Menu
2019-12-09T18:50:58-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
Cursando jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
de olho no dólar

Fundo Verde vê medo do câmbio como infundado, mas zera posição vendida em dólar

Em novembro o fundo teve um retorno zerado e abaixo do CDI, que teve um desempenho de 0,38%. No acumulado do ano o Verde ainda tem um desempenho de 11,19%, acima dos 5,57% do índice de referência

9 de dezembro de 2019
11:37 - atualizado às 18:50
Luis Stuhlberger, gestor do fundo Verde
Luis Stuhlberger, gestor do fundo Verde - Imagem: Leo Martins

Em sua carta de gestão do mês de novembro, o Fundo Verde,
do lendário gestor Luis Stuhlberger, endereçou um dos assuntos mais comentados dos últimos 30 dias: a disparada do dólar e o temor que tomou conta do mercado de câmbio brasileiro.

No documento, o fundo caracteriza o disparo da moeda americana como "uma espécie de soma de todos os medos". Mas, para o fundo, a maioria desses temores seria infundada. Apesar de acreditar na reação exagerada do mercado, o fundo zerou a sua posição vendida em dólar.

No mês passado, a moeda americana teve uma forte alta de quase 6%, chegando a ultrapassar a barreira dos R$ 4,25.

Se por um lado o resultado do leilão da cessão onerosa realmente foi decepcionante, a revisão metodológica por parte do Banco Central na conta corrente foi justificada como um ajuste apenas contábil, que não tem real reflexo nos fluxos. "Na nossa visão, o mercado focou apenas no lado negativo da mudança, e a ampliação do fluxo de investimento direto não mereceu o mesmo destaque".

Os dados negativos da balança comercial, que se somaram ao temor em novembro, estavam errados. Para finalizar, a carta alivia o medo de que o país reflita as tensões político-sociais dos nossos vizinhos, já que para o Verde a retomada do crescimento econômico deve aliviar o sentimento no país.

Em novembro, o fundo teve retorno zero, ante um CDI de 0,38%. Mas, no acumulado do ano, o Verde ainda tem um desempenho de 11,19%, bem acima dos 5,57% do índice de referência.

Fonte: Verde Asset

A estratégia

Além de zerar a sua posição vendida em dólar, o fundo fez outras alterações em sua estratégia durante o mês, como a redução da posição em ações brasileiras (que se manteve em torno de 20% do portfólio no fim do mês) e a redução da posição tomada em inclinação da curva de juros nos Estados Unidos. A pequena posição em ações internacionais foi mantida, assim como a parte aplicada em juro real e a exposição comprada em libra.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Produtos de investimento

Na disputa com plataformas, Itaú lança fundo que segue carteira recomendada pelo banco

Fundo lançado há pouco mais de uma semana na rede já conta com R$ 500 milhões em patrimônio e permite que cliente invista em toda a carteira de recomendações em um único produto

Vítima da guerra das maquininhas

Lucro da Cielo cai pela metade em 2019 e despenca 68% no 4º trimestre

A estratégia deliberada da empresa controlada por Banco do Brasil e Bradesco é sacrificar as margens de lucro para defender a liderança do mercado de maquininhas de cartão. Os números refletem bem esse esforço, para o bem e para o mal

POLÍTICA

Moro diz que quem vai decidir o vice (em 2022) é o presidente; mas ideal é o vice Mourão

O ministro considerou que “pode ser que no futuro lá distante volte a se cogitar isso” e defendeu: “Não acho uma boa ideia”. “Os ministérios juntos são mais fortes.”

APROVADA SEM RESTRIÇÕES

Cade aprova compra da Embraer pela Boeing

A operação analisada pelo Cade prevê duas transações. Uma delas consiste na aquisição pela Boeing de 80% do capital do negócio de aviação comercial da Embraer, que engloba a produção de aeronaves regionais e comerciais de grande porte (operação comercial)

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Bolsa contaminada pelo coronavírus

Caro leitor, A semana começou mal para as bolsas do mundo todo. O avanço do coronavírus na China durante o fim de semana colocou os mercados de molho nesta segunda. Já foram confirmados quase 3 mil casos em mais de dez países, sendo a maioria deles na China. Até agora, foram computadas 82 mortes. Os […]

Cautela elevada

Em dia de queda de 3% do Ibovespa com alerta sobre coronavírus, ações de drogaria sobem

A disseminação do coronavírus elevou a aversão ao risco nos mercados financeiros, derrubando o Ibovespa e fazendo o dólar romper a marca de R$ 4,20. Apenas cinco ações do índice subiram, incluindo Raia Drogasil

DE OLHO NO CORONAVÍRUS

‘Índice do medo’ atinge patamar visto no auge da guerra comercial e sobe mais de 25%

Na máxima intradiária, o indicador chegou a bater a casa dos 19,02 pontos, valor que não era visto desde outubro do ano passado quando ele atingiu a marca dos 19,28 pontos

CONCESSÕES

Maia definirá até dia 30 quando lei de concessões vai a plenário, dizem deputados

“Se ele (presidente da Câmara) estiver convencido de que esse texto é um texto bom, que atende a sociedade, eu acho que a gente vota ele rápido”, disse também o deputado João Maria

CRÉDITO

Demanda por crédito do consumidor cai em dezembro e cresce em 2019, diz Boa Vista

Considerando os segmentos que compõem o indicador, o Financeiro apresentou elevação de 6,1% no ano, enquanto o segmento Não Financeiro registrou evolução de 2,5% na mesma base de comparação

primeira avaliação

Quão longe a XP pode ir? Para o BTG, ação da corretora já está bem precificada

BTG Pactual inicia cobertura das ações da corretora com recomendação neutra para os papéis.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements