Menu
2020-05-08T16:02:21-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
mercados agora

Com trégua entre China e EUA, Ibovespa tenta recuperar os 80 mil pontos; dólar cai a R$ 5,74

Países prometem diálogo dias após Trump culpar os chineses pelo avanço do coronavírus; Ibovespa e dólar também monitoram outros desdobramentos da pandemia

8 de maio de 2020
10:04 - atualizado às 16:02
Selo Mercados AGORA Ibovespa dólar
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Após duas perdas consecutivas, o Ibovespa ensaia uma recuperação nesta sexta-feira (8) e tenta retomar o nível dos 80 mil pontos. E essa tranquilidade também é vista no câmbio: o dólar à vista, que disparou ao longo da semana, dá sinais de alívio.

Por volta de 16h00, o Ibovespa subia 2,55%, aos 80.109,36 pontos, depois de tocar os 80.315,07 pontos na máxima (+2,81%). Com isso, a bolsa brasileira fica em linha com o exterior: nos EUA, o dia é de ganhos no Dow Jones (+1,51%), no S&P 500 (+1,46%) e no Nasdaq (+1,39%) — as praças da Europa fecharam em alta.

E, no mercado de câmbio, a escalada do dólar à vista rumo aos R$ 6,00 finalmente tem uma pausa: a moeda americana recuava 1,63% no mesmo horário, a R$ 5,7458, interrompendo a sequencia de cinco altas seguidas.

  • O podcast Touros e Ursos desta sexta-feira já está no ar! Os repórteres Victor Aguiar e Vinícius Pinheiro falaram sobre os principais temas do mercado nesta semana:

Todo esse alívio global é desencadeado pelos sinais mais animadores nas relações entre Estados Unidos e China. Segundo a agência de notícias estatal chinesa Xinhua, negociadores de ambos os países prometeram criar condições favoráveis para a fase 1 do acordo comercial.

A tensão entre as potências voltou a preocupar os investidores no último final de semana, quando Donald Trump culpou os chineses pelo avanço do novo coronavírus e ameaçou tarifar o país.

Os indícios de pacificação na relação entre americanos e chineses se sobrepõem, inclusive, aos dados ruins do mercado de trabalho nos EUA, com o corte de 20,5 milhões de postos em abril. O desemprego saltou de 4,4% para 14,7%, o maior nível desde 1929.

No Brasil, os dados macroeconômicos de hoje são de inflação e produção de veículos. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em abril o país registrou deflação de 0,31% por causa da crise do novo coronavírus - a maior em 22 anos. Já a produção de veículos caiu 99% em abril e teve o pior mês desde 1957, segundo a Anfavea.

A projeção para a inflação é um dos fatores levados em conta para o Banco Central mexer na taxa básica de juros. Nesta semana, a autoridade monetária cortou a Selic para 3% ao ano - o que influenciou no dia seguinte a cotação do dólar. Com pouca diferença entre as taxas brasileiras e americanas, a tendência é o que país tenha uma maior saída da moeda.

No âmbito doméstico, o mercado segue ainda na expectativa de que o presidente Jair Bolsonaro vete a lista de servidores públicos que ficariam de fora do congelamento de salários no projeto de auxílios aos Estados e municípios. A promessa foi realizada ontem pelo chefe do Executivo.

O projeto de socorro foi idealizado para que Estados e municípios compensem a queda de arrecadação por causa da crise do novo coronavírus. É motivo de conflito entre os prefeitos, governadores e o presidente - e segue monitorado pelos investidores.

Top 5

Veja abaixo os cinco papéis de melhor desempenho do Ibovespa nesta sexta-feira:

CÓDIGONOMEPREÇO (R$)VARIAÇÃO
SANB11Santander Brasil units24,61 +5,32%
UGPA3Ultrapar ON13,96 +4,96%
PETR3Petrobras ON19,19 +4,86%
PETR4Petrobras PN18,27 +4,76%
CIEL3Cielo ON3,77 +4,72%

Confira também as cinco maiores baixas do índice:

CÓDIGONOMEPREÇO (R$)VARIAÇÃO
VVAR3Via Varejo ON8,94 -8,21%
QUAL3Qualicorp ON22,75 -3,40%
HAPV3Hapvida ON51,47 -3,36%
MGLU3Magazine Luiza ON55,25 -2,71%
MRFG3Marfrig ON13,26 -2,64%
Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Dados atualizados

Mortes por coronavírus no Brasil vão a 34.973; infectados são 643.766

Na quinta-feira, havia 34.021 mortes registradas, segundo o Ministério da Saúde. O balanço diário totalizava 614.941 infectados

Números da pandemia

‘Acabou matéria no Jornal Nacional’, diz Bolsonaro sobre atraso em dados do coronavírus

Questionado sobre o terceiro dia com atraso seguido na divulgação de mortos e infectados pela covid-19 pelo Ministério da Saúde, o presidente Jair Bolsonaro afirmou, nesta sexta-feira, 5, que “acabou matéria no Jornal Nacional”, telejornal da TV Globo

seu dinheiro na sua noite

A crise do coronavírus vai ser uma marolinha?

Em 2008, ao ser questionado sobre a crise financeira, o ex-presidente Lula disse que o tsunami sobre a economia global chegaria ao Brasil como uma “marolinha”. O resultado você e eu conhecemos. Pois bem, com a rápida recuperação dos mercados nas últimas semanas já vejo muita gente resgatar a tese da marolinha. Na nova versão, […]

Marcelo Guaranys

Ninguém voltará para fila do Bolsa Família após fim do auxílio emergencial, diz secretário

Depois de o governo transferir quase R$ 84 milhões do Bolsa Família para publicidade institucional, secretários do Ministério da Economia disseram que o programa está com a fila zerada

Isso é que é alívio

Dólar despenca 6,52% na semana e fica abaixo de R$ 5,00; Ibovespa dispara mais de 8%

O dólar à vista terminou a semana a R$ 4,99, indo ao menor nível desde 26 de março, enquanto o Ibovespa cravou a sexta alta seguida e voltou ao patamar de 94 mil pontos. Entenda o que motivou toda essa onda de otimismo nos mercados

Secretário especial da fazenda

Bolsa Família não foi prejudicado com transferência de recurso à Secom, diz Waldery

Ele lembrou que o governo decidiu prorrogar o auxílio emergencial por duas parcelas “em princípio” e que, depois da medida provisória que previa o pagamento permanente do 13º para o Bolsa Família caducar, o governo analisará o espaço orçamentário para esse medida neste ano

Efeito coronavírus

Varejo de SP tem perdas de R$ 16 bilhões durante quarentena, diz Fecomercio

O cálculo é da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), levando em consideração 72 dias de quarentena até ontem

Menos frequência, mais gasto

Redes de supermercados e atacarejos faturam 12,5% a mais em maio

Os dados são de um levantamento da GS Ciência do Consumo, empresa de inteligência analítica e soluções de tecnologia para indústria e varejo

YDUQ3 salta 10% na bolsa

BTG mantém-se neutro sobre Yduqs, mas vê ‘gatilho valioso’ após aquisição de R$ 120 milhões

Yduqs salta mais de 10% no Ibovespa; para BTG, o fraco ímpeto de lucros da companhia e a falta de catalisadores ainda justificam a cautela na recomendação

Dono da Warner Music

Len Blavatnik: o bilionário que apostou na indústria fonográfica e se tornou um dos homens mais ricos do mundo

Com o bem-sucedido IPO da Warner Music, na Nasdaq, Blavatnik, que apostou na empresa quando a indústria fonográfica desmoronava, saltou quase 20 posições na lista dos mais ricos do mundo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements