Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-11-05T16:19:10-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Balanço agradou

Credit Suisse eleva recomendação da Ultrapar de neutra para ‘outperform’; ação dispara

Analista considera que papel teve performance abaixo da média do mercado nas últimas semanas, abrindo espaço para valorização. Resultados trimestrais da Ultrapar também agradaram.

5 de novembro de 2020
11:40 - atualizado às 16:19
Foto de um posto de combustíveis da rede Ipiranga, pertencente à Ultrapar (UGPA3)
Vista parcial do Posto Ipiranga, localizado na Avenida Sapopemba. - Imagem: Estadão Conteúdo/Vivi Zanatta

O Credit Suisse elevou a recomendação das ações da Ultrapar (UGPA3) de neutro para "outperform" ("acima da média do mercado"), mas manteve intacto o preço-alvo do papel em R$ 23.

Em relatório, o analista Regis Cardoso diz que os papéis da companhia tiveram performance inferior à do mercado nas últimas semanas, o que acabou resultando em um potencial de alta de 35% em relação ao fechamento de ontem (04).

Nesta quinta (05), as ações da Ultrapar (UGPA3) avançam mais de de 10%, após a divulgação do balanço do terceiro trimestre na noite de ontem. Acompanhe a nossa cobertura completa de mercados.

A ação se mostra com um múltiplo atrativo, sendo negociada a 15 vezes o preço sobre o lucro projetado para 2021, diz o relatório. "Finalmente, acreditamos que o momentum operacional melhorou com a surpresa positiva nos resultados do terceiro trimestre de 2020", diz o texto.

O Credit está otimista com o espaço para o aumento na distribuição de combustível, dada a aparente desconexão entre a baixa performance do setor e os impactos relativamente limitados da pandemia.

"No entanto, riscos significativos permanecem no horizonte, incluindo uma potencial segunda onda, pressão da concorrência sobre as margens e a transição, no longo prazo, na matriz energética dos transportes. No caso da Ultrapar, a execução do turnaround operacional também é um risco chave", diz o relatório.

Balanço agradou

O analista diz que os resultados da Ultrapar no terceiro trimestre, divulgados ontem, superaram suas estimativas, bem como o consenso do mercado. O crescimento de 8% do Ebitda ajustado na comparação anual, para R$ 1,025 milhão, "não é ruim dados os efeitos da pandemia de Covid-19", e veio 8% acima das estimativas do banco.

O relatório destaca ainda o lucro líquido de R$ 277 milhões (2% acima das estimativas do banco) e a redução de R$ 302 milhões na dívida líquida em relação ao trimestre anterior, para cerca de R$ 10,8 bilhões. A alavancagem ficou em 3,1 vezes a relação dívida líquida sobre Ebitda dos últimos 12 meses.

O Credit destaca também que o desempenho dos postos Ipiranga foi uma surpresa positiva. O Ebitda ajustado de R$ 553 milhões veio 10% acima das estimativas do banco, gerando uma margem de R$ 100/m³.

O analista alerta que os investidores devem ser cautelosos quanto a considerar os resultados do terceiro trimestre como um novo patamar que deve se manter daqui para frente. Por outro lado, os volumes ainda se encontram deprimidos pelos impactos da pandemia, lembra.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

o melhor do seu dinheiro

Economia mundial: Um drama em dois atos

Os dois principais palcos da economia mundial estão com peças bem distintas em cartaz, mas ambas têm roteiros carregados de dramas que convergem um ao outro. Na maior economia do mundo, o mercado de juros volta a ficar pressionado após alguns meses de quase estabilidade. As últimas indicações do Federal Reserve sobre o rumo da […]

ficou para depois

Com maior aversão ao risco, Bluefit confirma adiamento de IPO

Adiamento é valido por um período de até 60 dias úteis contados a partir de 24 de setembro; empresa citou “condições de volatilidade no mercado de capitais”

estatal do RS

Privatização da Corsan, com IPO na B3, terá assessoria do BNDES

Primeiro serviço prestado pelo banco deve ser o de fornecer metodologia para seleção das instituições financeiras que coordenarão a abertura de capital

diversificação

Westwing compra Zarpo Viagens, ampliando lifestyle

Empresa adquirida trabalha em parceria com hotéis, resorts, pousadas e companhias aéreas; valor da operação não foi revelado

FECHAMENTO DO DIA

China e Estados Unidos aumentam cautela dos mercados globais e Ibovespa amarga queda de 3%; dólar avança

Apesar deva Petrobras ter mais uma vez protagonizado atritos no cenário local, os maiores focos de cautela vieram do exterior, e o Ibovespa acompanhou o ritmo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies