Menu
2019-10-28T19:44:04-03:00
Estadão Conteúdo
Um passo de cada vez

Maia vê dificuldade para reforma administrativa sem avanço na tributária

Presidente da Câmara dos Deputados ponderou que as duas propostas são “fundamentais e urgentes”

28 de outubro de 2019
19:44
Maia Previdência
Imagem: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, disse nesta segunda que avisou à equipe do ministro Paulo Guedes que não considera a reforma administrativa mais importante que a tributária.

Segundo ele, as duas propostas são "fundamentais e urgentes" e ponderou ainda que haverá muita dificuldade de avançar nas mudanças administrativas se não se avançar paralelamente nas alterações tributárias.

"Eu disse à assessora do Paulo Guedes e ao secretário Esteves que para a gente não tinha administrativa mais importante que tributária, as propostas são todas fundamentais e urgentes. E acho que vão ter muita dificuldade na Câmara de avançar na administrativa se não tivermos condições de avançar na tributária", disse durante evento organizado pelo Grupo Voto em São Paulo.

Ele afirmou ainda que, durante sua visita a Londres e Irlanda - uma tentativa de diminuir o impacto negativo na imagem do país após os ruídos acerca do desmatamento na Amazônia -, percebeu que a imagem do País lá fora "não parece muito boa neste momento". "Se não resolvermos isso, não adianta fazer reforma tributária, administrativa. Há uma relação muito forte entre investimento internacional com meio ambiente", disse.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Fechamento do dia

São muitas emoções! “Efeito Lula” aprofunda incertezas locais e faz Ibovespa cair 4%; dólar fecha a R$ 5,77

Mercado doméstico já operava em queda firme antes da decisão do ministro Fachin; aumento das incertezas pesou sobre bolsa, dólar e juros

REVIRAVOLTA

Ibovespa recua 3% e dólar vai a R$ 5,78 após STF anular condenações de Lula na Lava Jato

Diante de um cenário já negativo, a decisão aumenta o nível de incertezas domésticas, segundo analistas

Ajuda na crise

Guedes revela o valor do novo auxílio emergencial e diz que governo pode gastar mais se necessário

Os valores da nova rodada de auxílio emergencial irão de R$ 175 a R$ 375, sendo R$ 250 em média, de acordo com o ministro

apetite chinês

O ano do boi será o ano dos frigoríficos, e o Credit Suisse aponta melhor ação para aproveitar o momento

Peste suína africana nos rebanhos de suínos chineses e demanda por alimentos devem resultar em importação recorde de carne pela China

prepara o bolso

Mais um? Petrobras anuncia novo aumento nos preços do diesel e da gasolina

Diesel vai subir R$ 0,15 por litro e a gasolina será de R$ 0,23 por litro a partir de amanhã nas refinarias da empresa, diz Abicom

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies