Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-12-02T15:35:45-03:00
Felipe Saturnino
Felipe Saturnino
Graduado em Jornalismo pela USP, passou pelas redações de Bloomberg e Estadão.
mercados hoje

Ibovespa opera perto da estabilidade em meio à redução da queda em NY, apesar de Vale

Bolsas nos EUA diminuem mau humor após fala de Powell. Ações da Petrobras sobem com disparada do petróleo e juros futuros continuam a se descomprimir com menor percepção de risco fiscal, após notícia de que governo não deverá criar Renda Cidadã

2 de dezembro de 2020
11:00 - atualizado às 15:35
Petrobras
Imagem: Shutterstock

O principal índice acionário da bolsa brasileira conseguiu romper os 112 mil pontos em meio à redução da queda das bolsas em Wall Street e chegou a operar nos maiores níveis desde fevereiro, após registrar fortes ganhos na véspera.

Por volta das 15h30, o Ibovespa operava perto da estabilidade, em alta de 0,1%, aos 111.530 pontos, conduzido pela alta das ações da Petrobras, que sobem 2% com o petróleo, que avança no mercado internacional com relatos de que há desenvolvimento nas conversas de extensão de cortes de produção pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (Opep+).

O peso negativo de um peso-pesado na composição do índice, no entanto, limita o movimento. As ações da mineradora Vale estão entre maiores as quedas e caem 2%, após redução de projeção para produção de minério de ferro neste ano.

Lá fora, o clima ainda é levemente negativo após ganhos fortes auferidos recentemente, o que leva os índices à vista americanos recuarem, embora o S&P 500 .

O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), Jerome Powell, no entanto, aliviou o sentimento de risk-off em depoimento ao Senado americano. Há pouco, ele ressaltou que a autoridade manterá os juros baixos e ferramentas em funcionamento "até o perigo passar".

"Prioridade é apoiar até que tenhamos certeza de que não é mais preciso", disse Powell.

Na Europa, entre os principais índices acionários à vista, o FTSE 100, em Londres, avança fortemente, subindo 1,2%. No Reino Unido, o governo autorizou o uso emergencial da vacina da americana Pfizer e afirmou que a vacinação terá início na próxima semana.

O CAC 40, em Paris, tenta ficar no azul e tem ganhos leves, enquanto o DAX, em Frankfurt, opera em baixa de 0,5%.

O dólar, por sua vez, tem leve variação para cima, após ir ao menor patamar desde julho ontem.

A moeda agora opera em alta de 0,2%, para R$ 5,2384. Mais cedo, na mínima, chegou a cair até 0,4%, indo a R$ 5,20, enquanto, na máxima, avançou 0,5%, para R$ 5,2547.

Os juros futuros, por sua vez, voltam a tombar após sinais políticos animadores de ontem, com a marcação da votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para daqui a duas semanas.

Hoje, há um adicional: o jornal O Globo reportou que o presidente Jair Bolsonaro desistiu de criar o Renda Cidadã, que seria o programa de renda básica do governo, e que o Bolsa Família será retomado em janeiro ao término do auxílio emergencial.

Do ponto de vista da agenda doméstica, em outubro, de acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a produção industrial subiu 1,1% na base trimestre e +0,3% na comparação anual – abaixo do consenso (+1,4% e +1,1%, respectivamente).

"O setor industrial cresceu um pouco menos que o esperado, mas avançou um sólido 1,13% no comparativo mensal em outubro impulsionado pelo grande aumento na produção de bens de capital", escreve Alberto Ramos, economista-chefe para América Latina, do Goldman Sachs.

Ramos observa que, com o dado de outubro, a expansão da produção industrial de maio a outubro se recuperou de todas as perdas acentuadas registradas em março (-9,4% na comparação mensal) e abril (-19,5% na comparação mensal).

Os juros mais longos são o que mais caem. No miolo da curva, como no contrato de vencimento para janeiro/2023, as taxas operam nas mínimas intradiárias, caindo 15 pontos-base (ou 0,15 ponto percentual).

A descompressão reflete a redução da percepção do risco fiscal com o fim do auxílio emergencial e a volta ao Bolsa Família em 2021, sem a perspectiva de criação de um programa de renda básica do governo. Juros mais longos, como os para janeiro/2025, possuem queda de magnitude similar.

Por volta das 11h10, o Tesouro Nacional anunciou que fará nova emissão de títulos de dívida externa para se aproveitar do bom humor dos mercados financeiros globais. A última vez que o governo brasileiro captou recursos no mercado internacional havia ocorrido em junho.

Confira as taxas para os principais vencimentos agora:

  • Janeiro/2021: de 1,920% para 1,912%
  • Janeiro/2022: de 3,12% para 3,00%
  • Janeiro/2023: de 4,76% para 4,61%
  • Janeiro/2025: de 6,51% para 6,36%
Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Entrevista

Um dos maiores gestores de fundos imobiliários do mercado avisa: os shoppings estão baratos e o investidor ainda não percebeu

CEO da HSI, que tem R$ 11 bilhões sob gestão, diz que os shoppings estão começando a apresentar resultados como os de antes da pandemia e vê demanda de residencial alto padrão ainda forte

Casamento legal

Cade mantém aprovação de compra de fatia da BRF (BRFS3) pela Marfrig (MRFG3)

A conselheira que havia pedido a reabertura da análise da operação mudou de posição e desistiu da reavaliação

SEGURADORA EM APUROS

Vítima de ataque cibernético, Porto Seguro (PSSA3) diz ter restabelecido canais após quase uma semana de instabilidade

Corretores ouvidos pela reportagem disseram que, nos últimos dias, os sistemas da seguradora apresentaram problemas

CRYPTO NEWS

Cotação do bitcoin (BTC) bate recorde histórico — o que fazer com a criptomoeda a partir de agora?

Depois de alguns meses sendo um investimento “ruim”, porque teve 50% de queda, o bitcoin volta a ganhar os holofotes do mercado e as manchetes da mídia especializada

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Auxílio Brasil, recorde do bitcoin, balanço da Tesla e produção da Vale: confira as principais notícias do dia

Com a temporada de balanços americana trazendo resultados animadores, o empurrãozinho em direção a um dia de ganhos poderia ter sido maior, mas não tem como negar que a grande pedra no sapato do investidor brasileiro é o novo programa social pretendido pelo governo federal. O saldo final do pregão de hoje foi positivo, mas […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies