Menu
2019-06-21T13:04:29-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Dentro do prazo?

Guedes diz que presidentes da Câmara e do Senado prometeram aprovar reforma da Previdência em 60 dias

Ministro da Economia voltou a dizer que, com a reforma, o Brasil vai ter um saneamento fiscal no horizonte de 10 a 15 anos

16 de maio de 2019
17:40 - atualizado às 13:04
Ministro Paulo Guedes
Ministro da Economia, Paulo Guedes - Imagem: Isac Nóbrega/PR

O ministro da Economia, Paulo Guedes, comentou nesta quinta-feira, 16, em evento nos Estados Unidos, que os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), dizem que a reforma da Previdência será aprovada em 60 dias.

"Isso vai ser maravilhoso, vai mudar totalmente a perspectiva do País", emendou, durante fala curta na cerimônia de entrega do prêmio Personalidade do Ano pela Câmara de Comércio Brasil - EUA, que homenageia o presidente Jair Bolsonaro, em Dallas, no Texas (EUA).

Guedes afirmou que, com a reforma, o Brasil vai ter um saneamento fiscal no horizonte de 10 a 15 anos.

Segundo ele, o País gasta US$ 100 bilhões por ano com o pagamento de juros, "sem poder sair da pobreza". Ele disse ainda que a aprovação da reforma vai possibilitar que o País volte a crescer.

Durante seu discurso, Guedes também citou Banco do Brasil e Bank of America (BofA) Merrill Lynch, além de Embraer e Boeing, ao falar sobre oportunidades econômicas envolvendo instituições dos dois países.

O ministro disse ainda que Bolsonaro vai unificar a América Latina com uma economia de mercado, ao contrário da esquerda, "que procurou unificar a América Latina com ideias obsoletas".

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

rearranjo no segmento

Dona da Farm negocia fusão com a Shoulder, de moda feminina

Empresas mantém conversa “em fase preliminar”, em um momento de rearranjo do segmento; Grupo Soma comprou recentemente a NV e a Lauf

Meme bilionário

O que está por trás da valorização de 500% do Dogecoin em uma semana?

O projeto levou várias pessoas a ficarem milionárias, mas pode fazer muita gente perder dinheiro daqui para frente

Chama o doutor

Após desconto em IPO, ações da Mater Dei estreiam em queda na B3

A situação atual do mercado e a fila de companhias de saúde prontas para abrirem o capital prejudica a rede de hospitais

mudanças na estatal

Conselho confirma general indicado por Bolsonaro para presidir Petrobras e novos diretores

Joaquim Silva e Luna assume o cargo então ocupado por Roberto Castello Branco Branco, demitido porque Bolsonaro estava insatisfeito com política de preços

Só a Vale salva

Tá difícil viver de renda: empresas cortaram R$ 38 bilhões em dividendos na pandemia

Muitas companhias optaram por distribuir menos dinheiro aos acionistas e preservar o caixa durante a crise econômica

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies