Menu
2019-04-04T13:57:03-03:00
Estadão Conteúdo
Congresso está esperando

Governo corre para protocolar proposta de Previdência dos militares no dia 20

Ministro Paulo Guedes disse nesta segunda-feira que o texto será avaliado por Bolsonaro e em seguida enviado para o Congresso

18 de março de 2019
15:06 - atualizado às 13:57
paulo-guedes
Guedes defendeu que o novo regime de Previdência aumentará o salário médio do trabalhador - Imagem: Flickr/Ministério da Economia

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta segunda-feira, 18, na capital dos Estados Unidos, que o governo vai correr para ver se a proposta de reforma da Previdência dos militares entra no Congresso na quarta-feira, 20. "Todo mundo entrou na reforma da Previdência e militares têm que entrar também", disse ele a jornalistas.

Em Washington, Guedes ressaltou que se economia com a reforma for menor de R$ 1 trilhão, o "compromisso com futuras gerações será relativo".

Sobre os militares, o ministro disse que o texto vai ser avaliado pelo presidente Jair Bolsonaro, que em seguida vai mandar as medidas para o Congresso.

Guedes afirmou que o novo regime de Previdência vai aumentar o salário médio do trabalhador no Brasil. "A nova Previdência vai dar uma choque de empregabilidade", afirmou o ministro. "A nova Previdência vai democratizar a poupança e reduzir encargos."

O ministro disse ainda que na proposta de reforma da Previdência, o governo vai criar um novo regime de capitalização. "Há um custo de transição", comentou.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

ESTRADA DO FUTURO

Um pé no abismo e outro na casca de banana: como identificar ações de empresas decadentes

Excesso de otimismo, planos mirabolantes e desprezo pela inovação estão entre as receitas para uma empresa falhar, segundo o gestor que se dedicou a descobrir empresas terríveis

Novo competidor

Grupo catarinense que fatura R$ 8,8 bi vai abrir 1º atacarejo no estado de SP

O Grupo Pereira vai abrir uma unidade da Fort Atacadista, sua bandeira de atacarejo, na cidade de Jundiaí; forte competição em SP é desafio

Tensão em Brasília

Racha no Congresso põe reformas em xeque

A decisão do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), de fatiar a reforma tributária foi vista como a pá de cal nas chances de avanço das reformas no Congresso até o fim do atual governo. Embora Lira tenha prometido abrir o diálogo com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), para definir os próximos passos, […]

Rapidinhas da semana

BLINK: Itaúsa, B2W, Eletrobras e mais recomendações rápidas

Felipe Miranda, sócio-fundador e CIO da Empiricus, fala sobre Alpargatas, Eletrobras, Itaúsa, Lojas Americanas e muito mais no Blink

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies