Menu
2019-04-05T15:46:05-03:00
Estadão Conteúdo
Perda de fôlego

Monitor do PIB da FGV aponta para alta de 0,3% em janeiro ante dezembro

Atividade econômica avançou 1,1% em comparação com janeiro, mas economia apresenta perda de fôlego

20 de março de 2019
10:38 - atualizado às 15:46
PIB

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro cresceu 0,3% na passagem de dezembro de 2018 para janeiro de 2019, segundo o Monitor do PIB, apurado pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV) e divulgado nesta quarta-feira, 19. Na comparação com janeiro de 2018, a atividade econômica avançou 1,1%.

"Contudo, o que vem se observando desde o final de 2018 é uma perda de fôlego da economia explicada, principalmente pela retração da (indústria de) transformação. Esta atividade tem grande poder de impulsionar outros segmentos da economia, impactando diretamente os investimentos, que já começaram também a arrefecer. Por estas razões, a despeito das variações positivas, o cenário econômico não é animador", avaliou Claudio Considera, coordenador do Monitor do PIB-FGV, em nota oficial.

Na comparação com janeiro de 2018, houve recuos na indústria de transformação (-2,9%) e na construção (-1,5%). Os demais componentes da atividade econômica, tanto pela ótica da oferta quanto da demanda, apresentaram taxas positivas, com destaque para os avanços nas exportações (14,2%), importações (7,7%) e agropecuária (6,5%).

Em termos monetários, o PIB de janeiro totalizou aproximadamente R$ 573,5 bilhões em valores correntes.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

CRIPTOMOEDA

Bitcoin ultrapassa US$ 60 mil antes de abertura de capital da Coinbase Global

Criptomoeda teve alta de 4,87%, a quatro dias de IPO da maior corretora de moedas digitais dos EUA

pandemia

Mortes por Covid-19 cresceram 468% no Brasil entre janeiro e março, alerta Fiocruz

Para os novos casos, o aumento foi de 701%; Sul e Centro-Oeste tendem a cenário mais crítico nas próximas semanas.

IPCA DE MARÇO

Inflação vai a 0,93% e mercado vê risco de estourar meta

Taxa acumulada passou a 6,10% no mês passado, reforçando temor de que inflação oficial termine o ano acima do teto da meta, de 5,25%.

congresso X executivo

Orçamento tem guerra de pareceres

Câmara e Senado se armaram com notas técnicas para mostrar que o presidente Jair Bolsonaro pode sancionar o Orçamento sem vetos a emendas; Ministério da Economia já prepara próprio embasamento jurídico.

Aura e Aeris: veja o que dizem os CEOs das novatas da bolsa e outras notícias que bombaram na semana no Seu Dinheiro

Novidade na praça sempre causa burburinho. Na bolsa não é diferente. É bem verdade que as opiniões divergem:Lindas!Não são lá tudo isso…Não sei, nunca ouvi falarA bolsa brasileira recebeu 43 novas integrantes em 2020 e 2021. E a fila para entrar continua a aumentar. Para você, amigo leitor, isso é excelente. São mais ações na […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies