O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2019-04-24T12:16:13-03:00
Estadão Conteúdo
Deputado foi tigrão com o ministro

Em bilhete, Lula se diz orgulhoso de Zeca Dirceu por chamar Guedes de “tchutchuca”

Caso ocorreu durante audiência pública sobre a reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça, na Câmara, a qual Paulo Guedes participou

9 de abril de 2019
14:49 - atualizado às 12:16
Luiz Inácio Lula da Silva, ex-presidente do Brasil
Imagem: Shutterstock

O PT divulgou nesta terça-feira, 9, um bilhete manuscrito cuja autoria atribui a Luiz Inácio Lula da Silva e no qual o ex-presidente parabeniza o deputado federal Zeca Dirceu (PT-PR) por chamar o ministro da Economia Paulo Guedes de "tchutchuca". A imagem do papelzinho com o texto foi publicada no Twitter do partido.

"Querido Zeca, estou muito orgulhoso da sua Bancada do PT, que teve um papel extraordinário no debate sobre a Previdência com o Guedes, 'o destruidor os pobres'. Zeca, parabéns por compará-lo a uma 'tchutchuca' na relação dele com os empresários", escreveu Lula, que está preso há um ano na Superintendência Regional da Polícia Federal em Curitiba, base da Operação Lava Jato. "Eu fiquei tão orgulhoso de você, que vou aprender a música da 'tchutchuca e o tigrão'. Kkkk Abraços, Lula. 04/04/2019."

No dia 3 de abril, durante audiência pública sobre a reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça, na Câmara, Paulo Guedes caiu em uma provocação de Zeca Dirceu, que o acusou de ser "tigrão" com os aposentados, idosos de baixa renda e agricultores, mas "tchutchuca" com privilegiados.

O ataque do petista, filho do ex-ministro, José Dirceu, também condenado na Lava Jato, levou à explosão final de Guedes que reagiu com destempero fora do microfone. "Eu não vim aqui para ser desrespeitado, não. (…) tchutchuca é a mãe, é a avó, respeita as pessoas. (…) Isso é ofensa. Eu respeito quem me respeita. Se você não me respeita, não merece meu respeito", afirmou o ministro na ocasião.

Zeca começou as críticas perguntando a razão pela qual Guedes começou as reformas com a da Previdência e não alterações que afetassem os banqueiros. A partir daí, o clima ficou insustentável e o presidente da CCJ, Felipe Francischini (PSL-PR), teve que acabar com a audiência.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

NOITE CRIPTO

Assombrado pela falha no protocolo Terra (LUNA), bitcoin (BTC) opera sob pressão e cai 3%; confira a reação de outras criptomoedas

A queda da Terra (LUNA) gerou uma reação em cadeia e um efeito em toda a Terra Network, a rede que engloba essa criptomoeda e a stablecoin TerraUSD (UST); entenda a história

BALANÇO

Magazine Luiza (MGLU3) deixa lucro para trás e registra prejuízo líquido de R$ 161,3 milhões no primeiro trimestre; confira o que derrubou o Magalu

Última das grandes varejistas da B3 a divulgar os resultados do primeiro trimestre, o Magazine Luiza (MGLU3) reforçou nesta segunda-feira (16) como o cenário macroecônimo atrapalha a vida das gigantes do comércio físico e eletrônico. A companhia registrou prejuízo líquido de R$ 161,3 milhões entre janeiro e março, contra lucro de R$ 258,6 milhões no […]

Reino Unido ameaça revisão em termos do Brexit e alimenta temores de guerra comercial; fique por dentro da visita de Boris Johnson à Irlanda do Norte

Divergências entre diferentes unionistas e nacionalistas na Irlanda do Norte pode acabar afetando relação entre Reino Unido e União Europeia

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa na contramão de NY, Gol troca comandante e Tesla em apuros; confira os destaques do dia

Mesmo com o dia ruim em NY, o Ibovespa conseguiu ter um dia de ganhos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies