Menu
2020-12-02T11:36:43-03:00
Felipe Saturnino
Felipe Saturnino
Graduado em Jornalismo pela USP, passou pelas redações de Bloomberg e Estadão.
emissão de títulos em dólares

Governo volta a captar recursos lá fora, em meio ao bom humor dos mercados

Tesouro Nacional informou que títulos serão emitidos no mercado global e o resultado será divulgado no fim do dia; última captação do governo lá fora havia sido em junho

2 de dezembro de 2020
11:36
Dólar
Imagem: Shutterstock

O Tesouro Nacional informou nesta quarta-feira (2) que concedeu mandato para nova emissão de títulos da dívida (bônus) em dólares no mercado internacional.

A ação demonstra que o governo quer se aproveitar da liquidez nos mercados financeiros, que têm surfado uma recuperação recentemente, para captar recursos também.

Segundo nota, serão realizadas reaberturas de títulos de dívida externa de 5 anos, com vencimento em 2025 (Global 2025); de 10 anos, com vencimento em 2030 (Global 2030); e de 30 anos, com vencimento em 2050 (Global 2050).

"O objetivo da operação é dar continuidade à estratégia do Tesouro Nacional de promover a liquidez da curva de juros soberana em dólar no mercado externo", diz o Tesouro, citando ainda que a ação proverá referência ao setor corporativo e antecipará o financiamento de vencimentos.

A operação será liderada pelos bancos Citibank, Santander e ScotiaBank, informa a instituição.

Os títulos serão emitidos no mercado global e o resultado será divulgado no fim do dia de hoje.

A notícia também importa, e muito, para o mundo corporativo.

Isto porque a emissão de títulos costuma pavimentar um caminho para que as empresas brasileiras façam o mesmo e emitam títulos lá fora. A última captação de recursos do governo em dólares lá fora havia sido em junho.

Na ocasião, em meio a uma situação semelhante do ponto de vista das condições de mercado — também favoráveis à época —, o Tesouro captou US$ 3,5 bilhões no exterior com títulos de dívida de 5 e 10 anos.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Negócio fechado

Petrobras assina venda de sua fatia de 50% no campo terrestre de Rabo Branco

O campo teve produção média em 2020 de 131 barris de petróleo por dia (bpd).

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

O Fundo Verde e a tragédia grega do Brasil

Ao despertar a fúria de Zeus por ter entregue o fogo do Olimpo aos mortais, Prometeu foi acorrentado e punido: durante o dia, uma águia devorava seu fígado; durante a noite, o órgão se regenerava — um ciclo de tormento eterno. Tragédias gregas, infelizmente, costumam ser úteis ao falarmos sobre o Brasil. Reformas econômicas demandam […]

FECHAMENTO

Commodities amenizam a queda da bolsa, mas exterior negativo e nova crise em Brasília falam mais alto

As commodities mais uma vez tentaram salvar a bolsa brasileira de um dia no vermelho, mas o exterior negativo e a cautela em Brasília falaram mais alto

Presidente otimista

EUA devem ter retomada econômica mais rápida em quase 40 anos, diz Biden

Segundo o democrata, o foco de seu governo se manterá em criar empregos e combater a pandemia de covid-19

Gestão na crise

Brasil vive uma espécie trágica de dia da marmota, diz Verde Asset

Navegar os mercados locais vem sendo uma odisseia extremamente complexa e nada indica que vai melhorar, diz a gestora de Luis Stuhlberger

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies