Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-11-07T06:47:11-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Acordo fechado

Senado aprova PEC paralela em 1º turno por 56 votos a 11

Projeto permite a inclusão de Estados, Distrito Federal e municípios na reforma da Previdência

6 de novembro de 2019
20:23 - atualizado às 6:47
senado
Imagem: Marcos Oliveira/Agência Senado Fonte: Agência Senado

O plenário do Senado aprovou, em primeiro turno, a proposta de emenda à Constituição (PEC) que permite a inclusão de Estados, Distrito Federal e municípios na reforma da Previdência. A chamada PEC paralela foi aprovada com 56 votos favoráveis e 11 contrários.

Em seguida, o Senado cancelou a votação das emendas que sugerem alterações no texto da PEC. O governo tentava concluir a votação ainda nesta quarta. Com sessão esvaziada, a oposição não tinha os 49 votos necessários para aprovar cada alteração. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), cedeu a apelos de oposicionistas e cancelou a votação.

Uma emenda do PT garante aposentadoria integral, com 100% da média das contribuições, para todos os casos de aposentadoria por incapacidade. O texto da PEC paralela faz uma diferenciação para acidentes ou doenças que não sejam decorrentes do trabalho. Nessas situações, a proposta prevê pagamento de 60% da média das contribuições, mais dois pontos porcentuais por ano de contribuição acima de 15 (mulher) ou 20 anos (homem).

O PROS apresentou uma emenda excluindo a exigência de idade mínima, tempo de contribuição e de atividade prevista na reforma da Previdência no caso de trabalhadores expostos a agentes nocivos à saúde.

Uma emenda da Rede flexibiliza as regras de transição no cálculo dos salários de contribuição para concessão de aposentadoria no regime geral e no sistema próprio da União. O PSDB, por sua vez, propôs uma alteração que garante abono de permanência para o servidor que já cumpriu os requisitos para se aposentar e permanece em atividade.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Efeitos da pandemia

Câmara aprova isenção de Imposto de Renda para pessoas com sequelas pela covid-19

Caso o projeto seja sancionado, caberá ao Ministério da Saúde estabelecer os critérios de caracterização, bem como as condições para a manutenção dos benefícios

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: bolsas devem digerir ‘Super Quarta’ hoje, de olho no pagamento de juros da Evergrande e agenda local pesada

O tapering ficou para depois, o que é um duplo sinal para o investidor; já o BC brasileiro deve ter um impacto neutro no Ibovespa hoje

Alívio imediato

Acordo da Evergrande com credores faz ações recuperarem 17,62% na bolsa de Hong Kong

Apesar de alívio hoje, crise da segunda maior incorporadora chinesa tende a alimentar incerteza a cada novo vencimento

DIA AGITADO

Dividendos: em meio a polêmica na CPI, Hapvida (HAPV3) paga JCP aos acionistas

Depois de dia agitado com citação de diretor da empresa na CPI da pandemia, Hapvida encerrou a quarta-feira com anúncio de pagamento de JCP

Ivan Sant'Anna

Bitcoin ou ouro? A verdadeira reserva de valor que você precisa ter entre os seus investimentos

Quando alguém fala em reserva de valor, deve ter em mente que se refere a ativos cotados na moeda do país em que o investidor vive, ganha e gasta.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies