Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-12-07T18:42:46-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
reformulação

Projeto do Senado prevê substituir Bolsa Família por plano de redução da pobreza

Proposta prevê metas para redução da pobreza nos próximos três anos e verba extra para ações de transferência de renda

7 de dezembro de 2020
14:57 - atualizado às 18:42
Bolsa Família
Bolsa Família - Imagem: Shutterstock

A ausência de uma solução do governo para o fim do auxílio emergencial concedido à população vulnerável na pandemia, previsto para este mês, fez surgir no Senado um projeto que reformula os programas sociais do País, incluindo o Bolsa Família.

Chamada de Lei de Responsabilidade Social (LRS), ela prevê metas para a queda da taxa geral de pobreza nos próximos três anos e verba extra de recursos do Orçamento destinada às ações de transferência de renda aos mais pobres, alívio na flutuação de renda e estímulo à emancipação econômica.

"Estamos terminando o ano sem resolver a questão emergencial", disse o autor do projeto, senador Tasso Jereissati (PSDB-CE). Para ele, a sociedade está "madura" para aprovar essa lei.

A proposta foi apresentada ao líder do governo do Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE), e ao vice-presidente da Casa, Antônio Anastasia (PSD-MG), que tem presidido as sessões na ausência do presidente Davi Alcolumbre (DEM-AP). Segundo Jereissati, a recepção foi muito boa.

A expectativa é de indicação rápida do relator para começar os trabalhos, diante da urgência do problema com o fim do auxílio. Para Anastasia, o projeto é muito interessante. "É uma lei que tem possibilidade de avançar e tecnicamente muito bem feita por especialistas gabaritados", afirmou.

Qual é a proposta?

O projeto da LRS prevê três benefícios sociais para substituir o programa Bolsa Família:

  • o Benefício de Renda Mínima (BRM), com valor médio de R$ 230;
  • o Programa Poupança Seguro Família, que cria uma espécie de "FGTS" para os trabalhadores de baixa renda, incluindo informais, com depósitos mensais (R$ 39) vinculados a até 15% do valor declarado da renda, beneficiando quem ganha até R$ 780 por mês e;
  • a poupança Mais Educação, formada com depósitos de R$ 20 por estudante regularmente matriculado na rede de ensino, enquanto sua família estiver recebendo o BRM. A expectativa é que o estudante receba R$ 3.253, quando terminar o ensino médio.

Custos e fonte de recursos

A proposta prevê um custo inicial de R$ 46 bilhões, com financiamento dentro da regra do teto de gasto (que impede o crescimento das despesas acima da inflação).

Os gastos vão bancar R$ 36,6 bilhões do BRM, R$ 6,7 bilhões da Poupança Seguro Família e R$ 2,7 bilhões do programa Poupança mais Educação.

A previsão de recursos em 2021 do governo para o Bolsa Família é de R$ 34,8 bilhões. Pelo projeto, esse dinheiro iria para o novo programa, que prevê reforço também entre R$ 4 bilhões a R$ 6 bilhões com parte de remanejamento das emendas parlamentares, recursos vinculados ao Orçamento que deputados e senadores podem escolher onde alocar.

A proposta incluiu no texto mudanças nas regras do abono salarial, uma espécie de 14.º salário pago a quem ganha até dois mínimos, que pode garantir mais R$ 4 bilhões, além do direcionamento de parte dos recursos do Fundo Social do Pré-Sal para assistência social, com mais R$ 2,7 bilhões.

Próximos passos

Jereissati encampou proposta desenhada pelo Centro de Debates de Políticas Públicas (CDPP), com aperfeiçoamentos, entre elas a fixação de metas para a redução de pobreza e acionamento das medidas no caso de frustração das metas.

Ao longo desta semana, Jereissati vai intensificar a articulação com senadores do MDB, PSD e PP. Com consenso, diz, será possível aprovar em fevereiro. O senador também pretende procurar o ministro da Economia, Paulo Guedes.

*Com informações do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

FINAL DE ANO TURBINADO

Cosan (CSAN3) vai pagar R$ 700 milhões em dividendos e você tem apenas mais uma semana para garantir a bolada; entenda

O pagamento deverá cair na conta dos acionistas até o dia 28 de novembro; veja o que é preciso fazer para ter direito ao montante

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa emplaca mais um dia de alta, Brasil se destaca entre os países mais desiguais do mundo e surge uma nova estrela no mundo cripto; confira os principais destaques do dia

Depois de livrar o Ibovespa de muitos apuros no primeiro semestre e sustentar o índice no azul mesmo diante dos problemas político-fiscais e econômicos enfrentados pelo país, a alta histórica do minério de ferro se transformou em um movimento de queda livre. Não por acaso, nos últimos meses a bolsa brasileira renovou as mínimas do […]

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa aproveita alta das commodities e do mercado internacional para emplacar quarto pregão de alta; dólar recua mais de 1%

O alívio com a variante ômicron e a calmaria no noticiário político ajudam o Ibovespa a buscar recuperação na reta final de 2021

Oportunidade animal

Seu bichinho de estimação pode render na bolsa: Petz (PETZ3) vai acelerar aquisições após oferta de ações

Depois de colocar R$ 700 milhões no bolso, a empresa tem uma série de ativos sendo analisados, segundo o fundador e presidente da empresa, Sergio Zimerman

EXPORTAÇÕES MAIS CARAS

Gasolina mais barata? Projeto de lei quer estabilizar preço dos combustíveis; medida não assusta e ações da Petrobras (PETR4) sobem

Comissão de Assuntos Econômicos do Senado aprovou, nesta terça-feira, projeto de lei estabelecendo alíquotas mínimas para o imposto de exportação que incide sobre o petróleo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies