Menu
2019-06-07T14:23:35-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
Mais um sim

Os novos pombinhos do pedaço! Veja a reação do mercado ao acordo de fusão da Aliansce e da Sonae

No primeiro dia de pregão após o anúncio, as ações das empresas reagiram de forma distinta durante o dia. Por volta das 13h40, os papéis da Aliansce (ALSC3) estavam com alta de 6,28%, cotados em R$ 22,85. Já os papéis da Sonae (SSBR3) estavam em queda de 3,91%, cotados em R$ 28,73

7 de junho de 2019
14:21 - atualizado às 14:23
Shopping Leblon
Shopping Leblon, da Aliansce - Imagem: Divulgação

Quem é jornalista sabe que uma vez ou outra ao final do dia, a saída do trabalho pode ser postergada por anúncios do mercado. E ontem não poderia ter sido diferente.

Aos quarenta e cinco do segundo tempo, após o fim do pregão, as gigantes e antigas rivais do setor de shoppings, Aliansce e Sonae Sierra, finalmente anunciaram ontem (6) o fechamento de um possível acordo de fusão das companhias.

O anúncio ocorreu cerca de um ano depois que a Aliansce informou o mercado sobre as negociações pela primeira vez. Logo, a união já era mais do que esperada.

Ainda assim, no primeiro dia de pregão após o anúncio, as ações das empresas reagiram de forma distinta durante o dia. Por volta das 13h40, os papéis da Aliansce (ALSC3) estavam com alta de 6,28%, cotados em R$ 22,85. Já os papéis da Sonae (SSBR3) estavam em queda de 3,91%, cotados em R$ 28,73.

Confira agora os relatórios divulgados por analistas sobre o tema:

Credit Suisse

"O anúncio formal do acordo deve trazer maior valor aos acionistas da Aliansce. Por isso, nós reiteramos a companhia como Top Pick no setor de shoppings".

Recomendação: Acima da média do mercado (outperform)

Preço-alvo em doze meses: R$ 26

Destaques: Para os analistas do Credit Suisse, foi o fim de uma novela. Segundo eles, em termos de gestão, a presença de cinco figuras importantes da Aliansce e de três pessoas da Sonae Sierra como acionistas principais da nova empresa pode indicar que estratégia corporativa a ser implementada deve ser a da própria Aliansce.

Na visão dos especialistas, isso pode retardar alguns frutos da nova empresa em termos de atividades de leasing (operações de arrendamento mercantil), mix de locatários e otimização dos aluguéis.

Ainda assim, na visão deles, levando em consideração que o market cap da Aliansce com a combinação das duas companhias será de 67,9%, os acionistas da companhia devem verificar uma alta de cerca de 3,0% no preço das ações.

BTG Pactual

"Melhor do que o esperado a relação de troca de ações entre a Aliansce e a Sonae"

Recomendação: Compra

Preço-alvo em doze meses: R$ 22

Destaques: Segundo os analistas, a expectativa é que as ações da Aliansce tenham uma alta de 4,0%. O percentual foi calculado com base no valor que as ações terminaram o pregão de ontem e pelo fato de os papéis da Aliansce devem ser cancelados e trocados por papéis da Sonae, segundo o que ficou acordado no documento divulgado ontem.

Os analistas também destacaram que a união já estava sendo esperada pelo mercado há muito tempo e que a estrutura de oito nomes, - cinco da Aliansce e três da Sonae -,  mostra que a composição acionária permanece sólida e alinhada com os interesses dos minoritários.

Além disso, a fusão representa o fortalecimento do portfólio da Aliansce e a adição de alguns importantes ativos como o Shopping Parque Dom Pedro em Campinas e o Manauara em Manaus.

Safra

"Nasceu o novo gigante"

Recomendação: Acima da média do mercado (outperform)

Preço-alvo em doze meses: R$ 25,50

Destaques: De acordo com os analistas do banco, a fusão é positiva porque é esperado um aumento no volume médio de negociação das ações. Para eles, a expectativa é que o volume médio diário de negociações saia dos R$ 11 milhões e passe a ser de R$ 32 milhões.

Os analistas também mostraram-se otimistas e disseram que esperam uma alta de 5,0% no preço das ações da Aliansce, com a estimativa de que as sinergias entre as empresas gerem entre R$ 55 milhões e R$ 70 milhões.

Como ponto de atenção, os especialistas destacaram que cada companhia colocou uma estimativa de custos com a transação. Para a Aliansce, os custos devem chegar a R$ R$ 27 milhões, enquanto que para a Sonae os custos podem alcançar a cifra de R$ 32 milhões. Além disso, deve haver um custo adicional de R$ 10 milhões com o pagamento de impostos e outros gastos para que o acordo da nova companhia seja concluído.

Bradesco

"Um feliz casamento"

Recomendação: Acima da média do mercado (outperform)

Preço-alvo em doze meses: R$ 27

Destaques: 

Na avaliação deles, a relação de troca das ações entre as duas empresas pode levar a uma alta de 4,0 % no preço das ações da Aliansce e a uma queda de 8,8% nos papéis da Sonae. Isso com base nos valores de fechamento de ontem. Eles também enfatizaram que o acordo entre as duas é de "ganha-ganha".

Outro ponto de destaque é a questão da governança corporativa. Para eles, foi necessário acordar os interesses de quatro grupos de controladores, mas isso foi feito de uma forma positiva para a nova companhia.

No caso da Aliansce, entre os acionistas que assumirão o bloco de controle estão o fundo de pensão do Canadá CPPIB, com 38,19% das ações da empresa e o empresário Renato Rique, com 11,16%.

Já no caso da Sonae, o bloco de controle terá a presença do grupo português Sonae Sierra e do investidor alemão Alexander Otto.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

De volta ao topo

País volta a ser maior mercado de caminhão da Mercedes, que reafirma investimento

O volume supera os 24,5 mil caminhões vendidos na Alemanha, que caiu para a segunda posição no ranking de mercados globais da montadora.

Retomada

Faturamento da indústria de máquinas sobe 38,5% em janeiro em comparação anual

A expectativa é de que as vendas internas continuem positivas.

Banco digital

Modalmais entra com pedido de IPO na B3 e esquenta disputa das plataformas de investimento

O pedido de IPO acontece menos de um ano depois do acordo fechado para a venda de até 35% do capital do Modalmais para o Credit Suisse, em um negócio que avaliou o banco digital em R$ 5 bilhões

bom potencial de alta

Quanto as ações da Eletrobras podem valer com a privatização? Veja os cálculos dos analistas

MP enviada ao Congresso prevê processo de capitalização da companhia, que resultará na diluição da participação do governo no capital social

Parceria vai voar?

Cade aprova joint venture entre Delta Air Lines e Latam

A suspeita é que a Delta tenha mais influência na administração da Aeroméxico do que o anteriormente informado ao Cade.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies