Menu
2019-10-14T12:36:53-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
4,5% é teto

Banco Fibra vê Selic em 4% em 2020 e não descarta juro ainda menor

Instituição reduziu projeção de 2019 de 5% para 4,5% e se cenário externo permitir Selic pode ir abaixo de 4% no ano que vem

14 de outubro de 2019
12:36
Touros e Ursos Capa Podcast – Selic Queda – Baixa
Imagem: Seu Dinheiro / Shutterstock

Uma taxa básica de juros, Selic, em 4,5% no fim de 2019 parece virar teto das projeções do mercado para o custo do dinheiro no Brasil. Assim, as discussões começam a se concentrar no juro de 2020.

Depois do Itaú Unibanco e do ING, o Banco Fibra também passou a trabalhar com Selic de 4% no ano que vem e não descarta que o Comitê de Política Monetária (Copom) possa reduzir a taxa de juros para nível ainda mais baixo se as condições globais permitirem. A mediana do mercado captada pelo Focus mostra juro básico em 4,75% no fim de 2019 e de 2020.

A pegunta natural é: quão mais baixo? E a resposta do Fibra é a seguinte: Julgamos que num cenário alternativo onde a atividade econômica exija estímulos adicionais para acelerar, a política fiscal permaneça apertada e as condições globais permitam, o Copom poderia reduzir a taxa Selic para abaixo de 4% ao ano ainda em 2020, mas provavelmente após uma pausa no atual ciclo de afrouxamento monetário.

“A inflação corrente bastante baixa e, principalmente, a sólida ancoragem das expectativas para a inflação de 2020 e 2021 justificam a nossa expectativa. Além disso, revisamos a nossa estimativa para a inflação IPCA em 2020 reconhecendo que o atual processo de desinflação da economia brasileira é em alguma medida estrutural e resultante da boa gestão da política monetária realizada desde a implantação do real”, diz o Fibra em relatório.

Antes de seguirmos adiante, temos falado que esse cenário de juro baixo vai exigir cada vez mais dedicação dos investidores para rentabilizar seus recursos. Deixo umas dicas de leitura sobre investimentos com Selic nesses patamares. Há dicas para investidores conservadores e para os de perfil mais arrojado. Também deixo como sugestão o nosso e-book sobre investimentos em bolsa de valores.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Inflação e crescimento

A estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) para 2020 caiu de 3,7% para 3,5%, capturando menor previsão de inércia inflacionária e a revisão na composição do índice.

Na semana passada, o IBGE divulgou a nova POF (pesquisa de orçamento familiar) que traz uma atualização da lista dos itens consumidos pelas famílias e o peso em seu orçamento. Comparando a nova POF com a anterior, há uma pressão baixista para o IPCA. A estimativa do Fibra é que o impacto da alteração é de 0,14 ponto percentual na inflação de 2020.

Além da baixa inflação corrente, o Fibra diz que o que chama a atenção nas recentes divulgações é que o conjunto de núcleos de inflação, que tentam captar a tendência dos preços, tem permanecido em patamares muito baixos. Além disso, a inflação de serviços, mais sensível ao ciclo econômico e à política monetária, mostrou inflação de 0,04% no mês e de 3,59% nos últimos 12 meses.

“Podemos dizer que as medidas de núcleo atualmente indicam inflação muito bem-comportada e apontam para inflação baixa nos próximos trimestres.”

Com Selic mais baixa, o Fibra estima melhor reação da atividade. Para 2020, o Produto Interno Bruto (PIB) estimado subiu de 1,8% para 2%, para 2021 o prognóstico aumentou de 3% para 3,2%, com viés de alta.

Para a taxa de câmbio, foi mantida a projeção de R$ 4 no fim de 2019 e de R$ 4,10 para 2020.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

problemas para o contribuinte

Indisponibilidade de site da Receita põe em risco negócios e renovação do Simples

Prazo de reinserção no Simples termina em 31 deste mês. A falta de certidão negativa inviabiliza fechamento de negócios com órgãos públicos e empresas que exigem o documento

mais pausas em dias úteis

Para CNC, feriados de 2020 devem causar prejuízo de quase R$ 20 bi ao comércio

CNC estima que haja uma queda de 8,4% na lucratividade do comércio a cada feriado. Os setores e regiões com maior peso da folha de pagamentos em relação ao faturamento tendem a ser mais afetados

Alívio

Ibovespa opera em alta e dólar cai a R$ 4,18, acompanhando o otimismo no exterior

A força demonstrada pelo varejo e pela indústria da China em dezembro neutraliza as preocupações com o PIB mais fraco do país. Como resultado, o Ibovespa e as bolsas globais sobem

fase 1 do acordo

Trégua comercial da China com EUA deve garantir superávit em conta corrente

Nos primeiros três trimestres de 2019, a China acumulou superávit em conta corrente de US$ 137,4 bilhões, equivalente a 1,3% de seu Produto Interno Bruto (PIB)

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta sexta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

lupa sobre os números

Superávit da balança comercial brasileira recua em 2019

Superávit diminuiu de US$ 58 bilhões em 2018 para US$ 46,7 bilhões, segundo dados da FGV

tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

14 notícias para você começar o dia bem informado

Hoje eu destaco a reportagem da Julia Wiltgen, que conversou com os gestores do fundo multimercado de maior rentabilidade em 2019.  Lá fora, as bolsas americanas tiveram novo recorde. Entre as empresas, destaque para a dona do Google, que virou um negócio trilionário, e a Bombardier, que teve o pior pregão da sua história na […]

para ficar atento

MP vê ‘brecha’ de dados do Cadastro Positivo

MP do Distrito Federal instaurou inquérito sobre uma possível vulnerabilidade de dados causada pelo birô de crédito do Boa Vista

defesa da categoria

‘Frete é paliativo; pauta é redução do preço do diesel’, diz presidente de associação

Para Associação Brasileira dos Condutores de Veículos Automotores, caminhoneiros precisam estar sob o mesmo guarda-chuva, com alíquotas iguais

No radar dos criminosos

Em alta, carne e até boi vivo são alvo do crime organizado

Com o aumento das exportações para a China, a oferta de carne no Brasil diminuiu e os preços subiram. A alta acumulada em 2019 foi de 32,4%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements