Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-06-21T11:49:28-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Derrota no radar?

Centrão e oposição assinam requerimento em comissão para tirar Coaf das mãos de Moro

Proposta é que o Conselho deixe o Ministério da Justiça e Segurança Pública e volte para o comando do Ministério da Economia

8 de maio de 2019
16:11 - atualizado às 11:49
Ministro da Justiça, Sergio Moro
Comissão do Congresso deve votar a medida provisória da reestruturação ministerial nesta quarta-feira - Imagem: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

Parlamentares do Centrão e da oposição assinaram dois requerimentos para tirar o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) do Ministério da Justiça e Segurança Pública e recolocar o órgão no Ministério da Economia.

Assinaram o pedido os líderes de PT, PRB, PTB, PP, MDB, Pode, PSC, DEM, PR, Solidariedade e Patriotas na Câmara.

Somadas, as bancadas têm 272 deputados federais, quantidade suficiente para uma votação em maioria no plenário da Casa.

Líderes do Centrão, no entanto, não estão contando com uma vitória garantida na comissão do Congresso que deve votar a medida provisória da reestruturação ministerial nesta quarta-feira, 8. Eles calculam ter 11 votos dos 14 necessários no colegiado para que o Coaf volte à pasta da Economia.

Oposição vai além

Focada na derrota do governo, a oposição preparou logo para o início dos trabalhos um conjunto de estratégias para tentar obstruir a sessão da comissão.

O líder da minoria no Senado, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), pediu que alguns requerimentos fossem votados nominalmente, o que leva mais tempo do que uma votação simbólica. Ele quer votação nominal para as alterações sobre o Coaf, a competência da Receita Federal para investigar crimes não fiscais, a demarcação de terras indígenas e o acompanhamento de organizações não-governamentais.

Além disso, a oposição citou que o regimento do Congresso Nacional daria espaço para mais um pedido de vista, o que adiaria a votação. Isso porque o relator fez algumas alterações na redação do seu parecer de ontem para hoje.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Podcast Mesa Pra Quatro

De corretor de investimentos a árbitro e comentarista de futebol: conheça a trajetória de Arnaldo Cézar Coelho

O ex-árbitro e ex-comentarista de futebol é o convidado do podcast Mesa Pra Quatro. Ele conta como sua mãe influenciou a investir em imóveis e fala sobre a sua trajetória no mercado financeiro, um lado que poucos conhecem – confira agora

nome limpo na praça

Boa Vista (BOAS3): Itaú BBA inicia cobertura com ‘compra’ e potencial de alta de 27%

Preço-alvo para 2022 foi estabelecido em R$ 15,50, apoiado na tese de crescimento da companhia e do mercado de serviço de informações de crédito

de olho na inovação

Bitcoin é ineficiente como moeda e bom apenas para especulação, diz ‘Papa’ do valuation

Damodaran disse que a importância que tem sido dada ao bitcoin é desproporcional em relação ao seu papel na economia e minimizou a adoção da criptomoeda por El Salvador

entrevista

Para economista-chefe do Santander Brasil, flexibilização do teto de gastos já é uma realidade

É preciso entender a dinâmica do momento para não entrar em escaladas “otimistas” ou “pessimistas”, diz Ana Paula Vescovi

pós-fusão

Ações da Hering (HGTX3) deixam de ser negociadas na B3 a partir desta segunda (20)

Transferência de papéis faz parte do acordo de fusão entre as companhias; Soma comprou a Hering em abril

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies