Menu
2020-03-16T08:02:29-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
em queda

Índices futuros de Nova York batem limite de baixa após Fed zerar taxas de juros dos EUA

Embora cortes de juros geralmente animem os investidores, não foi isso que aconteceu, mais uma vez.

15 de março de 2020
20:22 - atualizado às 8:02
queda bolsa mercados
Imagem: Shutterstock

Os índices futuros das bolsas de Nova York bateram limite de baixa na noite deste domingo (15) após o Federal Reserve (Fed), o banco central americano, zerar as taxas de juros dos Estados Unidos em decisão extraordinária.

Pouco depois do corte-surpresa - de 1,00% a 1,25% para zero a 0,25% ao ano - o S&P 500 e o Nasdaq Composite futuros bateram o limite de queda de 5%. Os indicadores podem negociar acima, mas não abaixo desse ponto, até que o mercado à vista abra amanhã às 9h30, horário local.

Nesta manhã, por volta das 8h, os índices futuros seguiam em forte queda em Nova York, com quedas superiores a 4%.

A redução de juros pelo Fed foi uma resposta ao impacto negativo esperado na economia pelo avanço do coronavírus no mundo, incluindo nos Estados Unidos. Embora cortes de juros geralmente animem os investidores, o mercado, mais uma vez, não reagiu positivamente, assim como no último corte extraordinário do Fed.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Pesquisa da FGV

Presente mais caro: inflação do Dia das Mães é a maior dos últimos quatro anos

Levantamento da FGV mostra que a inflação no Dia das Mães é a maior desde 2017; eletrodomésticos e passagens aéreas tiveram maiores saltos

Expansão

SPX Capital assume operações do Carlyle no país

As operações do Carlyle no Brasil serão absrovidas pela SPX Capital. Com isso, a gestora de Rogério Xavier se expande em private equity

ESTRADA DO FUTURO

Um pé no abismo e outro na casca de banana: como identificar ações de empresas decadentes

Excesso de otimismo, planos mirabolantes e desprezo pela inovação estão entre as receitas para uma empresa falhar, segundo o gestor que se dedicou a descobrir empresas terríveis

Novo competidor

Grupo catarinense que fatura R$ 8,8 bi vai abrir 1º atacarejo no estado de SP

O Grupo Pereira vai abrir uma unidade da Fort Atacadista, sua bandeira de atacarejo, na cidade de Jundiaí; forte competição em SP é desafio

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies