Menu
2020-12-16T08:17:33-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
Cursando jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
esquenta dos mercados

Exterior positivo pauta negócios em dia de agenda fraca e decisão do Fed

Números melhores que o esperado da economia europeia dão fôlego extra aos negócios. Após zerar as perdas do ano, o Ibovespa se aproxima do seu topo histórico

16 de dezembro de 2020
8:06 - atualizado às 8:17
Selo Mercados Touro Alta
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Depois de zerar as perdas do ano, o Ibovespa deve se apoiar no otimismo que chega do exterior para seguir se aproximando do seu topo histórico.

É que enquanto a agenda econômica brasileira está esvaziada nesta quarta-feira, lá fora o dia começa no azul e cheio de divulgações importantes. Mais cedo, números da economia europeia deram um fôlego extra aos negócios. Mais tarde, os investidores devem repercutir a decisão de política monetária do Federal Reserve, enquanto monitoram também a negociação do pacote fiscal americano.

Zerando o placar

Para muitos, reverter as perdas do auge da crise do coronavírus era algo inimaginável de ser feito ainda em 2020. Mas o Ibovespa conseguiu.

Após subir 1,3%, aos 116.150 pontos, na sessão de ontem, o principa índice acionário da bolsa brasileira reverteu a baixa do ano e agora acumula uma alta de 0,4% em 2020, se aproximando do seu topo histórico.

Mais uma vez, o bom desempenho do índice foi puxado pelas blue chips na bolsa - Ambev, Banco do Brasil, Itaú, Petrobras e Vale.

Em reação à ata da última reunião de política monetária do Copom, o dólar caiu 0,7%, a R$ 5,0889, também puxado pelo otimismo no exterior.

A vacina vem?

Enquanto lá fora a vacinação contra o coronavírus é sinal de alívio, no Brasil o assunto é motivo para impasse.

Segundo o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho, o presidente Jair Bolsonaro deve sancionar hoje uma medida provisória para o gasto de R$ 20 bilhões na compra de vacinas contra a covid-19. Enquanto Bolsonaro quer que a população assine um termo de responsabilidade, ideia que Rodrigo Maia rejeita.

Foco no positivo

Hoje, o avanço do coronavírus pelo fundo fica em segundo plano, mesmo com a Alemanha e os Estados Unidos registrando um novo recorde de óbitos em 24 horas. Pelo menos agora pela manhã, a tendência é positiva, com o mercado preferindo focar nas novas chances de estímulos monetários e nos dados positivos da economia europeia.

O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto da maior economia do continente europeu, a Alemanha, subiu a 52,5 na leitura preliminar, bem acima do esperado pelos analistas. Na zona do euro, o índice foi a 49,8 em dezembro, também acima da expectativa do analistas.

Já a expectativa por estímulos monetários continuam vindo dos Estados Unidos, os investidores esperam que o pacote fiscal discutido no Congresso americano, de pelo menos US$ 980 bilhões, caminhe. As lideranças democratas e republicanas relatam terem avançado nas conversas.

Após a divulgação dos dados da economia europeia, as bolsas do velho continente passaram a exibir mais fôlego e operam em alta moderada. Nos Estados Unidos, os índices futuros em Wall Street exibem sinais semelhantes.

Durante a madrugada, as bolsas asiáticas seguiram o mesmo padrão de comportamento, fechando majoritariamente em alta.

Agenda

Nesta quarta-feira (16), o Federal Reserve divulga a sua decisão de política monetária (16h). Logo em seguida, o presidente da instituição, Jerome Powell, concederá coletiva. A expectativa é que a instituição mantenha a taxa de juros nas mínimas - na faixa entre 0% e 0,25% ao ano -, mas indique mudanças futuras no seu programa de estímulos. Nos Estados Unidos, as vendas no varejo também são destaque (10h30), além do PMI composto de dezembro (11h45).

No Brasil, os investidores monitoram a divulgação do monitor do PIB de outubro (10h15) e a paticipação do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, (14h) e do ministro da Economia, Paulo Guedes, (12h30) em eventos.

Fique de olho

  • A Engie fará pagamento de dividendos de R$ 0,6795 por ação e de JCP de R$ 0,2144.
  • A Petro Rio aprovou a contratação de assessores para oferta de ações no valor de US$ 250 milhões. Os recursos do follow on serão utilizados em ativos próprios e novos negócios.
  • As Lojas Renner farão pagamento de JCP no valor de R$ 60,75 milhões.
  • A Suzano fará investimentos no valor de R$ 4,9 bilhões em 2021.
  • A Weg fará pagamento de juros sobre capital próprio no valor de R$ 0,0368 por ação.
  • A Neogrid precificou as suas ações abaixo do piso da oferta
  • A Totvs fará pagamento de JCP no valor de R$ 0,10 por papel.
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Mais uma opção

Empresa protocola na Anvisa pedido para uso emergencial da Sputnik V

Neste domingo, Anvisa se reunirá para tratar de pedidos para uso de vacinas CoronaVac e a da AstraZeneca/Oxford

Seguro obrigatório

Pagamento de indenizações do DPVAT passa a ser feito pela Caixa

Banco agora é o responsável pela gestão dos recursos do seguro e pelo pagamento das indenizações. A medida começa a valer a partir desta segunda-feira

Sinal verde

Bolsonaro não deve mais barrar a Huawei no leilão do 5G no Brasil

Segundo fontes do Palácio do Planalto e do setor de telecomunicações, o banimento da empresa chinesa provocaria um custo bilionário com a troca dos equipamentos

Impasse

Guedes monta operação ‘apara arestas’ para manter Brandão à frente do Banco do Brasil

Por enquanto, o presidente do BB está no “limbo” na avaliação de funcionários do próprio banco, sem uma manifestação pública do presidente e de Guedes

IPO

Espaçolaser pode arrecadar até R$ 3 bilhões em estreia na B3

Maior rede de clínicas de depilação do País lançou ontem sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês)

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies