⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula, Bolsonaro, Ciro e Tebet querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

2019-03-18T12:24:47-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
IPO na Nasdaq

Lyft, rival da Uber nos EUA, quer captar até US$ 2,4 bilhões em oferta de ações

A empresa de transporte por aplicativos pode ser avaliada por mais de US$ 20 bilhões (R$ 76 bilhões) e vai testar apetite dos investidores por ações por negócios baseados em aplicativos para celular

18 de março de 2019
12:24
Lyft veículo autônomo
Veículo autônomo da Lyft em Las Vegas - Imagem: Divulgação

A Lyft, rival da Uber que opera nos Estados Unidos e no Canadá, pretende captar até US$ 2,4 bilhões (R$ 9,1 bilhões, na cotação do dólar na manhã de hoje) em sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês).

A empresa de transporte por aplicativos deu início nesta semana às apresentações aos investidores (roadshow), última fase antes da listagem das ações na bolsa americana Nasdaq.

A Lyft pode ser avaliada por mais de US$ 20 bilhões (R$ 76 bilhões) em sua estreia no mercado caso o preço por ação saia no teto da faixa indicativa, que varia de US$ 62 a US$ 68. Na última rodada privada de investimentos, a empresa teve uma avaliação da ordem de US$ 15 bilhões.

A empresa conta com uma base de 18,6 milhões de usuários ativos e mais de 1,1 milhão de motoristas.  Em 2018, registrou um prejuízo de US$ 911 milhões, acima do resultado negativo de US$ 688,3 milhões em 2017.

A boa notícia é que as receitas da companhia crescem mais que o prejuízo. No ano passado, o faturamento dobrou para US$ 2,2 bilhões (R$ 8,45 bilhões).

A oferta da Lyft é considerada emblemática porque será um teste da demanda pelos investidores pelas ações das empresas que nasceram na era do smartphone. Será também um aperitivo para a abertura de capital da própria Uber, que pode chegar à bolsa americana valendo US$ 120 bilhões (R$ 457 bilhões).

O apetite dos investidores pode estimular empresas brasileiras cujo modelo de negócio é baseado em aplicativos a abrir o capital lá fora. A oferta mais esperada é a da empresa de cartões e banco digital Nubank.

A Lyft foi criada em 2012 por Logan Green e John Zimmer. Os fundadores manterão o controle da companhia após o IPO graças a uma estrutura diferenciada de ações. Enquanto os acionistas da na bolsa terão papéis que dão direito a um voto cada, os dois contam com ações que dão direito a 20 votos. Com isso, terão em conjunto quase 49% do poder de voto na empresa.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

SEGUNDO TURNO VEM AÍ?

Distância entre Lula e Bolsonaro continua de 8 pontos, segundo CNT/MDA — confira os detalhes da nova pesquisa

1 de outubro de 2022 - 10:28

Segundo o levantamento, o petista tem 44,2% das intenções de voto, enquanto o presidente que tenta a reeleição subiu dois pontos, para 36,3%

Conteúdo exclusivo

Dividendos em perigo? Bolsonaro, Lula e outros candidatos querem taxar seus proventos e podem atacar sua estratégia de renda extra em 2023

1 de outubro de 2022 - 10:00

Analista avalia que comportamento das boas pagadoras de dividendos pode mudar – e 4 ações se destacam

BOLSA NA SEMANA

Cyrela (CYRE3) lidera as altas do Ibovespa e Rede D’Or (RDOR3) vai em direção oposta ‒ saiba o que foi destaque na bolsa na semana

1 de outubro de 2022 - 9:41

O Ibovespa recuperou as perdas do mês no último pregão e fechou setembro em alta de 0,47%; dólar tem queda de 0,08% no mês

CENTRAL DAS ELEIÇÕES

Eleições 2022: Diferença de votos válidos entre Lula (PT) e Bolsonaro (PL) é de 8 pontos, segundo pesquisa CNT/MDA

1 de outubro de 2022 - 8:02

Acompanhe a cobertura ao vivo das eleições 2022 com as principais notícias sobre os principais candidatos à Presidência e nos Estados

ENTREVISTA

Elon Musk não está sozinho: o home office pode acabar com o fim da pandemia, alerta um dos principais gurus de carreiras do mercado

1 de outubro de 2022 - 7:23

A exemplo do dono da Tesla um número cada vez maior de empregadores quer os profissionais de volta ao escritório, afirma o mentor de carreiras e escritor Luciano Santos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies