Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-12-16T08:17:33-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
esquenta dos mercados

Exterior positivo pauta negócios em dia de agenda fraca e decisão do Fed

Números melhores que o esperado da economia europeia dão fôlego extra aos negócios. Após zerar as perdas do ano, o Ibovespa se aproxima do seu topo histórico

16 de dezembro de 2020
8:06 - atualizado às 8:17
Selo Mercados Touro Alta
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Depois de zerar as perdas do ano, o Ibovespa deve se apoiar no otimismo que chega do exterior para seguir se aproximando do seu topo histórico.

É que enquanto a agenda econômica brasileira está esvaziada nesta quarta-feira, lá fora o dia começa no azul e cheio de divulgações importantes. Mais cedo, números da economia europeia deram um fôlego extra aos negócios. Mais tarde, os investidores devem repercutir a decisão de política monetária do Federal Reserve, enquanto monitoram também a negociação do pacote fiscal americano.

Zerando o placar

Para muitos, reverter as perdas do auge da crise do coronavírus era algo inimaginável de ser feito ainda em 2020. Mas o Ibovespa conseguiu.

Após subir 1,3%, aos 116.150 pontos, na sessão de ontem, o principa índice acionário da bolsa brasileira reverteu a baixa do ano e agora acumula uma alta de 0,4% em 2020, se aproximando do seu topo histórico.

Mais uma vez, o bom desempenho do índice foi puxado pelas blue chips na bolsa - Ambev, Banco do Brasil, Itaú, Petrobras e Vale.

Em reação à ata da última reunião de política monetária do Copom, o dólar caiu 0,7%, a R$ 5,0889, também puxado pelo otimismo no exterior.

A vacina vem?

Enquanto lá fora a vacinação contra o coronavírus é sinal de alívio, no Brasil o assunto é motivo para impasse.

Segundo o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho, o presidente Jair Bolsonaro deve sancionar hoje uma medida provisória para o gasto de R$ 20 bilhões na compra de vacinas contra a covid-19. Enquanto Bolsonaro quer que a população assine um termo de responsabilidade, ideia que Rodrigo Maia rejeita.

Foco no positivo

Hoje, o avanço do coronavírus pelo fundo fica em segundo plano, mesmo com a Alemanha e os Estados Unidos registrando um novo recorde de óbitos em 24 horas. Pelo menos agora pela manhã, a tendência é positiva, com o mercado preferindo focar nas novas chances de estímulos monetários e nos dados positivos da economia europeia.

O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto da maior economia do continente europeu, a Alemanha, subiu a 52,5 na leitura preliminar, bem acima do esperado pelos analistas. Na zona do euro, o índice foi a 49,8 em dezembro, também acima da expectativa do analistas.

Já a expectativa por estímulos monetários continuam vindo dos Estados Unidos, os investidores esperam que o pacote fiscal discutido no Congresso americano, de pelo menos US$ 980 bilhões, caminhe. As lideranças democratas e republicanas relatam terem avançado nas conversas.

Após a divulgação dos dados da economia europeia, as bolsas do velho continente passaram a exibir mais fôlego e operam em alta moderada. Nos Estados Unidos, os índices futuros em Wall Street exibem sinais semelhantes.

Durante a madrugada, as bolsas asiáticas seguiram o mesmo padrão de comportamento, fechando majoritariamente em alta.

Agenda

Nesta quarta-feira (16), o Federal Reserve divulga a sua decisão de política monetária (16h). Logo em seguida, o presidente da instituição, Jerome Powell, concederá coletiva. A expectativa é que a instituição mantenha a taxa de juros nas mínimas - na faixa entre 0% e 0,25% ao ano -, mas indique mudanças futuras no seu programa de estímulos. Nos Estados Unidos, as vendas no varejo também são destaque (10h30), além do PMI composto de dezembro (11h45).

No Brasil, os investidores monitoram a divulgação do monitor do PIB de outubro (10h15) e a paticipação do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, (14h) e do ministro da Economia, Paulo Guedes, (12h30) em eventos.

Fique de olho

  • A Engie fará pagamento de dividendos de R$ 0,6795 por ação e de JCP de R$ 0,2144.
  • A Petro Rio aprovou a contratação de assessores para oferta de ações no valor de US$ 250 milhões. Os recursos do follow on serão utilizados em ativos próprios e novos negócios.
  • As Lojas Renner farão pagamento de JCP no valor de R$ 60,75 milhões.
  • A Suzano fará investimentos no valor de R$ 4,9 bilhões em 2021.
  • A Weg fará pagamento de juros sobre capital próprio no valor de R$ 0,0368 por ação.
  • A Neogrid precificou as suas ações abaixo do piso da oferta
  • A Totvs fará pagamento de JCP no valor de R$ 0,10 por papel.
Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Coluna do jojo

Mercados hoje: Em terra de Copom, quem sobe os juros é rei

Para hoje, além da continuidade da temporada de resultados com pesos pesados – por aqui, esperamos nomes como Gerdau, Banco do Brasil e Petrobras –, mais pesquisas de opinião sobre o sentimento empresarial estão por vir

O melhor do seu dinheiro

O que mexe com seu dinheiro: bolão do Copom na bolsa, novo fundo da Inter, IPO da Raízen e mais

Bem, amigos do Seu Dinheiro. Hoje é dia de decisão! Com o desfalque do diretor Bruno Serra, que testou positivo para a covid-19, o Banco Central entra em campo nesta quarta-feira para definir a taxa básica de juros (Selic). Haja coração! As reuniões do Comitê de Política Monetária (Copom) são para a imprensa econômica o […]

Cliente difícil

Barrada na alfândega: Carne de unidade da BRF não é mais bem vinda na China

País asiático suspende compra de produtos suínos e de aves processados na unidade de Lucas do Rio Verde (MT), alegando problemas no transporte

Esquenta dos Mercados

Pré-mercado: cautela antes da decisão do Copom e risco fiscal devem dividir atenção com balanços do dia

Em meio ao exterior positivo, bolsa brasileira deve lidar com cenário interno de incertezas quanto ao teto de gastos

Preparar para decolagem

Renovação total: Gol faz acordo para adquirir aviões novos; veja os detahes

Presidente da companhia aérea afirma que movimento é uma antecipação à esperada retomada da demanda por viagens após a pandemia

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies