2019-05-29T06:49:55-03:00
Estadão Conteúdo
ato simbólico

Vinte e nove senadores registram voto a favor de Coaf com Moro

Entre os parlamentares que insistiram em registrar seu posicionamento apesar de a votação do destino do Coaf ter sido simbólica, estão seis senadores do Podemos, seis do PSD e três do PSDB

29 de maio de 2019
6:49
Plenário do Senado
Presidente do Senado Federal, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), conversa com parlamentares. - Imagem: Marcos Oliveira/Agência Senado

Após o Senado aprovar a reforma administrativa tirando o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) do Ministério da Justiça e Segurança Pública e devolvendo o órgão para o Ministério da Economia, 29 senadores fizeram questão de registrar o voto favorável à manutenção do órgão com o ministro Sergio Moro.

Os nomes foram citados em plenário pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP). A votação ocorreu após apelo do governo para que o Senado aprovasse o mesmo texto que passou pela Câmara e evitasse que a medida provisória perdesse a validade - o que poderia ocorrer no próximo dia 3.

Entre os parlamentares que insistiram em registrar seu posicionamento apesar de a votação do destino do Coaf ter sido simbólica, estão seis senadores do Podemos, seis do PSD e três do PSDB (confira a lista completa abaixo).

Após a sessão, o presidente do Senado comemorou a votação e fez questão de lembrar que, se o item sobre o Coaf fosse para votação nominal, 30 votos entre os 78 senadores presentes não seriam necessários para reverter o cenário. "Quanto é 30 de 78? Como tem maioria? Eram 48 contra 30", disse. Questionado sobre o líder do PSB, Jorge Kajuru (GO), que protestou contra o Senado "carimbar" o texto da Câmara, Alcolumbre comentou que o parlamentar goiano "precisa entender que o presidente da República fez um apelo para o Senado".

Senadores que registraram posicionamento a favor de manter o Coaf no Ministério da Justiça:

Rodrigo Cunha (PSDB-AL)
Plínio Valério (PSDB-AM)
Antonio Anastasia (PSDB-MG)

Jorge Kajuru (PSB-GO)
Leila Barros (PSB-DF)

Fabiano Contarato (Rede-ES)
Randolfe Rodrigues (Rede-ES)
Flávio Arns (Rede-PR)

Omar Aziz (PSD-AM)
Angelo Coronel (PSD-BA)
Arolde de Oliveira (PSD-RJ)
Otto Alencar (PSD-BA)
Carlos Viana (PSD-MG)
Sérgio Petecão (PSD-AC)

Eduardo Girão (Pode-CE)
Alvaro Dias (Pode-PR)
Lasier Martins (Pode-RS)
Styverson Valentim (Pode-RN)
Rose de Freitas (Pode-ES)
Oriovisto Guimarães (Pode-PR)

Dário Berger (MDB-SC)
Simone Tebet (MDB-MS)
Luiz do Carmo (MDB-GO)

Marcos do Val (Cidadania-ES)
Alessandro Vieira (Cidadania-ES)

Jorginho Mello (PL-SC)
Espiridião Amin (PP-SC)
Telmário Mota (PROS-RR)
Reguffe (sem partido-DF)

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

FORTES SINAIS

Por que você deveria olhar a disparada de juros dos empréstimos imobiliários dos EUA com o risco iminente de recessão? Eles levaram à crise de 2008 e voltaram a subir

Os juros de financiamentos de até 30 anos saíram de 2,75% para mais de 6% em relação ao mesmo mês de 2021

skin in the game

Como os criadores do podcast Stock Pickers querem fazer a cabeça do mercado com o Market Makers

Em parceria com a Empiricus, Thiago Salomão e Renato Santiago lançam novo podcast e querem começar clube de investimentos

SÁBADO EM CRIPTO

Bitcoin acumula alta de 10% na semana, ethereum sobe 20% e criptomoedas tentam aproveitar alívio do noticiário para avançar hoje; confira

Entre os destaques dos últimos dias estão a nova parceria da Binance no Brasil, o ataque ao site do Tether (USDT) e os problemas na Celsius

OLHA A FOGUEIRA

Me ajuda, São João! Itens de festas juninas ficaram 13,52% mais caros do ano passado para cá; confira produtos que subiram mais

Os principais itens são aqueles relacionados às commodities, influenciadas pelas cotações internacionais e dólar

FOLLOW-ON

Novas ações da Eneva (ENEV3) começam a ser negociadas na terça-feira e aumentam o caixa da empresa R$ 4 bilhões

O preço por ação ficou em R$ 14,00, levemente abaixo do desempenho dos papéis em negociação da empresa, que fecharam a sexta-feira cotados a R$ 14,73

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies