Menu
2020-01-22T18:56:02-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa e UBS Escola de Negócios. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência CMA, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico.
Altas e baixas

Eletrobras, siderúrgicas, Marfrig, JBS e Klabin: os destaques do Ibovespa nesta quarta-feira

As ações da Eletrobras reagiram positivamente à recomendação de compra pelo Itaú BBA. Siderúrgicas e Klabin também subiram, enquanto Marfrig e JBS caíram

22 de janeiro de 2020
15:40 - atualizado às 18:56
Eletrobras
Imagem: Shutterstock

O noticário corporativo foi intenso nesta quarta-feira (22), provocando reações em diversos papéis do Ibovespa. Enquanto as ações das siderúrgicas, da Eletrobras e da Klabin tiveram altas firmes, os papéis da Marfrig e da JBS fecharam em queda.

As ações ON da Eletrobras (ELET3) avançaram 5,59%, a R$ 41,78, aparecendo entre as maiores altas do índice. O Itaú BBA reiniciou a cobertura para os papéis com recomendação 'outperform' (desempenho acima da média) e preço-alvo de R$ 56 para o fim do ano.

Em relatório, a equipe liderada pelo analista Marcelo Sá aponta um "balanço muito atrativo" entre o risco e o retorno, com grande potencial de ganho caso a estatal seja privatizada. Por outro lado, caso o governo federal desista da venda da companhia, a instituição diz ver pouco espaço para uma desvalorização dos papéis.

Apesar de o relatório do Itaú BBA tratar especificamente das ações ON, os papéis PNB da Eletrobras (ELET6) também reagiram positivamente, terminando em alta de 4,28%.

Usiminas e CSN no alto

Mas se os papéis ON da Eletrobras foram bem, as ações de duas siderúrgicas foram ainda melhor: Usiminas PNA (USIM5), com ganho de 13,93%, e CSN ON (CSNA3), com alta de 6,96%.

As valorizações expressivas desses ativos se devem às notícias referentes a mais um aumento de 10% nos preços dos aços planos para a rede de distribuição local, com início em março — a Usiminas está a frente desse movimento, mas, segundo o Valor Econômico, a CSN seguirá o mesmo caminho.

Vale lembrar que as siderúrgicas já elevaram o valor dos aços planos em 10% em janeiro. Considerando o ambiente mais benéfico para a precificação dos produtos, o Bradesco BBI elegeu a Usiminas como a 'top pick' do setor na América Latina.

Klabin fecha parceria

Ainda no campo positivo, destaque para as units da Klabin (KLBN11), em alta de 5,2%. Nesta manhã, a companhia fechou uma parceria com uma Timber Investment Management Organization (TIMO) para explorar atividades florestais no estado do Paraná, numa área que engloba 27 mil hectares.

Também no setor de papel e celulose, Suzano ON (SUZB3) aporveitou o embalo e avançou 5,04%

Preocupação nos frigoríficos

Na ponta negativa do Ibovespa, destaque para Marfrig ON (MRFG3), em baixa de 2,49%, e JBS ON (JBSS3), com perda de 0,13%. Segundo o Valor Econômico, a China renegociou contratos de importação de carne bovina brasileira, pressionando as margens de ganho das empresas.

Top 5

Veja os cinco papéis de melhor desempenho do Ibovespa nesta quarta-feira:

  • Usiminas PNA (USIM5): +13,93%
  • CSN ON (CSNA3): +6,96%
  • B3 ON (B3SA3): +6,26%
  • Eletrobras ON (ELET3): +5,59%
  • Klabin units (KLBN11): +5,29%

Confira também as maiores quedas do índice no momento:

  • Hypera ON (HYPE3): -2,49%
  • Marfrig ON (MRFG3): -2,02%
  • Lojas Americanas PN (LAME4): -1,69%
  • Cemig PN (CMIG4): -1,12%
  • Petrobras PN (PETR4): -1,11%
Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

ESTRATÉGIA DE INVESTIMENTO

‘Estamos em um mundo caro. Não dá mais para comprar ações aleatoriamente’, diz sócio da Geo Capital

Para Gustavo Aranha, a recente queda no preço das ações provocada pelo surto de coronavírus abre oportunidades para comprar ações de boas companhias no exterior que antes estavam caras.

OLHO NO VÍRUS

Coronavírus está contido em solo americano sem impactos na cadeia produtiva

O assessor da Casa Branca também disse que não vê nenhum movimento do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) para cortes de juros em uma resposta ao “pânico” do coronavírus

MERCADOS HOJE

Bolsas europeias terminam mais um dia em queda acentuada, de olho no coronavírus

Outro que registrou perdas foi o índice acionário italiano, mas em menor grau. Após registrar a maior contração entre as bolsas ontem, o índice da Itália (FTSE-MIB) recuou 1,44% e fechou em 23.090,44 pontos nesta terça-feira

AVIAÇÃO

‘Portugal pode ajudar na venda do C-390’, diz ministro da Defesa do país

O governo de Portugal é sócio da Embraer na OGMA, de manutenção de aeronaves, com uma participação de 35%

CORONAVÍRUS

EUA pedem que Congresso autorize gasto de US$ 2,5 bilhões para conter coronavírus

Os Estados Unidos confirmaram 14 casos de infecção pelo coronavírus em sete Estados diferentes, mas não relataram mortes

ENERGIA

País tem ‘folga’ de energia pelo menos até 2024

“Temos uma folga estrutural, pois tivemos um aumento de capacidade instalada sem a contrapartida de aumento de consumo”, diz Cristopher Vlavianos

ESTÍMULO PARA AS EMPRESAS

China anuncia medidas para ampliar crédito a empresas atingidas pelo coronavírus

Em reunião presidida pelo primeiro-ministro Li Keqiang, o conselho disse que aumentará em 500 bilhões de yuans (US$ 71,2 bilhões) a cota de refinanciamento para empréstimos de bancos a pequenas empresas e fazendeiros

EM BUSCA DE PROTEÇÃO

Temor global com coronavírus faz ouro alcançar maior cotação desde 2013

Apenas neste ano, o ETF acumula alta de 8,25%. A razão para a valorização é uma só: ele é considerado porto seguro de quem investe quando o cenário externo parece mais incerto

JUROS

Crescem apostas do mercado de que FED pode cortar juros nas próximas reuniões

Dados do CME Group mostram que os investidores enxergam 18,8% de chance de um novo corte de juros de 0,25 ponto porcentual na reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) de março

CRIPTOMOEDAS

Buffett volta a dizer que “criptomoedas não têm valor e que nunca terá uma”

Apesar de não gostar muito das moedas digitais, o bitcoin não vem fazendo feio. Nos últimos 12 meses, a criptomoeda acumula valorização de 191,50%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements