2019-06-11T14:06:21-03:00
time junto

Relator da reforma da Previdência pede unidade a governadores

O deputado Samuel Moreira não deu detalhes do que já está definido para seu parecer e evitou responder diretamente a questionamentos dos gestores estaduais. 

11 de junho de 2019
14:04 - atualizado às 14:06
Imagem: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

O relator da reforma da Previdência, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), fez um apelo aos governadores de todo o País nesta terça-feira, 11, para se buscar uma unidade em torno da proposta.

No entanto, ele não deu detalhes do que já está definido para seu parecer e evitou responder diretamente a questionamentos dos gestores estaduais.

Moreira, que se reuniu a portas fechadas com os governadores, pediu ajuda para obter o apoio necessário para aprovar a reforma na Comissão Especial e no plenário da Câmara.

"Há a necessidade também de se ter muito mais competência para se conquistar a unidade. Nós vamos ter que ser todos muito competentes para conseguir efetivar uma reforma que todos acham que deve ser feita, que é a reforma da previdência", disse.

Há um impasse ainda sobre a manutenção dos Estados e municípios nas regras que deverão ser alteradas com a reforma porque alguns deputados alegam que irão se desgastar politicamente com suas bases eleitorais ao votar favoravelmente à proposta.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente

Por isso, os governadores decidiram se reunir com Moreira nesta semana para debater a questão. A maioria deles defende que os entes federativos sejam mantidos no texto final. O relator, no entanto, disse aos governadores que não poderia "bater o martelo" hoje com eles "em respeito a líderes e deputados".

Na conversa, Moreira afirmou se preocupar em entregar um relatório que garanta uma potência fiscal robusta. Ele também disse aos governadores que a proposta "traz uma economia de R$ 350 bilhões em dez anos para Estados e municípios".

Sem citar o caso específico dos vazamentos envolvendo o ministro da Justiça, Sérgio Moro, e procuradores da força-tarefa da operação Lava Jato, Moreira defendeu que a reforma seja "blindada de todas as outras questões que possam surgir e tirar a atenção" dela.

*Com Estadão Conteúdo

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

CERCO FECHANDO?

Com big techs na mira dos órgãos reguladores, Cade britânico manda Meta, a dona do Facebook, vender a Giphy

A Autoridade de Concorrência e Mercados do Reino Unido considera que o negócio tem potencial de prejudicar usuários de mídia social e anunciantes

Tendências da bolsa

AGORA: Ibovespa futuro recua com novos temores sobre a covid-19 no mundo e dólar também cai

Os investidores permanecem de olho na votação da PEC dos precatórios na CCJ do Senado, marcada para esta terça-feira (30)

O melhor do Seu Dinheiro

Ômicron de “A” a “Z”, dividendos, balanço da Black Friday e outros destaques

A variante ômicron recebeu este nome para evitar maiores conflitos de linguagem, mas Matheus Spiess vai além da semântica em sua análise

A BOLSA HOJE

Esquenta dos mercados: notícia sobre possível baixa eficácia das vacinas contra ômicron derruba mercados, em dia de discurso de Powell e votação dos precatórios

O investidor local ainda permanece de olho nas falas de Roberto Campos Neto e Paulo Guedes em eventos separados hoje

SÓ NO SAPATINHO

Dividendos: Arezzo (ARZZ3) vai distribuir R$ 60 milhões aos acionistas; veja como participar

Serão R$ 33,78 milhões em JCP e R$ 26,22 milhões em dividendos a serem depositados até 31 de janeiro de 2022