Menu
2019-08-07T10:13:23-03:00
abrindo a mão

Por Previdência, governo envia projeto que libera crédito de R$ 3 bi

Segundo apurou o jornal Estadão, o texto faz um remanejamento orçamentário para facilitar a liberação de emendas parlamentares

7 de agosto de 2019
9:17 - atualizado às 10:13
Porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros
O porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, afirmou que o remanejamento orçamentário é legítimo. - Imagem: Isac Nóbrega/PR

No dia da votação da reforma da Previdência em segundo turno na Câmara dos Deputados, o governo precisou agir, horas antes, em duas frentes de pacificação com os congressistas para garantir a aprovação do texto.

A primeira foi o envio de um projeto que remaneja recursos no Orçamento e facilita a liberação de emendas parlamentares, verbas direcionadas às suas bases eleitorais. A segunda foi uma portaria que garante o pagamento de um salário mínimo (hoje em R$ 998) a pensionistas que não têm outra fonte de renda que lhes garanta o piso nacional - uma demanda da bancada evangélica, apoiadora do governo Jair Bolsonaro.

O governo enviou um projeto de lei do Congresso Nacional (PLN) para abrir um crédito suplementar de R$ 3,041 bilhões no Orçamento em favor de diversos órgãos do Poder Executivo. Segundo apurou o Estado, o texto faz um remanejamento orçamentário para facilitar a liberação de emendas parlamentares. Essa era uma cobrança dos congressistas, que haviam recebido a sinalização do governo de que o projeto seria enviado ainda na terça-feira. Para remanejar recursos, é preciso que o governo cancele gastos em outras áreas.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Oficialmente, o Ministério da Economia disse ao Estado que se trata de um “remanejamento natural de despesas do orçamento, inclusive da área militar”. Segundo apurou a reportagem, além de atender a emendas parlamentares e à área militar, o projeto também libera recursos para Educação, Saúde, Agricultura e para o programa Minha Casa Minha Vida.

No plenário da Câmara, a medida foi criticada pela oposição. “Isso é compra de voto. É corrupção”, afirmou o líder do PSOL na Casa, Ivan Valente (SP).

O porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, afirmou que o remanejamento orçamentário é legítimo. Questionado sobre se a iniciativa configuraria um “troca-troca”, ele disse que o Planalto não usa a expressão e defendeu sua legitimidade. “Não colocamos troca-troca como expressão nesse processo que é legítimo e que está dentro dos ditames democráticos sobre os quais nós vivemos.”

Pensão por morte

Em paralelo, o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, e sua equipe entraram em campo para tentar minimizar os riscos de mudança no texto durante a votação em segundo turno. O principal alvo era um destaque, encampado pela bancada evangélica, que poderia vincular novamente todas as pensões por morte ao salário mínimo, comprometendo parte da economia de R$ 139,3 bilhões esperada em dez anos com a mudança nas pensões.

Marinho se reuniu com a bancada evangélica e assinou uma portaria que garante o pagamento de um salário mínimo a pensionistas que não tiverem renda formal nesse valor. A renda formal vai considerar os rendimentos recebidos mensalmente pelos segurados e beneficiários de regimes de previdência de militares, de programas de assistência social ou de prestações indenizatórias.

O secretário garantiu ainda que haverá um “gatilho” automático para assegurar o aumento da pensão a quem eventualmente perder alguma parcela da renda formal, ficando abaixo do mínimo nacional.

Um projeto de lei ratificando a regra da portaria será enviado após a aprovação da reforma da Previdência. “Estamos trabalhando para não ter mudança no texto (da Previdência)”, disse Marinho, que passou o dia em conversas com parlamentares.

Votação

Até o fechamento desta edição, a reforma ainda não havia sido votada em segundo turno, embora o plenário da Câmara tenha dado aval à quebra de interstício desde a apreciação em primeiro turno - medida que acelera a tramitação. A expectativa dos técnicos da Casa era de que apenas o texto-base fosse votado na terça, 6. Os destaques - que podem mudar o conteúdo final da reforma - devem ser analisados apenas nesta quarta-feira, 7.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Exile on Wall Street

Quero ser grande

E aí, B3, vamos atrair essas milhares de empresas brasileiras? Ou vamos continuar perdendo soldados para a Nasdaq? Temos que fazer algo, com urgência

Mercados hoje

Ibovespa se recupera das perdas de ontem e abre em alta; dólar cai a R$ 4,19

O Ibovespa e as bolsas globais se recuperam das perdas da sessão anterior, operando em alta nesta quarta-feira. O mercado segue monitorando o noticiário referente ao coronavírus

Davos: clima pesa mais para investidor do que trapalhada política no Brasil

No início do segundo semestre do ano passado, os incêndios na Amazônia chamaram a atenção de todo o mundo. E três dos entrevistados ressaltaram a demora do governo em agir

Em davos

Após acordo comercial com a China, Trump busca pacto com UE

Caso um acordo não seja estabelecido, Trump ameaçou impor tarifas “muito altas” a carros e outros produtos da UE. Segundo o presidente, a UE não tem outra opção além de fechar um acordo com Washington

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

13 notícias para você começar o dia bem informado

Você deve estar recebendo e-mails meus sobre o projeto de aposentadoria precoce lançado pelo Seu Dinheiro esta semana. Se você tem dúvidas sobre como funciona a metodologia, eu estarei ao vivo hoje, às 13h, com o Rodolfo Amstalden para tirar dúvidas sobre o tema.  O que você precisa saber hoje: Mercados • O Ibovespa teve queda forte de […]

tensões diplomáticas

Príncipe saudita hackeou celular de Jeff Bezos via WhatsApp, diz jornal

Segundo a publicação, uma análise considerou “altamente provável” que a invasão no telefone tenha sido desencadeada por um arquivo de vídeo

Aumentando o valor de mercado

Caixa Seguridade arrecada R$ 9,6 bilhões com parcerias em preparação para IPO

Arrecadação de R$ 9,5 bilhões é referente às sociedades já anunciadas com a francesa CNP Assurances, a japonesa Tokio Marine e a brasileira Icatu

MANDE SUA PERGUNTA

Tira-dúvidas HOJE às 13h: Como se aposentar aos 40 anos (ou o mais rápido possível)

Rodolfo Amstalden e Richard Camargo falam hoje às 13h sobre metodologia para acelerar independência financeira

Esquenta dos mercados

Um olho em Davos e outro na China: risco de epidemia entra no radar dos mercados

Autoridades chinesas agem rápido para tentar conter a nova espécie de coronavírus encontrada no país. Os mercados globais ensaiam uma recuperação após dia de perdas

na expectativa

Não há prazo para EUA fecharem ‘fase 2’ de acordo com a China, diz secretário

Segundo Mnuchin, a chamada “fase 2” poderá ser concluída antes ou depois da eleição presidencial americana, marcada para novembro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements