Menu
2019-04-04T13:57:03-03:00
Estadão Conteúdo
Congresso está esperando

Governo corre para protocolar proposta de Previdência dos militares no dia 20

Ministro Paulo Guedes disse nesta segunda-feira que o texto será avaliado por Bolsonaro e em seguida enviado para o Congresso

18 de março de 2019
15:06 - atualizado às 13:57
paulo-guedes
Guedes defendeu que o novo regime de Previdência aumentará o salário médio do trabalhador - Imagem: Flickr/Ministério da Economia

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta segunda-feira, 18, na capital dos Estados Unidos, que o governo vai correr para ver se a proposta de reforma da Previdência dos militares entra no Congresso na quarta-feira, 20. "Todo mundo entrou na reforma da Previdência e militares têm que entrar também", disse ele a jornalistas.

Em Washington, Guedes ressaltou que se economia com a reforma for menor de R$ 1 trilhão, o "compromisso com futuras gerações será relativo".

Sobre os militares, o ministro disse que o texto vai ser avaliado pelo presidente Jair Bolsonaro, que em seguida vai mandar as medidas para o Congresso.

Guedes afirmou que o novo regime de Previdência vai aumentar o salário médio do trabalhador no Brasil. "A nova Previdência vai dar uma choque de empregabilidade", afirmou o ministro. "A nova Previdência vai democratizar a poupança e reduzir encargos."

O ministro disse ainda que na proposta de reforma da Previdência, o governo vai criar um novo regime de capitalização. "Há um custo de transição", comentou.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Temos vacina!

Por unanimidade, Anvisa aprova uso emergencial da CoronaVac e da vacina de Oxford/AstraZeneca

Primeiros profissionais de saúde já foram vacinados em pronunciamento do governador de São Paulo, João Doria

Mais uma recomendação

Técnicos da Anvisa recomendam uso emergencial da vacina de Oxford/AstraZeneca

Mais cedo, área técnica havia defendido aprovação da CoronaVac

Ainda falta...

Anvisa devolve pedido de uso emergencial da Sputnik

Laboratório russo não apresentou os requisitos mínimos para que o pedido de uso emergencial pudesse ser analisado pela agência

Quase lá

Área técnica da Anvisa recomenda uso emergencial da CoronaVac

Diretores da agência analisam pedidos de uso de vacinas. No momento, a área técnica ainda faz a apresentação. Em seguida, a relatora do tema, diretora Meiruze Freitas lerá seu voto, com os outros quatro diretores da agência votando depois

coronavírus

Covid-19: Brasil tem 8,4 milhões de casos e 61 mil novos diagnósticos nas últimas 24h

Segundo ministério, 7.388.784 pacientes recuperaram-se da doença

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies