Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-09-06T14:15:30-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Juros

Powell fala em atuar de forma apropriada para sustentar crescimento dos EUA

Presidente do Federal Reserve (Fed), banco central americano, Jerome Powell, mantém discurso e afasta possibilidade de recessão nos EUA e no mundo

6 de setembro de 2019
14:12 - atualizado às 14:15
Jerome Powell
Presidente do Fed, Jerome Powell - Imagem: Print Banco Central da Suíça

O presidente do Federal Reserve (Fed), banco central americano, Jerome Powell, manteve a mensagem de que a autoridade monetária vai atuar de forma apropriada para sustentar o crescimento da economia americana.

Powell participa de um debate na Suíça, onde reafirmou que o cenário base do Fed é de crescimento moderado da economia, mercado de trabalho forte e inflação em direção à meta de 2% ao ano.

Por ora, a fala não teve grande impacto nos mercados americanos. O Dow Jones manteve a alta de cerca de 0,30% que apresentava antes da fala do presidente.

Perguntado se espera uma recessão nos EUA, Powell falou que uma recessão não é o cenário mais provável para os EUA e para a economia mundial.

Segundo Powell, as perspectivas são positivas com relação à economia porque o Fed conseguiu reduzir a expectativa com relação ao futuro das taxas de juros. E isso ajudou a construir essas expectativas positivas.

Questionado sobre a guerra comercial, Powell voltou a falar que política comercial não é algo que está no mandato do Fed. O que acontece, segundo ele, é que as questões comerciais estão elevando a incerteza, fazendo algumas empresas adiar investimentos. Assim, o trabalho do Fed é usar suas ferramentas para sustentar a economia.

Nos mercados, a expectativa era de alguma indicação mais forte com relação á possibilidade de corte de juros na reunião do dia 18. Hoje, os dados de emprego saíram um pouco abaixo do previsto, mas a mensagem de Powell sobre mercado de trabalho é que ele segue forte, assim como o consumo.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

queda livre

GPA (PCAR3) tem queda de 95,9% no lucro líquido no 2º trimestre

O GPA (PCAR3) teve uma queda anual de 95,9% no lucro líquido atribuído aos acionistas controladores durante o segundo trimestre, a R$ 4 milhões – abaixo da previsão de analistas, que girava em torno de R$ 50 milhões. O resultado em parte reflete a forte base de comparação. Há um ano, os supermercados registraram forte […]

seu dinheiro na sua noite

WEG: a favorita que levou mais uma vez a medalha de ouro

Nas competições esportivas, sempre há os favoritos ao pódio. Mas a verdade é que o esporte é uma caixinha de surpresas (ainda bem!), e nunca faltarão zebras ou imprevistos para tirar o ouro dos primeiros colocados dos rankings. Nos Jogos Olímpicos de Tóquio já tivemos alguns desses episódios, como a eliminação da tenista Naomi Osaka […]

Tente outra vez

Após cancelar oferta em 2013, Vix Logística protocola novo pedido de IPO na CVM

A empresa busca recursos principalmente para turbinar a expansão de sua frota, atualmente com 20 mil veículos, e locais de atuação

FECHAMENTO DO DIA

Fed recicla discurso e não empolga, mas balanços dão gás para o Ibovespa subir mais de 1%; dólar vai a R$ 5,10

Enquanto o Fed embalava os mercados internacionais, por aqui foi a temporada de balanços que falou mais alto e levou o Ibovespa a uma alta de 1,31%

CRYPTO NEWS

Você já pensou em desistir do bitcoin?

Muitas vezes perguntamos sobre aquilo que já decidimos fazer e queremos apenas o aval dos que estão ao nosso redor

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies