novos casos de covid-19 no Brasil. A última vez que o País havia batido os mil óbitos diários foi no dia 17 deste mês e, antes disso, em 30 de setembro.

As informações foram divulgadas pelo Ministério da Saúde nesta terça-feira (29), com atualização até às 16h30. O balanço reúne dados levantados pelas secretarias estaduais de saúde.

Com as novas mortes acrescidas às estatísticas, o total de óbitos em função da pandemia sobe para 192.681. Na segunda-feira (28), o sistema do Ministério da Saúde marcava 191.750 óbitos. Ainda há 2.508 falecimentos em investigação.

A soma de casos acumulados chegou a 7.563.551 com os novos diagnósticos registrados nas últimas 24 horas. Até segunda-feira, o painel de dados trazia 7.504.833 pessoas infectadas desde o início da pandemia.

Os dados do Ministério apontam também 723.332 casos ativos em acompanhamento por profissionais de saúde e 6.647.538 pessoas que já se recuperaram da doença.

Em geral, os registros de casos e mortes são menores aos domingos e segundas-feiras em razão da dificuldade de alimentação dos dados pelas secretarias de saúde aos fins de semana. Já às terças-feiras, os totais tendem a ser maiores pelo acúmulo das informações de fim de semana que são enviadas ao ministério.

Estados

No topo da lista de mortes por covid-19 estão os seguintes Estados: São Paulo (46.195), Rio de Janeiro (25.078), Minas Gerais (11.615), Ceará (9.963) e Pernambuco (9.612).

Já entre os últimos no ranking estão Roraima (773), Acre (791), Amapá (913), Tocantins (1.229) e Rondônia (1.785).

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

mudanças na estatal

Conselheiro recém-eleito da Petrobras renuncia

Marcelo Gasparino da Silva foi eleito no último dia 12; executivo indica medida como “irrevogável”

seu dinheiro na sua noite

B3 Fashion Week

A semana de moda da bolsa brasileira está pegando fogo! Flashes por todos os lados, comentários entusiasmados, queixos caídos a cada novo desfile. As grandes marcas não pouparam esforços para a coleção outono/inverno — e, como era de se esperar, um intenso burburinho toma conta dos bastidores. Essa sexta-feira foi particularmente animada, com a Renner […]

Moradia classe A

Pandemia, juros baixos e dólar caro: combo impulsiona o mercado de imóveis de luxo

Uma combinação que prejudicou boa parte das empresas brasileiras acabou beneficiando o segmento imobiliário de alto padrão

fechamento da semana

Brasília impede Ibovespa de decolar, mas saldo da semana ainda é positivo; dólar vai a R$ 5,58

No Brasil, o que garantiu um bom desempenho do Ibovespa foi a alta das commodities e a recuperação econômica de Estados Unidos e China.

em encontro com investidores

Arthur Lira sinaliza que Orçamento será resolvido ‘sem rupturas’

Presidente da Câmara mencionou ainda o posterior encaminhamento da reforma administrativa e ainda o início das discussões sobre a privatização da Eletrobras

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies