Menu
2020-01-22T19:00:29-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa e UBS Escola de Negócios. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência CMA, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico.
Ações disparam

Top pick: para o Bradesco BBI, a Usiminas é a melhor opção no setor de siderurgia

A possibilidade de um novo aumento no preço dos aços planos para a rede doméstica elevou o otimismo do Bradesco BBI em relação à Usiminas

22 de janeiro de 2020
12:13 - atualizado às 19:00
Indústria siderúrgica, como CSN, Gerdau ou Usiminas, produzindo aço
Imagem: Shutterstock

O Bradesco BBI tem uma nova queridinha no setor de siderurgia da América Latina: a Usiminas. E tudo por causa da dinâmica mais favorável dos preços do aço no mercado doméstico.

  • CONVITE ESPECIAL: você não precisa esperar décadas de trabalho para se aposentar. Veja como desfrutar da sua liberdade financeira ainda jovem. Saiba mais

Notícias quanto a uma nova rodada de aumento nos valores dos aços planos estão circulando no mercado desde a tarde de ontem, e a Usiminas é a empresa que estaria a frente desse movimento, subindo os preços em 10% a partir de março.

Com essa nova correção no valor dos aços planos, o Bradesco BBI agora coloca as ações PNA da Usiminas (USIM5) como 'top pick' do setor, substituindo Gerdau PN (GGBR4) no topo da tabela. E as ações das companhias do segmento reagiram fortemente nesta quarta-feira.

Os papéis da Usiminas dispararam 13,93%, a R$ 10,88 , apresentando o melhor desempenho do Ibovespa, enquanto as ações da Gerdau subiram "apenas" 1,24%. CSN ON (CSNA3) também foi bem: avançou 6,96% — o Valor Econômico noticiou que a empresa também pretende aumentar os preços do aço em março.

Tendência positiva

Essa seria a segunda elevação apenas em 2020, já que, em janeiro, as siderúrgicas já anunciaram uma alta na mesma magnitude para os aços planos. E, segundo o Bradesco BBI, há boas chances desse novo aumento ser absorvido pelo mercado.

"Mesmo considerando a elevação de 10% em janeiro, ainda vemos o mercado doméstico com 4% de desconto em relação ao material importado", escrevem os analistas Thiago Lofiego e Isabella Vasconcelos. "Ao todo, vemos boas chances de uma alta combinada de 15% para os distribuidores até o fim de março".

No início do ano, o Bradesco BBI já havia elevado a recomendação dos papéis PNA da Usiminas (USIM5), de neutro para 'outperform' (desempenho acima da média), estabelecendo preço-alvo de R$ 13,00 — na ocasião, o banco citou a perspectiva de recuperação no volume e nos preços do aço em 2020. A segunda parte da equação, assim, já se concretizou.

"Apesar de continuarmos gostando da Gerdau, vemos a Usiminas sendo negociada com um múltiplo de seis vezes o EV/Ebitda em 2020, o que representa um desconto de 20% em relação à Gerdau", escrevem os analistas. "Também achamos que as ações da Usiminas estão subalocadas e esperamos alguma rotação nas carteiras no curto prazo.

O Bradesco BBI possui recomendação 'outperform' para as ações da Gerdau, com preço-alvo em R$ 25,00, e classificação neutra para os papéis da CSN, com preço-alvo em R$ 17,00.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

JURO BAIXO E PANDEMIA

O alinhamento dos astros está favorável para os investimentos em imóveis

Pandemia aumentou desejo por imóveis maiores e com escritório; juro baixo estimula segmento.

foco no nordeste

Desenvolvimento Regional autoriza R$ 30,7 milhões para saneamento em 17 Estados

Segundo a pasta, a maior fatia dos recursos foi destinada ao Nordeste (R$ 15,8 milhões), seguida pela região Norte (R$ 6,5 milhões)

caso das rachadinhas

Presidente do STJ decide colocar Queiroz em prisão domiciliar

O caso tramita sob segredo de Justiça. Preso desde 18 de junho, Queiroz é apontado como operador de um suposto esquema de “rachadinhas” – apropriação de salários de funcionários – no antigo gabinete do senador Flávio Bolsonaro

O dia dos mercados

Com cautela em NY, bolsa fecha em queda de 0,6% após voltar aos 100 mil pontos; dólar recua

Em sessão de volatilidade, bolsa retorna ao patamar de 100 mil, mas não consegue manter fôlego com cautela em bolsas americanas. Dólar tem leve queda e se aproxima de R$ 5,30

ALÉM DE MORTOS E FERIDOS...

Os ‘falidos’ do coronavírus: veja as empresas que quebraram na pandemia

Companhias aéreas foram as primeiras a sentir o baque, seguidas por empresas que dependem também do turismo ou de viagens corporativas. Varejistas com fraca presença no e-commerce também sofreram com a ausência de clientes.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements